Os melhores sabonetes do Porto

Chamam-lhes os gloriosos sabonetes do Norte. Vá por nós e lave as mãos com os melhores sabonetes do Porto
Claus Porto
© João Saramago Sabonetes da Claus Porto
Por Editores da Time Out Porto |
Publicidade

O sabão azul e branco já lá vai. Hoje não faltam sabonetes artesanais que cheiram bem, fazem milagres à pele, alegram a vista e apetecem trincar. Mostramos-lhe as marcas dos melhores sabonetes do Porto que nos enchem de orgulho... E bom cheiro.

Os melhores sabonetes do Porto

sabonete sovina
©DR

Sovina

Sabonetes e cerveja parecem uma combinação improvável? A Sovina, fundada em 2009 no Porto, criou em Março um produto exclusivo no mercado: sabonetes de cerveja. Partindo dos ingredientes base da cerveja artesanal, a marca garante que o resultado é benéfico tanto para a pele como para o cabelo. Produzidos pela Saboaria Confiança, há, para já, duas variedades: o hidratante, confeccionado com a Sovina Amber e aroma a mel; e o esfoliante, feito com a cerveja India Pale Ale e com aroma a menta.

As embalagens, criadas pela agência portuense Supply, fazem lembrar papel de embrulho antigo. A Mercearia Nacional e a Pensão Favorita são alguns dos pontos de venda.

Claus Porto
© João Saramago
Compras

Claus Porto

icon-location-pin Flores

Caíram as monarquias e as repúblicas, instauraram-se ditaduras e fizeram-se revoluções. Tudo mudou, menos a Claus Porto, a marca de sabonetes portuense que se manteve firme, de pedra e cal, ao longo destes 130 anos. “Com esta comemoração entendemos que era preciso dar a conhecer a marca à cidade que a viu nascer, por isso escolhemos a Rua das Flores para abrir a primeira loja no Porto”, explica Francisco Neto, CEO. “Esta é uma loja que pretende ser muito mais do que isso. Além de um primeiro piso com produtos para venda, tem também uma galeria visitável onde contamos a história da marca ao longo de quatro gerações.” Nela, reuniram desenhos feitos à mão, litografias e recortes de jornais, mas não se ficaram por aqui. No terceiro andar, há ainda um laboratório para workshops e uma máquina dos anos 40 que produz sabonetes.

Publicidade
Ach. Brito
©DR

Ach. Brito

Falar de sabonetes e não falar da Ach. Brito é quase como ir a Roma e não ver o Papa. Foi no Porto que, em 1918, dois alemães criaram a primeira fábrica nacional de sabonetes e perfumes – duas pérolas que não estavam ao alcance de qualquer um naquela época. Após algumas mudanças, as fórmulas melhoraram mas os métodos de produção continuaram artesanais. Os rótulos mantiveram-se baseados em desenhos antigos. Actualmente a Ach. Brito possui mais de 700 referências, destacando-se as linhas de luxo Claus Porto e Musgo Real, que até foram elogiadas publicamente por Oprah Winfrey. É a partir de Vila do Conde, onde está a fábrica, que os sabonetes são exportados para mais de 50 países.

sabonetes Marco de Canavezes
©DR

Canavezes

Criados através de um antigo método artesanal egípcio, estes sabonetes da Marco de Canavezes podem demorar até 48 horas a ser feitos. A linha Canavezes Água Termal é vendida em farmácias e conta com quatro gamas diferentes (Com e Sem Perfume, Rosa Mosqueta e Purificante). Já a linha Muzas de Canavezes, feita com óleos essenciais e azeite, é vendida em lojas gourmet e de decoração.

Planta do tabaco, café ou flor de laranjeira são algumas opções disponíveis. As embalagens são uma reprodução fiel das antigas chapelarias de Canavezes, fabricadas para a família dos czares da Rússia.

Publicidade
Castelbel
©Morsa
Compras

Castelbel

icon-location-pin Campo Alegre

Natural do Castêlo da Maia, esta marca começou a comercializar sabonetes em 1999 para quem procurava produtos artesanais, embalados à mão e com um look vintage. Hoje produz mais de dez mil sabonetes por dia e os aromas podem ir das algas marinhas ao leite creme. Agrupados em três categorias principais – Castelbel Ambiente, Portus Cale e Edições Limitadas –, os sabonetes são fabricados a partir de uma base de sabão 100% vegetal, à qual é adicionada perfume, corante e manteiga de karité. Depois são sujeitos a uma moagem tripla, para uma maior consistência, cunhados e embalados manualmente.

Saboaria e Perfurmaria Confiança
©DR

Confiança

Fundada em Braga, a Saboaria e Perfumaria Confiança, dedicou-se inicialmente ao fabrico do sabão Offenbach, mas foi graças à fidelidade da clientela que a marca começou a lançar linhas próprias e fórmulas originais. Hoje, ainda se podem encontrar colecções clássicas como a Mariposas, a Alfazema de Portugal, a Chipre Imperial ou a Veleiro, sem esquecer alguns sabonetes técnicos, de alcatrão, pedra-pomes e enxofre. No site da marca estão disponíveis combinações como mel e alecrim, figo e chocolate, romã e azeitona ou gengibre e maracujá.

Publicidade
Tomelo CLEO
©DR
Compras

Tomelo

icon-location-pin Pinheiro Manso

“Sabonetes portugueses feitos com um ingrediente mágico e surpreendente”. Foi assim que o Financial Times descreveu os sabonetes de leite de burra da Tomelo CLEO em 2012. Desde 2009 que esta marca transmontana aposta na conservação do Burro de Miranda, uma raça ameaçada. Para a preparação dos sabonetes, o leite é fresco, não desidratado e após ser extraído dos animais é armazenado e congelado até se dar início à produção. Os sabonetes normais têm como aromas a amêndoa, o azeite, o mel, o lírio do vale e a verbena.

Mais lojas que valem a pena no Porto

The - Design & Moda
©João Saramago
Compras

As melhores lojas no Porto

OH VAI-ME À LOJA! Atenção: ninguém o quer insultar, apenas sugerir que conheça a fundo as melhores lojas no Porto, multimarca, e ideais para visitar durante todo o ano. 

Camisaria Porto
©Marco Duarte
Compras

10 lojas históricas no Porto

Num Porto cada vez mais virado para o turismo, em que vários estabelecimentos antigos fecham para dar lugar a hostels, apartamentos turísticos ou negócios turista-friendly, convém lembrar quem cá esteve sempre a fazer a diferença. São dez lojas tradicionais da cidade, menos faladas e muitas delas centenárias. E valem (tanto) a pena a visita. 

Publicidade