A Time Out na sua caixa de entrada

Museu Nacional Resistência e Liberdade
© DRMuseu Nacional Resistência e Liberdade

No mês da liberdade, conheça a história de antigos prisioneiros políticos

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

Agora que nos sentimos todos um pouco presos e privados da nossa liberdade, é uma boa altura para conhecer a perspectiva de quem verdadeiramente lutou pela liberdade e se tornou um exemplo de resistência. Todas as semanas, o Museu Nacional Resistência e Liberdade dá a conhecer entrevistas a antigos presos políticos da Cadeia de Peniche (1934-1974), através das suas redes sociais e site.

Conheça a vida de José Pedro Soares, Vítor Lima, Adelino Pereira da Silva e Luís Figueiredo, entre outros, que demonstraram coragem num tempo de repressão. Estas pessoas, que viveram durante anos na cadeia na condição de presos políticos, têm muitas histórias para contar. Algumas serão dolorosas, outras porventura cómicas, ligadas ao quotidiano da vida prisional e à luta pela liberdade. Na entrevista a José Pedro Correia Soares, o militante comunista recorda os mais de três anos que esteve preso no Forte de Peniche, de onde foi libertado no dia a seguir ao 25 de Abril de 1974. Acompanhe todas as entrevistas aqui.

Durante a ditadura fascista (1933-1974), a Cadeia do Forte de Peniche encarcerava cidadãos por crimes como o delito de opinião. Era a prisão de alta segurança de Salazar, mas foi ali que aconteceu a fuga mais humilhante do regime: a de Álvaro Cunhal e de nove outros membros do PCP, a 3 de Janeiro de 1960. Actualmente, a fortaleza abriga o Museu Resistência e Liberdade e o Museu da Cidade de Peniche.

+ Leia aqui a edição desta semana da Time In Portugal

+ No dia 25 de Abril, cante "Grândola, Vila Morena" à janela

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Últimas notícias

    Publicidade