Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Trabalho Capital: o antes e o depois do Centro de Arte Oliva
Notícias / Arte

Trabalho Capital: o antes e o depois do Centro de Arte Oliva

Trabalho Capital
© DR A exposição conta com fotografias da antiga fábrica

Hoje em dia é fácil esquecermos que o Centro de Arte Oliva já foi uma fábrica. Após um século de laboração, a Oliva fechou portas em 2010 e ganhou, poucos anos depois, uma vida nova enquanto instituição cultural. O artista e curador Paulo Mendes tem isso em conta na exposição-instalação que inaugura este mês, fazendo a ponte entre o passado e o presente.

A mostra tem por base a Colecção Norlinda e José Lima, sediada no Centro de Arte Oliva, a que se acrescentam outras obras, algumas criadas para a ocasião. O objectivo é abordar a ideia de trabalho, assim como “convocar a memória histórica, social e política da Oliva, confrontando-a com o nosso tempo e o actual espaço expositivo”, diz o curador.

Nesse sentido, a memória do espaço será reavivada através de objectos, fotografias e filmes antigos, assim como entrevistas a ex-operários da fábrica. Vão dialogar com dezenas de obras de arte e uma transformação do espaço operada por Paulo Mendes.

Centro de Arte Oliva, Rua da Fundição (São João da Madeira). Sáb 13-Abril 2020. Ter-Dom 10.30-18.00. Grátis.

+ Coisas para fazer no Porto em Abril

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Publicidade
Publicidade