Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Mais seis lojas históricas ao abrigo do programa Porto de Tradição
Notícias / Imobiliário

Mais seis lojas históricas ao abrigo do programa Porto de Tradição

Confeitaria do Bolhão
© Cláudia Paiva A Confeitaria do Bolhão é uma das lojas históricas que passa a estar protegida

A lista de lojas históricas ao abrigo do programa municipal Porto de Tradição está mais extensa. Às 55 já protegidas, juntam-se agora mais seis. São elas a oficina de encadernação António de Sousa Oliveira, Herdeiros; a Confeitaria do Bolhão; o Pinguim Café; a Queijaria Amaral; o Restaurante Escondidinho e a oficina de molduras Santos & Irmão, a mais antiga da Europa ainda em funcionamento, fundada em 1858.

Dos pedidos de reconhecimento apresentados esta quarta-feira na reunião de Câmara por Ricardo Valente, vereador da Economia, Turismo e Comércio, estes seis estabelecimentos foram considerados, unanimemente pelos vereadores, como detentores dos requisitos necessários para serem considerados de interesse histórico e cultural ou social local. À aprovação da proposta segue-se agora a consulta pública, que decorre num período de 20 dias, assim como o parecer da Junta de Freguesia.

A reunião culminou com a reiteração, também por unanimidade, da manutenção da classificação do Café Embaixador, graças ao "parecer favorável para a continuidade do processo de reconhecimento e protecção" emitido pelo Grupo de Trabalho. Em Fevereiro, a Câmara Municipal do Porto já tinha mostrado interesse em que este estabelecimento fizesse parte do programa.

+ Teatro Sá da Bandeira pode ser reconhecido como histórico

+ Mais de dez lojas históricas ao abrigo do Porto de Tradição

Publicidade
Publicidade