Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right O Museu Romântico já abriu e está mais bonito e interactivo
Notícias / Vida urbana

O Museu Romântico já abriu e está mais bonito e interactivo

Museu Romântico
© DR Mais de meio milhão de euros para reabilitar o Museu Romântico

O Museu Romântico já está de portas abertas. Depois de quase um ano encerrado para reabilitação profunda, surge agora com peças restauradas, colecções melhoradas, com mais equipamento digital e interactivo, e com áreas de serviços educativos que visam dar resposta às necessidades do público nacional e estrangeiro.

Rui Moreira, durante a inauguração, referiu que se investiu nas acessibilidades externas e internas, e se tornaram os equipamentos culturais mais amigáveis e “mais próximos da ideia de um museu para todos”.  

Esta intervenção, com um investimento superior a meio milhão de euros - 85% deste valor foi financiado pelo projecto NORTE 2020 (469.827,34€) e 15% suportado pela Câmara do Porto (82.910,71€) - tem como objectivo a requalificação dos museus municipais de forma a conservar, proteger e promover o património cultural da cidade.

À Casa-Museu Guerra Junqueiro, que reabriu em Março do ano passado, e à Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio, inaugurada em Julho, junta-se agora o Museu Romântico da Quinta da Macieirinha. É de referir que este espaço, um dos mais visitados do Porto, recria o ambiente de uma casa de campo de meados do século XIX. Foi aqui, inclusivamente, que viveu exilado o rei Carlos Alberto de Sabóia.

Feitas as contas, restauraram-se três pianos-fortes do século XIX, oito relógios em bronze e antimónio, alguns trajes que vão estar em exposição, colocaram-se 13 pinturas que estavam em depósito no Museu Nacional Soares dos Reis, e ainda um conjunto de gravuras e pinturas da colecção Vitorino Ribeiro vindas das Reservas Municipais. O bilhete custa 2,20€, mas aos fins-de-semana a entrada é gratuita. Aproveite.

+ Os Caminhos do Romântico precisam de amor

Publicidade
Publicidade