Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Souto de Moura reabilita Biblioteca Pública Municipal por mais de 10 milhões de euros
Notícias / Vida urbana

Souto de Moura reabilita Biblioteca Pública Municipal por mais de 10 milhões de euros

Biblioteca Pública Municipal
© Marco Duarte As obras vão dar nova vida à Biblioteca Pública Municipal

Os traços de Souto de Moura já não são estranhos à Biblioteca Pública Municipal. Até porque desde 1990 que o imóvel conta com uma sala infanto-juvenil da sua autoria (distinguida, dois anos depois, com o Prémio SECIL da Arquitectura). É precisamente esta intervenção que está na origem do parecer jurídico que permitiu à autarquia avançar legalmente com um ajuste directo.

Assim, a Câmara evitou a abertura de um concurso público para a reabilitação do antigo Convento de Santo António da Cidade (onde a biblioteca está instalada), que podia atribuir a intervenção a outro arquitecto. De acordo com o Orçamento para 2019, este projecto, concedido à Go Porto – Empresa de Gestão de Obras Públicas, tem um investimento previsto de mais de 10 milhões de euros, distribuídos ao longo de três anos.

Em 2019 deverão ser gastos 888 mil euros, em 2020 mais 4,5 milhões de euros e a última fase, em 2021, está orçada em 5 milhões de euros. Com este valor, e segundo informações avançadas pelo jornal Público, o objectivo é ampliar a biblioteca construindo pelo menos um dos três edifícios que Souto de Moura desenhara inicialmente. Mas não só. Também está prevista a transferência de todas as partes técnicas da biblioteca para a zona de cobertura, a transformação do rés-do-chão num espaço de leitura mais amplo e a manutenção do claustro do antigo convento.

Sem avançar a data de início das obras ou outras informações, o anúncio de que o contrato com o vencedor do Prémio Pritzker já havia sido assinado foi feito pelo presidente da Câmara, Rui Moreira, durante uma assembleia municipal nos últimos dias do mês de Maio. Recorde-se que Eduardo Souto de Moura já tinha desenhado um projecto para reabilitar o imóvel há mais de 20 anos, no entanto, a autarquia só manifestou vontade de o adaptar e concretizar a partir de 2013, com a tomada de posse de Rui Moreira. A partir desse ano, a Câmara deu início ao pedido de parecer jurídico, que entretanto foi deferido e que permitiu que o contrato fosse assinado.

Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota abre em Outubro e já tem programação

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments