A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
PR9 – Caminhos do Zé do Telhado
© Câmara Municipal de Marco de CanavesesO PR9 – Caminhos do Zé do Telhado percorre a margem direita do rio Douro

Novo trilho rural percorre a margem direita do rio Douro

Em Marco de Canaveses, o PR9 – Caminhos do Zé do Telhado é um percurso com cerca de 12 km que atravessa caminhos rurais entre as paisagens do rio Douro.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

A Penha Longa, em Marco de Canaveses, dispõe-se na encosta sul da Serra de Montedeiras, até ao rio Douro. Contempla conjuntos rurais tradicionais, serra com vegetação rasteira e núcleos florestais, campos agrícolas rasgados por cristalinos regatos e ainda vertentes ribeirinhas – entre a Barragem de Carrapatelo e a zona da fruição fluvial do lugar de Dajas –, com miradouros sobre o Douro.

Para conhecer esta zona da região, nada melhor do que percorrer o novo PR9 - Caminhos do Zé do Telhado, inaugurado a 29 de Agosto. Esta pequena rota circular, com aproximadamente 12,4 km, passa na Barragem do Carrapatelo e junto à Casa do Carrapatelo, atravessando um conjunto de caminhos rurais onde a proximidade ao rio Douro é constante.

Barragem de Carrapatelo
© Câmara Municipal de Marco de CanavesesBarragem de Carrapatelo

O percurso embrenha-se por um território rico em flora e fauna, como o coelho-bravo, a raposa, a toupeira, o ouriço-cacheiro, o esquilo e aves como gaviões, águias, milhafres, chapins, pica-paus, trepadeiras e gaios. Além de eucaliptos, o trilho tem também flora autóctone como carvalhos, sobreiros, castanheiros, amieiros e salgueiros. Nos campos agrícolas, dependendo da época do ano, poderá ver culturas de milho, videiras que produzem vinho verde, laranjeiras e marmeleiros.

Mapa do PR9 Caminhos do Zé do Telhado
© DRMapa do PR9 Caminhos do Zé do Telhado

O novo trilho tem como mote a memória do Zé do Telhado, figura marcante durante o século XIX no Norte de Portugal. Zé do Telhado foi militar e depois salteador como chefe de uma quadrilha, ficando conhecido por “roubar aos ricos para dar aos pobres” e por isso recebendo frequentemente o epíteto de “Robin dos Bosques português”. Em Janeiro de 1852, levou a cabo o seu mais badalado assalto, à Casa do Carrapatelo. Foi preso na Cadeia da Relação no Porto, onde conheceu Camilo Castelo Branco, que sobre ele escreveu no seu livro Memórias do Cárcere.

O trilho poderá ser iniciado em três pontos: Campos de Cima (41.093033, -8.167105), Barragem do Carrapatelo (41.086858, -8.132708) ou Dajas - Rio Douro (41.089352, -8.174077). Consulte a ficha do percurso e conheça os nove percursos pedestres disponíveis em Marco de Canaveses.

+ Há um novo trilho na natureza em Marco de Canaveses

Leia aqui a edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade