A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Baloiço do Meco
©Ângela CarneiroBaloiço do Meco

Há um novo baloiço panorâmico no distrito do Porto

Este ano multiplicaram-se os baloiços para todos os gostos e idades. O mais recente baloiço de madeira fica na Trofa, num dos pontos mais altos do concelho.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

O ano de 2020 deu-nos muitos baloiços para apreciar as maravilhas da natureza mais perto do céu. Já não são apenas uma brincadeira de crianças. São, na verdade, uma boa forma de conhecer novas paisagens e diferentes perspectivas do nosso país. E de nos sentirmos mais livres em tempo de confinamento.

Depois de meses fechados em casa, os baloiços remetem-nos para as memórias mais felizes da infância. A baloiçar, com os pés no ar e os cabelos despenteados pelo vento, o céu era o limite. Nos últimos meses, multiplicaram-se os novos baloiços para todas as idades – sobre rios e ribeiroscom vista para o Douro, às portas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, para voar entre o Minho e a Galiza ou sobre um campo de nenúfares

O mais recente, o Baloiço do Meco, foi erguido este mês no Meco da Guerra, no Monte de Paradela, no concelho da Trofa. Este é um local de passagem de muitos amantes das bicicletas e um dos pontos mais altos do concelho. Agora tem um novo atractivo, um baloiço em madeira que funciona como miradouro panorâmico com vista para a cidade da Trofa.

Baloiço do Meco
© DRBaloiço do Meco

A estrutura foi montada pela Associação Recreativa de Paradela, organizadora de eventos de ciclismo como o Raid BTT e o Trofa Urban Race. Para lá chegar, siga o mapa.

+ Há um novo baloiço para voar entre o Minho e a Galiza

+ O maior baloiço de Portugal inaugurou às portas do Gerês

+ Leia a edição gratuita da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade