A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Loja online de roupa em segunda mão
© reCloset

Peças com história: reCloset é a nova plataforma online de artigos em segunda mão

Vai ter roupa em segunda mão para dar e vender. A reCloset quer despertar para a importância de reutilizar peças de roupa e acessórios de moda e desafia à venda e à doação.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

A reCloset é uma nova plataforma de artigos em segunda mão, fundada por duas empreendedoras portuguesas que querem contribuir para o despertar da importância da reutilização de peças de roupa e acessórios de moda. O lançamento das primeiras peças está a ser preparado e a cada uma estará associada uma história de vida.

Na plataforma encontra um blogue que torna esta reCloset um espaço de partilha de conhecimento, com dicas para uma vida mais sustentável. “Para mim este projecto faz todo o sentido, por conectar todos os pontos, por mostrar que todos estamos ligados e que uma vida mais sustentável passa por muitas decisões. A maioria delas são muito simples e vão desde aquilo que comemos, passando pelo meio de transporte que utilizamos, até à forma como nos vestimos”, defende Telma Santos, co-fundadora e responsável de operações.

As primeiras peças chegam às prateleiras virtuais no final de Setembro, mas já pode ir vasculhando o seu próprio armário em busca de peças para vender ou para doar. É que na reCloset não vai encontrar apenas artigos em segunda mão seleccionados pela própria equipa fundadora. A acompanhar a loja oficial, a plataforma online vai ter o chamado Marketplace by reCloset, onde qualquer pessoa pode vender directamente as suas peças na sua própria loja online, inserida na plataforma, sem se preocupar com pagamentos. Neste caso, após o envio da peça, basta esperar pela comissão. Além disso, 5% do valor da venda no marketplace é destinado a pessoas ou projectos que tenham um papel relevante na área da sustentabilidade ambiental e quem vende as peças também poderá optar encaminhar a sua comissão para uma instituição.

“Queremos pôr os portugueses a partilhar estórias das suas peças de roupa e acessórios. Através delas, vamos promover a reutilização, incentivando a compra de peças em segunda mão, e contribuindo para uma economia circular”, diz Ana Lopes, co-fundadora e responsável pela comunicação do projecto que também se compromete a doar a instituições de solidariedade ou projectos de upcycle as peças que não estejam nas melhores condições para venda.

+ As melhores lojas vintage no Porto

Leia aqui a nova edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade