A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Museu do Vitral
© DRMuseu do Vitral

O Porto tem um novo museu dedicado à arte do vitral

Ao lado da Sé do Porto, há um novo museu especializado na bela arte da cor e da luz, com obras criadas pelo último pintor português que dedicou a sua vida aos vitrais.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Na requalificada Casa da Vandoma, ao lado da Sé do Porto, nasceu um novo museu recheado com um histórico espólio de cor e de luz. Em exposição no Museu do Vitral está uma selecção das obras de João Aquino Antunes, o último pintor português que dedicou a sua vida aos vitrais. 

No museu poderá apreciar obras-primas em vitrais tradicionais, painéis decorativos, instalações de arte abstracta e um caleidoscópio de 400 cores de vidro. Poderá também ver uma recriação de parte do estúdio do artista, com esboços originais e maquetes.

Museu do Vitral
© DRMuseu do Vitral

A visita termina com uma panorâmica sobre o centro da cidade, a provar um cálice de vinho do Porto Taylor’s, numa parceria com o grupo The Fladgate Partnership. O museu está aberto todos os dias, das 10.30 às 19.30. Os bilhetes custam entre 4€ (8-17 anos) e 8€ (adultos, com direito a cálice de vinho do Porto). O bilhete família, para dois adultos e duas crianças (8-17 anos), fica por 20€.

Museu do Vitral
© DRMuseu do Vitral

João Aquino Antunes é diplomado pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde foi professor de vitral e mosaico durante mais de 36 anos. É o último pintor de uma família de três gerações que se dedicou inteiramente à arte do vitral. Cresceu a brincar com pedaços de vidro colorido no ateliê do pai e foi aí que aprendeu todas as técnicas desta expressão pictórica.

João Aquino Antunes
© DRJoão Aquino Antunes

Pertence à família de artesãos do Atelier Antunes, fundado em 1906 no Porto. É o mais antigo de Portugal e é reconhecido internacionalmente. Ao longo destas três gerações, foram criadas obras visíveis por Portugal e por todo o mundo – desde a Tailândia aos Estados Unidos, de Timor a Angola, do Brasil à Venezuela e da Austrália à África do Sul. Na cidade do Porto, pode contemplar estas obras na Igreja de Santo Ildefonso, na Igreja dos Congregados, na Livraria Lello e no Hotel Infante Sagres, entre outros.

Museu do Vitral
© DRMuseu do Vitral

Os múltiplos padrões e cores de luz têm sido a fonte de inspiração de muitos artistas. O vitral é uma das formas de pintura artística mais disseminadas desde o Renascimento – historicamente, a sua produção está associada ao simbolismo religioso e espiritual, sendo também um nobre elemento decorativo em muitos edifícios públicos e privados. Ao longo do tempo, novos movimentos artísticos trouxeram novas visões criativas à concepção do vitral, que não ficaram alheios a mestres como Amadeu Souza-Cardoso ou Júlio Resende.

Rua de D. Hugo, 2-6 (Sé). 93 882 0006. Aberto todos os dias 10.30-19.30. Bilhetes: 4€ (crianças), 8€ (adultos, com cálice de vinho), 20€ (2 adultos + 2 crianças).

+ Os melhores museus no Porto

Leia aqui a edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade