Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto cede desenho de Leonardo da Vinci ao Louvre
Leonardo da Vinci; Mona Lisa
© Juan Di Nella / Unsplash Mona Lisa no Louvre

Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto cede desenho de Leonardo da Vinci ao Louvre

Publicidade

Em 2019 assinala-se o 500º aniversário da morte de Leonardo da Vinci, mestre do Renascimento conhecido por obras atemporais como Mona Lisa e A Última Ceia. A propósito da data, o Museu do Louvre, em Paris, está a preparar uma grande exposição com trabalhos do artista, para a qual a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) vai contribuir ao emprestar o desenho Rapariga lavando os pés a uma criança, que integra a sua Coleção de Desenho Antigo. À Lusa, Lúcia Almeida Matos, directora da instituição, adiantou que a pintura de Leonardo da Vinci está, actualmente, na Holanda, e vai ser exibida no museu parisiense no Outono.

 

Rapariga lavando os pés a uma criança
© DR

 

A obra em causa – exposta pela última vez na Invicta na Primavera de 2012, na sequência da exposição Cinco Séculos de Desenho na Colecção da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto - foi atribuída pela primeira vez ao italiano, em 1965, sugerido por Philip Pouncey, historiador de arte e curador britânico. Em 1977, aquando da examinação do original, no Porto, de acordo com descrição da proveniência do desenho, chegou a confirmação. Está avaliado em cerca de um milhão de euros, pelo que se pode ler no site da autarquia.

Enquanto a FBAUP aceitou ceder o desenho, o mesmo não se pode dizer das instituições do país-natal do artista. Segundo Lucia Borgonzoni, subsecretária de Estado da Cultura, citada pelo The Art Newspaper, o governo italiano não autoriza o empréstimo de obras para a mostra porque "Leonardo era italiano, só morreu em França, pelo que dar ao Louvre todas essas pinturas seria colocar a Itália nas margens de um grande evento cultural".

Já Eike Schmidt, director do museu Galerias dos Ofícios, em Florença, afirmou acreditar que o Louvre ia apoiá-lo na decisão de aplicar às pinturas de Leonardo da Vinci em sua posse as mesmas regras que este aplica à Mona Lisa, isto é, a política de não emprestar as obras em causa.

+ Livraria Lello: 250 mil euros pel'Os Lusíadas e 70 mil euros por Harry Potter e a Pedra Filosofal

+ Exposição de fotografia com trabalhos de Banksy chega ao Porto este mês

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade