Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Mais dez lojas históricas ao abrigo do Porto de Tradição
Notícias / Vida urbana

Mais dez lojas históricas ao abrigo do Porto de Tradição

A mercearia O Pretinho do Japão faz parte do Porto de Tradição
©DR A mercearia O Pretinho do Japão faz parte do Porto de Tradição

O número de lojas abrangidas pelo programa Porto de Tradição acabou de aumentar. Mais dez estabelecimentos vão ficar agora ao abrigo desta iniciativa municipal que tem como objectivo proteger as lojas históricas da cidade, recorrendo a uma lei que prevê benefícios no âmbito da Lei das Rendas, para que sejam evitados despejos com facilidade por parte dos proprietários.

O Bazar Mabril; a retrosaria Casa Botónia; o Café Moreira; a Casa Soleiro, que vende solas e cabedais; a mercearia O Pretinho do Japão; a Ourivesaria Brilhante; e a Príncipe Porto Portugal, de artigos tradicionais, são algumas das lojas que foram classificadas como elegíveis. A mesma sorte tiveram ainda a loja de fardas Costa Braga e Filhos, Lda.; a Moura e a Fortes, que vende máquinas de costura, e a ourivesaria Neves e Filha, Lda.

Estas juntam-se agora às 39 já protegidas e, durante um período de quatro anos, comprometem-se a manter inalteradas as suas características interiores e exteriores.

Em lista de espera para que sejam também reconhecidas como entidades de interesse histórico e cultural ou social e local estão mais nove espaços. São eles a Pérola do Bolhão, o Adão Oculista, o Café Embaixador, a Casa dos Linhos, a Casa Lima, a Confeitaria Serrana, O Buraquinho, a ourivesaria Pedro A. Baptista, Lda. e o Teatro Sá da Bandeira.

+ S.O.S Lojas Históricas - Alfarrabistas do Porto

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments