A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Barras proteicas da Portugal Bugs
Portugal BugsBarras proteicas da Portugal Bugs

Larvas ao domicílio? É para já. Uber Eats entrega comida com insectos no Porto

Snacks desidratados, temperados com sal marinho ou pimenta-caiena; barras proteicas feitas com ingredientes 100% naturais ou farinha de insecto para fazer quiches, bolos, batidos, smoothies ou panquecas são algumas das opções que encontra na aplicação.

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
Publicidade

Larvas na comida? Sim, é possível sem esta estar estragada e, segundo vaticinam os gastrónomos, ambientalistas, foodologists (pessoas que se dedicam a prever as tendências da gastronomia) e demais especialistas, os insectos serão o futuro para uma cozinha sustentável, que não esgote os recursos da Terra, uma vez que não param de nascer pessoas no mundo e com elas bocas para comer. 

Talvez a pensar já no que o futuro nos reserva, a Portugal Bugs, a primeira empresa portuguesa a comercializar alimentos com insectos comestíveis no mercado nacional, decidiu democratizar ainda mais os seus produtos — alguns deles já se encontram à venda em grandes superfícies — e estão agora disponíveis para serem pedidos via Uber Eats. Numa fase inicial de lançamento, as entregas estão disponíveis apenas no Porto e com taxa de entrega gratuita até ao final deste mês.

Portanto, se estiver interessado em alargar horizontes ao seu palato, tome nota: snacks desidratados, temperados com sal marinho ou pimenta-caiena, bons para acompanhar uma cerveja geladinha ou dar um je ne sais quoi à sua sopa ou salada; barras proteicas feitas com ingredientes 100% naturais, com sabores a manteiga de amendoim e mel, maçã e canela, figo e laranja ou chocolate e amêndoas, para depois do treino; ou farinha de alphitobius diaperinus, uma espécie de primo do besouro, que dá para fazer quiches, bolos, batidos, smoothies ou panquecas são algumas das opções que encontra na aplicação.

Também há gelados de manteiga de amendoim ou framboesa com insectos caramelizados e os choconebrios, snacks de chocolate de leite ou negro com 70% cacau, sem adição de açúcares, para quem for tão guloso como corajoso.

E se alguém olhar para si desconfiado, enquanto rói uma larvazinha, pode sempre informar que as da espécie tenebrio molitor, usadas pela Portugal Bugs na confecção dos seus produtos, têm um alto teor de fibra, minerais, vitaminas e ácidos gordos essenciais, além de serem uma fonte de proteína altamente sustentável.

+ World of Wine recebe Pink Party este mês

+ As melhores coisas para fazer no Porto este mês

Leia aqui a edição digital e gratuita da Time Out Portugal 

Últimas notícias

    Publicidade