A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Theatro Circo
© DRTheatro Circo, o palco principal da Companhia de Teatro de Braga

Companhia de Teatro de Braga leva clássicos gregos a casa

Por Maria Monteiro
Publicidade

A pandemia deixou as salas de teatro vazias, mas não deixou o público sem teatro. Prova disso é a “programação virulenta contra as fronteiras do medo” lançada pela Companhia de Teatro de Braga (CTB) e que, desde finais de Março, convida o público a ir ao teatro em casa. Até agora, já foram apresentados espectáculos como Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, a Trilogia Oresteia, de Ésquilo (que repete nos dias 1, 2 e 3 de Maio), Buraco, de Regina Guimarães, ou Músicos de Bremen, a partir dos contos dos irmãos Grimm.

O formato de programação online da CTB é simples. Todas as semanas, há estreias de criações que fazem parte do repertório da companhia, e que podem ser vistas numa determinada data e hora através do Facebook ou do site. Depois, e contrariando a efemeridade que habitualmente caracteriza as artes performativas, as peças ficam disponíveis para visualização posterior no YouTube (basta ir à publicação de Facebook de cada espectáculo).

Poucas semanas depois de ver impedida a estreia da sua nova peça, As Troianas, de Eurípides, agendada para 27 de Março, a Companhia de Teatro de Braga recupera, agora, uma das suas incursões pelos clássicos gregos. As Bacantes, tragédia de Eurípides que estreou originalmente em 2008, é apresentada online no dia 16 de Abril, às 19.00. Os espectáculos online decorrem até ao final de Maio e a programação completa pode ser consultada aqui

Leia aqui a edição desta semana da Time In Portugal

+ O Teatro D. Maria II fechou mas ganhou palco em casa com estreias online

+ São Carlos bate à porta de sua casa com podcast, música clássica e histórias do teatro

Últimas notícias

    Publicidade