A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Câmara Municipal do Porto
© Matt Kieffer/FlickrCâmara Municipal do Porto

Invicta recebe exposição sobre os bombardeamentos atómicos

Por Patrícia Santos
Publicidade

Até 30 de Novembro vai poder ver, no átrio da Câmara Municipal, Bomba Atómica - Hiroxima e Nagasaki, uma exposição que tem como objectivos impedir que o lançamento das bombas atómicas no Japão e as suas consequências sejam esquecidos. Para tal, serve-se de elementos como painéis fotográficos, relatos escritos de sobreviventes dos bombardeamentos atómicos e objectos derretidos que ilustram as consequências de terem estado num raio de poucos metros do epicentro.

A mostra, que celebra os 40 anos da geminação Porto-Nagasaki, constitui uma declaração política de compromissos, de acordo com Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto. Na sessão solene que antecedeu a inauguração da exposição, este afirmou que “a geminação é em si um ato de paz entre povos distantes porque representa um esforço para nos conhecermos melhor”, e acrescentou que isto “implica a partilha dos melhores e dos piores momentos". Apesar de retratar “algo terrível”, explicou, a exposição simboliza “uma coisa em que temos de nos empenhar para que não se repita".

O museu Nagasaki National Peace Memorial Hall for the Atomic Bomb Victims, criado para homenagear quem sofreu e ainda sofre com o lançamento das bombas atómicas nas duas cidades japonesas, mas também para lutar pela paz, é o responsável por esta mostra que pode ser visitada de segunda a sexta-feira entre as 09.00 e as 17.00, gratuitamente.

Mais de 200 imagens de Frida Kahlo chegam ao Porto em Julho

+ Queer Porto está de volta para a 4ª edição e traz surpresas

Últimas notícias

    Publicidade