A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Teatro Municipal Rivoli
Fotografia de José CaldeiraO Fantasporto vai regressar às salas do Rivoli

No Teatro Municipal do Porto, pode ver seis espectáculos de dança por 40€

Por
Maria Monteiro
Publicidade

Depois de seis meses parado, o Teatro Municipal do Porto (TMP) reabre portas no próximo mês e tem uma proposta irrecusável para levar o público de volta às suas salas no Teatro Rivoli e Teatro do Campo Alegre. Recentemente, apresentou a Assinatura 6, que dá entrada para um conjunto de seis espectáculos de dança nacional e internacional por apenas 40€.

O pacote inclui os espectáculos OCD Love, de Sharon Eyal e Gai Behar (Israel), Mal – Embriaguez Divina, de Marlene Monteiro Freitas (Portugal/Cabo Verde), For four walls + RainForest + Sounddance, do CCN - Ballet de Lorraine (França), Canzone per Ornella + Postcards from Vietnam, de Raimund Hoghe (Alemanha), The show must go on, de Jérôme Bel (França), e Dançar em tempo de guerra, da Companhia Nacional de Bailado (Portugal). Até 25 de Setembro, pode adquiri-lo nas duas bilheteiras físicas do TMP ou através da BOL

A dança assume um papel central na nova temporada, que arranca sob o mote “Retomar Ligação” com vários reagendamentos de espectáculos suspensos pela pandemia, remontagens, festivais e, claro, várias estreias. Entre os destaques estão um ciclo de dez dias dedicado a Marlene Monteiro Freitas, premiada coreógrafa cabo-verdiana sediada em Portugal, que inclui a estreia da sua criação mais recente (29 e 30 de Outubro), sessões de cinema, conferências e workshops; a apresentação de três peças criadas pelo CCN - Ballet de Lorraine para marcar o centenário de Merce Cunningham, “uma das maiores figuras da história da dança moderna (13 e 14 de Novembro); e a remontagem da “peça de culto” de Jérôme Bel que, 20 anos depois da estreia, ganha nova vida com 20 intérpretes locais (12 e 13 de Fevereiro).

Ainda antes de a dança tomar conta do palco, é o teatro que dá as boas-vindas à cidade no regresso, com A vida vai engolir-vos de Tonán Quito, uma maratona de dez horas que leva a cena quatro das principais peças de Antón Tchékov – A Gaivota, O Tio Vânia, Três Irmãs e O Ginjal. O espectáculo tem duas partes e pode ser visto alternadamente no Rivoli (17 e 19 de Setembro) e no Teatro Nacional São João (18 e 19 de Setembro).

Pode descobrir a programação completa na sessão de lançamento da temporada 2020/2021, que decorre a 8 de Setembro, às 19.00, no Rivoli. Como habitual, a entrada é gratuita, mas estará limitada à lotação de 50% da sala. Quem não conseguir um lugar, pode assistir à apresentação através da rádio ou online.

Leia aqui a nova edição digital e gratuita da Time Out Portugal 

Últimas notícias

    Publicidade