Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Quatro obras para ver na exposição de Picasso no Porto

Quatro obras para ver na exposição de Picasso no Porto

Leyre Bozal Chamorro, curadora de 'Suite Vollard', leva-nos numa visita guiada pela icónica colecção de gravuras do século XX

Pablo Picasso
© DR As gravuras foram desenhadas de 1930 a 1937
Por Maria Monteiro |
Publicidade

Ambroise Vollard, um dos mais influentes comerciantes de arte do século XX, conheceu Pablo Picasso em 1901. Depois de organizar a sua primeira exposição em Paris, encomendou-lhe Suite Vollard, série de 100 gravuras realizada entre 1930 e 1937. Até 11 de Setembro, esta colecção detida pela Fundação Mapfre está no Palácio das Artes, tendo chegado ao Porto por iniciativa da comissária Charlotte Crapts, numa exposição que resulta de uma parceria entre o MMIPO – Museu da Misericórdia do Porto e a Taylor’s. Para aguçar a curiosidade, a curadora Leyre Bozal Chamorro apresenta quatro obras que mostram os vários estilos e temas que atravessam estas icónicas gravuras.

Recomendado: 16 obras de arte para ver no Porto

Quatro obras para ver na exposição de Picasso no Porto

© DR
Arte

Mulher sentada com a cabeça apoiada na mão (1934)

icon-location-pin Palácio das Artes, Flores
icon-calendar

“Esta gravura mistura muitos elementos do classicismo com elementos do cubismo e elementos primitivos. É quase uma escultura, porque a escultura tem tudo a ver com o cubismo – o cubismo é tentar ver algo que está em duas dimensões a quatro.”

© DR
Arte

O descanso do escultor e a escultura surrealista (1933)

icon-location-pin Palácio das Artes, Flores
icon-calendar

“Picasso reflecte sobre a própria obra de arte e repete sempre o mesmo esquema: escultor, modelo e obra. Aqui, a escultura já não é clássica, tem algo de surrealista. É importante sublinhar que Picasso não é só cubista nem surrealista nem classicista; é tudo isso ao mesmo tempo.”

Publicidade
© DR
Arte

Rembrandt e cabeças de três mulheres (1934)

icon-location-pin Palácio das Artes, Flores
icon-calendar

“O artista homenageia os nomes da história da arte que o inspiraram. Rembrandt é um dos melhores gravuristas de sempre, assim como Goya e Picasso. O pintor aprende com ele, por isso o artista que está aqui desenhado seria, em simultâneo, Rembrandt e o próprio Picasso.”

© DR
Arte

Minotauro cego guiado na noite por menina com pomba da paz (1934)

icon-location-pin Palácio das Artes, Flores
icon-calendar

“A Suite Vollard reflecte os acontecimentos que marcam Espanha e a Europa nos anos 30, como o nazismo e a Guerra Civil Espanhola. A colecção passa de clássica a sombria e aparece o minotauro, metade homem, metade animal, como o artista e o seu instinto criativo. O minotauro seria Picasso e a menina seria a sua filha, Maya. É de noite e estão sem rumo – é como se a Europa estivesse apagada.”

Mais arte para ver no Porto

ó galeria
©Cláudia Paiva
Arte, Galerias

As melhores galerias de arte no Porto

Que o Porto é uma cidade cheia de arte já nós sabemos. Ora, o que o leitor pode não saber é onde encontrar essa mesma arte. Na rua? Sim, claro. Mas também pode entrar sem medos numa das melhores galerias de arte no Porto. Entra, dá uma vista de olhos, e se quiser levar um pedacinho de arte para casa mal não lhe vai fazer. Pelo contrário.

Publicidade