A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Famalicão inaugura Centro Português do Surrealismo em Junho

Por Patrícia Santos
Publicidade

A Fundação Cupertino de Miranda (FCP), de cariz educativo e cultural, localizada em Famalicão, escolheu o dia 1 de Junho para inaugurar o Centro Português do Surrealismo, cujo objectivo é tornar esta cidade minhota no epicentro deste movimento artístico e literário.

“Famalicão e o Surrealismo não têm nenhuma relação”. Quem o diz é António Gonçalves, director-artístico da fundação. “A ligação começou a ser construída em 1999, quando uma colecção de Cruzeiro Seixas [pintor e poeta português] foi adquirida pelo engenheiro João Meireles, na altura presidente da Fundação Cupertino Miranda, que doou a esta instituição o acervo que comprou”, explicou António Gonçalves à Time Out.

Essa colecção foi o ponto de partida para o desenvolvimento de trabalhos de investigação na área do Surrealismo, alimentados ao longo dos últimos anos com mais aquisições e doações.

“Famalicão acabou por ter o embrião que desencadeou um foco de interesse sobre a arte surrealista, razão pela qual faz sentido que seja o centro deste movimento”, acrescentou o actual director. Por lá vai encontrar trabalhos de Mário Cesariny, também poeta e pintor, e considerado por muitos como o principal representante do Surrealismo Português.

No dia da inauguração, que conta com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa, será apresentada a exposição O Surrealismo na Colecção Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian.

António Gonçalves contou ainda que, entre os objectivos para o futuro, está o desenvolvimento de exposições e o aumento do leque de relações com outras instituições, que permita ampliar a base do conhecimento nesta área. O lançamento de um catálogo, a organização de ciclos de cinema ligados ao movimento, e um reforço da biblioteca e da livraria da Fundação Cupertino Miranda são outros dos planos.

Praça D. Maria II (Famalicão). 252 301 650.

+ As melhores galerias de arte no Porto

+ Roteiro da arte urbana no Porto

Últimas notícias

    Publicidade