Galerias de arte no Minho que tem de conhecer

Estas galerias de arte minhotas deslumbram qualquer um. Aqui tem cinco espaços que deve visitar
Galeria Mario Sequeira
©DR Galeria Mario Sequeira
Por Ana Patrícia Silva |
Publicidade

Escondidas como os melhores tesouros, as galerias de arte no Minho têm muito para mostrar ao mundo. De quintas agrícolas a edifícios premiados, da pintura ao design, mostramos cinco espaços imperdíveis para acompanhar a arte contemporânea.

Galerias de arte no Minho que tem de conhecer

Show Me - Design & Art Gallery
©DR
Arte, Design

Show Me – Design & Art Gallery

icon-location-pin Grande Porto

No meio do nada brotam algumas das mais singulares peças de design contemporâneo. A Show Me nasceu em 2009 no centro urbano de Braga e mudou-se para o verde rural de Barcelos em 2012. Numa adega onde antes se guardavam pipas de vinho verde estão hoje peças que mostram novas formas de entender a arte e
 o design. A Show Me é uma das raras galerias nacionais dedicadas ao design contemporâneo. Com peças e instalações únicas, edições limitadas e protótipos, as exposições cruzam a funcionalidade do design industrial com a liberdade criativa da arte, apostando em sangue novo e franjas mais experimentais.

Visitas através de marcação: 916 216 121

Galeria Mario Sequeira
©DR
Arte, Galerias

Galeria Mário Sequeira

icon-location-pin Grande Porto

A própria galeria é uma obra de arte 
– arquitectónica e paisagística. A seis quilómetros do centro de Braga, foi fundada pelo médico Mário Sequeira em 1994 e cedo se tornou um espaço de referência da arte contemporânea em território nacional. No ano 2000 foi o palco da primeira exposição em Portugal dedicada a Andy Warhol e tem acolhido artistas como Richard Long, Gerhard Richter, Julian Opie e Rachel Whiteread. É uma galeria viva, rodeada de tapetes de verde onde pode visitar um parque de esculturas. E continua em expansão – este ano foi erguido um novo edifício para acervo e showroom.

Publicidade
Ala da Frente
©DR
Arte, Galerias

Ala da Frente

icon-location-pin Grande Porto

Na ala da frente do edifício do Museu Bernardino Machado abriu em 2015 
a galeria municipal de Famalicão.
 Um passo de gigante para incentivar
a descentralização cultural, que tem levado ao interior do Minho um balão de oxigénio de arte contemporânea. Por aqui já se mostraram exposições de Alberto Carneiro, Pedro Cabrita Reis, José Pedro Croft, João Queiroz, Rui Chafes e Jorge Molder, cada uma delas acompanhada da edição de um livro. Com curadoria de António Gonçalves, a galeria Ala da Frente continua a mostrar valores de referência da criação artística nacional.

Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães
©DR
Arte, Centros de artes

Centro Internacional das Artes José de Guimarães

icon-location-pin Grande Porto

Está integrado na premiada Plataforma das Artes, a maior e mais dispendiosa obra (17 milhões de euros) da Capital Europeia da Cultura 2012, desdobrada em laboratórios criativos, salas de espectáculos e um centro de arte baptizado com o nome do artista José de Guimarães, que aqui depositou as suas colecções e acervo. As 13 salas de exposição do CIAJG acolhem mostras dedicadas à arte contemporânea em diálogo com artes e culturas de outras épocas, com a curadoria de Nuno Faria.


Publicidade
Shairart
©Wapa
Arte, Galerias

Galeria Shairart

icon-location-pin Grande Porto

É o melhor sítio para descobrir os talentos emergentes da arte contemporânea. Desde 2014 que a Shairart anda a democratizar o acesso à arte através da articulação entre uma plataforma online e uma galeria em Braga. Logo 
à entrada, um café-bar convida a entrar. Lá dentro,
 o espaço convida 
a ficar, por entre salas de exposições e actividades como workshops e aulas de pintura e desenho gratuitos. Com a curadoria de Helena Mendes Pereira, mostra-se o que de novo se produz em pintura, ilustração, desenho, escultura e fotografia. Todas as obras estão disponíveis para aquisição no site.

Mais no Minho

FeelViana
DR
Viagens

Novidades a norte: hotéis, bares e restaurantes

Depois de conhecer os restaurantes que abriram no Porto enquanto esteve de férias, é hora de conhecer as novidades a norte. Há muitos hotéis onde ainda não dormiu, muitos restaurantes com iguarias do Minho para provar e outros tantos bares para pôr a conversa em dia.

Publicidade