A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
STRANGER THINGS (2022)
NetflixMillie Bobby Brown como Onze, na quarta temporada de Stranger Things

‘Stranger Things’ estreia quarta temporada partida ao meio

“Cada final tem um início.” Foi com esta frase que a Netflix anunciou nesta quinta-feira as datas de regresso da série criada pelos irmãos Duffer.

Escrito por
Hugo Torres
Publicidade

Na história, passaram seis meses. Na realidade, são quase três anos a separar a estreia da terceira temporada, em Julho de 2019, e a data de regresso de Onze, Mike, Dustin, Lucas e Will para a quarta temporada, que acontecerá a 27 de Maio. No entanto, os novos episódios não chegarão todos de uma vez à Netflix, como é habitual. Serão divididos em dois “volumes”, o segundo dos quais estreará na plataforma de streaming a 1 de Julho.

As datas foram divulgadas nesta quinta-feira pela Netflix, juntamente com quatro cartazes e uma carta dos irmãos Duffer. “Com nove guiões, mais de oitocentas páginas, quase dois anos de filmagens, milhares de efeitos visuais e uma duração que é quase o dobro das temporadas anteriores, Stranger Things 4 foi a temporada mais desafiante até agora, mas também a que nos deu maior prazer”, escrevem os criadores da série, dizendo-se “incrivelmente orgulhosos do resultado” e “ansiosos” por o partilhar com os fãs.

STRANGER THINGS (2022)
NetflixSadie Sink, Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin e Priah Ferguson

Os Duffer argumentam inclusive que a opção de dividir a temporada em dois volumes se deveu à necessidade de dar resposta tanto a quem a está a produzir como a quem está ávido por regressar ao Mundo Invertido. Os primeiros precisariam de mais tempo para concluir os nove episódios, e assim os fãs não teriam de esperar pela sua conclusão. No entanto, será provável que a dupla estreia de Stranger Things provoque dois picos de utilização, e de novas subscrições, para a Netflix, em vez de apenas uma.

Isto porque a série é um fenómeno global, em crescendo desde a estreia absoluta em 2016. É uma das produções mais vistas da Netflix destes anos. De acordo com a própria plataforma, só na terceira temporada contabilizou 582 milhões de horas de visualizações; na segunda, tinham sido 427 milhões de horas de visualizações. No entanto, esta história multipremiada (Emmys, Globos de Ouro, Bafta…) está a chegar ao fim. Os Duffer anunciaram também que haverá uma quinta e última temporada. Estes novos episódios são o princípio do fim.

Os cartazes divulgados hoje revelam os quatro lugares em que a história se desenrolará agora: Califórnia, Rússia, a casa da família Creel e o laboratório de onde saiu Onze. “Passaram seis meses desde a batalha de Starcourt, que deixou um rasto de terror e destruição em Hawkins, e os amigos separam-se pela primeira vez”, recorda a Netflix. “Neste momento de vulnerabilidade, surge uma nova e terrível ameaça sobrenatural, que traz consigo um mistério macabro que, se for resolvido, pode finalmente acabar com os terrores do Mundo Invertido.” Pode, mas não já – porque o fim ainda não será agora.

+ ‘Yellowjackets’, o novo fenómeno da televisão americana

+ No retrato aos consumos culturais em Portugal, é o cinema que faz figura

Últimas notícias

    Publicidade