Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right "Cartas de Amor ao Porto" é o concurso que quer vê-lo declarar-se à cidade
Notícias / Eventos e festivais

"Cartas de Amor ao Porto" é o concurso que quer vê-lo declarar-se à cidade

Porto lidera a região norte
© Camila Zminko Porto lidera a região norte

Mesmo que acredite, assim como Álvaro de Campos, heterónimo de Fernando Pessoa, que "Todas as cartas de amor são/ Ridículas", até porque "Não seriam cartas de amor se não fossem/ Ridículas", não deixe de participar no concurso que quer pô-lo a escrever sobre o que o apaixona no Porto. Até porque ser ridículo é um pequeno preço a pagar quando o motivo é declarar-se à Invicta.

A promoção do Porto e/ou da sua área metropolitana, de uma perspectiva literária, é o objectivo da competição, de acordo com o site da mesma. Todas as pessoas que já atingiram a maioridade estão convidadas a participar, e podem fazê-lo com um texto escrito de forma corrida, em verso ou prosa, que tem de ser redigido na língua de Camões e de autoria própria.

A data limite da submissão das candidaturas para o "Cartas de Amor ao Porto" é 14 de Março. Tudo o que precisa fazer é enviar o seu texto para caporto@ideiasamodadoporto.com, em formato PDF, juntamente com um comprovativo de idade. Os candidatos ao Prémio Academia, atribuído ao melhor texto produzido por um estudante universitário, devem enviar ainda uma prova de matrícula, em vigor, numa das universidades sediadas na área metropolitana, segundo o regulamento.

Os vencedores vão ser escolhidos "tendo em conta a mensagem intrínseca dos mesmos, a referência expressa a elementos concretos (corpóreos ou imateriais) que dignificam e elevam o Porto e/ou a sua área metropolitana, assim como a qualidade e a correcção linguística dos mesmos", por um júri que as vai avaliar e classificar de 15 de Março a 4 de Abril. No dia seguinte são anunciados os resultados.

O primeiro, o segundo e o terceiro classificados vão receber, respectivamente, a Antologia Pessoal da Poesia Portuguesa, seleccionada por Eugénio de Andrade e um prémio monetário no valor de 50€ em vale de compras; o Na Presença da Ausência, de Mahmoud Darwich, e um vale de 20€; e Castália e outros poemas de Albano Martin”. A obra O Poeta e a Cidade e um vale de compras equivalente a 30€ constituem o Prémio Academia.

Os quatro galardoados vão ver ainda os seus textos publicados "nas redes sociais e/ou nos sites geridos pela organização deste concurso", com a identificação do autor. O concurso, organizado pelo Ideias à Moda do Porto, é co-produzido pelo Núcleo de Jornalismo Académico do Porto.

+ 31 coisas incríveis para fazer no Porto

+ As melhores vistas no Porto

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments