A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Gerês-Xurés
© Diogo FerreiraA fotografia vencedora é da autoria de Diogo Ferreira

Há uma exposição de fotografia sobre o Gerês na Galeria da Biodiversidade

‘Gerês-Xurés em fotografia’ mostra 50 imagens seleccionadas entre as mais de mil submetidas ao concurso promovido pela CCDR-N e o Mira Fórum sobre a reserva natural. Pode ser vista até ao final de Novembro, com entrada livre.

Por Maria Monteiro
Publicidade

Quando desafiaram fotógrafos amadores e profissionais a retratar a beleza transfronteiriça do Gerês, no âmbito do concurso “Gerês-Xurés em fotografia”, a Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional – Norte (CCDR-N) e o Mira Fórum sabiam que não ia ser fácil chegar a uma conclusão sobre as imagens a expôr. De facto, as mais de mil fotografias submetidas a concurso apresentaram uma imensidão de perspectivas da igualmente vasta Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés (RBTGX), que se estende entre o norte de Portugal e a Galiza. 

As 50 imagens finalistas podem agora ser conhecidas na exposição homónima, patente na Galeria da Biodiversidade da Universidade do Porto até final de Novembro. Os visitantes podem ver uma série de cenas bem características do parque natural: o nevoeiro cerrado no topo da montanha, as imponentes formações rochosas, as casas de pedra encaixadas na quietude da serra, os animais selvagens que parecem posar para a fotografia e o céu límpido e estrelado são alguns exemplos.

A fotografia vencedora é da autoria de Diogo Ferreira e mostra um homem a boiar numa lagoa enquadrada por várias rochas, numa captura feita de cima que põe em contraste a escala dos elementos humano e natural no parque. A biodiversidade é a grande protagonista da exposição, que privilegia o Gerês como um todo, sem apontar em que localidade foi feita cada uma das fotografias, ou que dispositivo foi utilizado para captá-las.

Para assinalar a iniciativa, que teve como objectivo duplo “contribuir para a revelação e divulgação do trabalho de fotógrafos profissionais e amadores” e “divulgar a beleza e a harmonia ambiental da Reserva junto de um público nacional e internacional”, foi lançada uma publicação com as 50 imagens finalistas, um postal e um poster.

A exposição pode ser visitada de terça a domingo, das 10.00 às 18.00, com entrada livre. Seguirá, depois, para outras partes do país, em datas e locais a definir. Para já, sabe-se que deverá passar pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês em Maio, altura em que se comemoram os 50 anos do decreto-lei que levou à sua criação.

Gerês-Xurés
© CCDR-NA exposição pode ser vista até final de Novembro

+ 37 razões para visitar o Gerês

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade