Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Obras do Metro do Porto podem prolongar-se até 30 meses
Metro
© DR

Obras do Metro do Porto podem prolongar-se até 30 meses

Publicidade

A construção da linha rosa, que ligará a estação de São Bento e a Casa da Música, poderá durar até 30 meses, segundo um estudo feito pela empresa ARQPAIS. No entanto, o Estudo de Impacte Ambiental, em discussão pública até 14 de Dezembro, realça que esta nova linha vai trazer muitos aspectos positivos à cidade.

Além disto, o relatório também revela que os maiores impactos negativos vão ser sentidos durante a fase de construção, com a "degradação do ambiente visual, à perturbação com ruído, à produção de poeiras, à intensidade e perturbação do tráfego rodoviário, à fruição dos espaços públicos, como são a Praça da Liberdade e envolvente, o Jardim do Carregal, a Praça da Galiza e envolvente, e a Avenida de França". Para já são estas as maiores perturbações previstas, mas não é descartada a hipótese de poderem vir a ser mais.

Entre os vários aspectos positivos que são apontados pela empresa está o facto da nova linha ajudar a requalificar e revivificar a Baixa. Estes três quilómetros de linha vão ligar a Baixa à Boavista, em parte através de um túnel, e contará com quatro novas paragens.

Metro do Porto: linha Rosa deve retirar cerca de 9000 carros por dia das ruas em 2022

A partir de hoje vai poder ter o Andante no telemóvel

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade