Playlist Time Out: as divas nunca morrem

De França à Califórnia, com vozes de fazer parar o trânsito. Bem-vindos à Playlist Time Out: as divas nunca morrem
En Vogue
©DR
Por Jorge Manuel Lopes |
Publicidade

Esta semana contém: dois regressos imponentes, os das En Vogue e de Mr. Fingers. As brumas esotéricas dos Beautify Junkiards e de Anna von Hausswolff. O jazz flutuante dos Kneebody. E delícias à beira Mediterrâneo pela mão de Mylène Farmer e Veysel Mutlu. São novidades tutti frutti para todas as estações.

Playlist Time Out: as divas nunca morrem

Camera

En Vogue – “Rocket”

Trio do panteão r&b andou 14 anos sem álbum novo. O silêncio termina com Electric Café (cá fora a 30 de Março) e com este single nocturno, cintilante.

Camera

Mylène Farmer – “Rolling Stone”

Estrela da pop francesa regressa com pop elástica, tecnológica. À sua maneira, sabe a classicismo dançável escrito com sabedoria.

Publicidade
Camera

Mr. Fingers – “Electron”

Já é um dos marcos musicais de 2018: Larry Heard retira o heterónimo Mr. Fingers do armário e presta-se a entregar o primeiro álbum desde 1994. Cerebral Hemispheres chega a 13 de Abril. O aperitivo, "Electron", é uma paciente e notável escultura electrónica.

Camera

Anna von Hausswolff – “The Truth, the Glow, the Fall”

Longa, inquieta e, à sua maneira, contemplativa faixa de abertura de Dead Magic, o quarto álbum de Anna von Hausswolff com chegada marcada para 2 de Março. Primeiro sente-se o latejar circular do cenário. Depois, o calor solene do órgão de tubos. Só a seguir é que a voz de von Hausswolff levanta voo, gargarejando. São lençóis e lençóis de som a embrulhar o ouvinte.

Publicidade
Camera

Beautify Junkyards – “Aquarius”

Haverá banda mais bordada à medida das fantasmagorias meio retro, meio psicadélicas da editora britânica Ghost Box do que os lisboetas Beautify Junkyards? Improvável. É escutar esta avanço do álbum The Invisible World of Beautify Junkyards (sai a 9 de Março) para saber ao que soa o papel de parede desbotado da velha Albion. Os fãs dos Broadcast sentir-se-ão também em casa.

Camera

Kneebody ft. Inara George – “How High”

Kneebody é um quinteto americano que encara o jazz como uma casa de portas e janelas abertas para incontáveis linguagens. Também americana, da cantora e compositora  Inara George conhece-se sobretudo o trabalho com The Bird and the Bee. Da união nasce uma pérola cujo trompete e restolhar da bateria lembram David Sylvian, e onde a voz de George emprega um fraseado entre os Stereolab e a bossa nova.

Publicidade
Camera

Veysel Mutlu – “Vay Delikanlı Gönlüm”

Pop da Turquia na forma de uma canção que leva o seu tempo (elogio) para crescer, explodir num refrão absolutamente dançável, retroceder e coleccionar nuances. Dizem as traduções online que o título significa algo como "Meu Coração Valente". Valente coração, valente canção.

Mais música

MUkylie
Photograph: Darenote Ltd
Música, Pop

Playlist Time Out: as melhores canções da semana

O ano 2018 começou com pé a fundo no acelerador nos universos da pop e da música de dança. Há regressos inspirados de Kylie Minogue e Tracey Thorn, fulgurante electrónica nacional graças a Branko, PEDRO e P. Adrix, e mais um tratado de reggaeton por J. Balvin. Siga pela playlist Time Out e conheça as melhores canções da semana.  

Kehlani
Photograph: Courtesy the artist
Música, Pop

Playlist Time Out: a vingança dos 90s

Do ambiente das raves recriado por CFCF ao regresso inesperado mas inspirado de Busta Rhymes (com uma ajuda gigantesca de Missy Elliott), há boa razões para achar que esta é uma playlist Time Out com sabor a vingança dos 90s. Mas não só – os afrobeats de Burna Boy e o jazz ao barulho com hip-hip e r&b de Chris Dave and the Drumhedz lembram que sim, está-se mesmo em 2018. É ouvir.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com