A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Boi de Bordalo II
© DR'Boi' segue o registo habitual do artista plástico

Há uma nova obra de Bordalo II no Centro de Interpretação da Escultura Românica

Chama-se ‘Boi’ e é uma abordagem contemporânea da estética românica, feita com desperdícios de metal e plástico. A obra está exposta no Centro de Interpretação da Escultura Românica, em Abragão, Penafiel.

Por Maria Monteiro
Publicidade

O Centro de Interpretação da Escultura Românica tem um novo habitante tridimensional, colorido e original que dificilmente passará despercebido. Trata-se de “Boi”, a mais recente escultura de Artur Bordalo, mais conhecido por Bordalo II, divulgada esta semana por este pólo expositivo da Rota do Românico, situado em Abragão, Penafiel.

Como habitual, a peça foi criada a partir do reaproveitamento de lixo, neste caso materiais em metal e plástico, utilizados para fazer uma “reinterpretação da estética românica”, descreve o comunicado de imprensa. A cabeça de boi incorpora a “forte conotação ecológica e social” que atravessa todo o trabalho do artista, conhecido pelas esculturas de animais de grandes dimensões produzidas com desperdícios.

Os visitantes têm, assim, mais um motivo para visitar o centro de interpretação que abriu a 25 de Julho para dar a conhecer o “contexto temporal, social e cultural da arte românica”, numa superfície expositiva com cerca de 300 metros quadrados e seis espaços temáticos.

+ Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, vai ser ampliado

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade