A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Bibliofolia é a nova livraria da Editora Exclamação
© DRBibliofolia é a nova livraria da Editora Exclamação

Bibliofolia: nasceu uma nova livraria no Porto

A nova livraria da editora Exclamação vai dar espaço às pequenas editoras e celebrar a alegria dos livros, com apresentações, exposições e actividades para crianças.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

A nova livraria do Porto é uma homenagem à alegria do livro e um espaço plural onde reina a palavra escrita na sua multiplicidade. A remar contra a maré da era digital, em plena pandemia, a Bibliofolia foi inaugurada a 3 de Julho, num edifício da Rua Aníbal Cunha, em Cedofeita. "O projecto da livraria começou antes da pandemia, mas foi adiado por ela", explica Nuno Gomes. "Chegámos a pôr a hipótese de adiar mais a abertura, mas a pandemia parece ter vindo para ficar, pelo que este é um sinal de esperança para não baixar os braços e continuar a vida naquele que será o novo normal."

A livraria surge como uma expansão natural da editora Exclamação, que "viu o seu mercado afectado pela agonia do sector livreiro, acentuada pela pandemia". "Passamos, assim, a ter um espaço próprio de venda das nossas edições, de apresentação e lançamento das obras inéditas, dando ao mesmo tempo espaço às pequenas e micro-editoras que têm dificuldade em estar representadas, por não terem distribuição ou por as livrarias não apostarem nelas."

A Bibliofolia é a nova livraria da Editora Exclamação
© DRA Bibliofolia é a nova livraria da Editora Exclamação

A livraria vai dar especial atenção à poesia, ensaio, romance, ficção, arte, história natural e literatura infantil. "Teremos naturalmente representadas as grandes editoras, como a Relógio d‘Água e a Assírio & Alvim, mas queremos dar destaque às pequenas editorias, como a Barco Bêbado, a Bazarov, a Flop e outras que nem sequer estão no circuito comercial, mas têm acervos extraordinários, como a Hélastre", diz Nuno Gomes. Será também dado destaque à natureza, agregando todas as obras sobre o tema (como guias de campo ou edições temáticas), e as crianças vão ter um espaço para que "se sintam em casa e possam ler e levar o que de melhor se faz em termos literários para elas".

O catálogo da Exclamação estará naturalmente em destaque, contando com edições de autores como Regina Guimarães, Isabel de Sá, António Cabrita, Teresa Noronha, Nuno Brito e Maria João Cantinho. A nível internacional, têm obras publicadas ou em publicação de autores contemporâneos como Jean Portante, Valerio Magrelli, Francesco Carofiglio, Alexei Bueno e Alberto Pucheu – estes últimos da colecção Brasiliana, dedicada à literatura brasileira, que irá em breve "expandir significativamente".

Mas há mais novidades a caminho. "Iniciaremos em Setembro uma colecção de literatura africana com o autor moçambicano Álvaro Taruma. Já temos diversos autores clássicos e em breve virão o Cruz e Sousa ou Velimir Khlebnikov, este último na colecção Avesso, coordenada pelo extraordinário Rui Manuel Amaral", acrescenta Nuno Gomes.

A livraria tem um pequeno logradouro transformado em jardim
© DRO edifício da livraria tem um pequeno logradouro transformado em jardim

O edifício da livraria tem um segredo: um pequeno logradouro transformado em jardim, que será "um recanto de leitura e de actividades com crianças". A livraria vai, aliás, programar diversos eventos regulares, como lançamentos e apresentações de livros, clube literário, cineclube, oficinas gráficas, dactilográficas e de encadernação, bem como actividades com crianças que as estimulem à leitura. Também não faltarão exposições de arte como Livros-Objecto, de Isabel de Sá, que pode ver neste momento. A arte estará, aliás, presente em toda a livraria, quer através de obras literárias, como de exposições e venda de obras e objectos de arte.

A Editora Exclamação começou em 2007 como Editora Planeta Vivo. Dedicou-se, num primeiro momento, à edição de literatura de história natural e fotografia, mas depois evoluiu para outros temas, como a poesia, o romance, a ficção e o ensaio. A constante confusão com a Editora Planeta e o alargamento editorial levou à adopção do nome Exclamação em 2014, no âmbito da empresa-mãe Bluemater, sendo autonomizada como empresa própria em 2017.

Morada: Rua de Aníbal Cunha 263 (Cedofeita). Horário: Seg-Sáb 10.00-19.00. Contactos: 22 099 4939 / 22 099 0516 / Site / Facebook / Instagram / E-mail.

+ As melhores livrarias do Porto

+ Regina Guimarães publica primeira antologia poética

Descubra a edição desta semana, digital e gratuita, da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade