A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Praça da Liberdade
Fotografia de Leandro CiuffoPraça da Liberdade

Metro do Porto começa trabalhos arqueológicos para a Linha Rosa

Os trabalhos de exploração arqueológica ao longo do traçado da futura Linha Rosa do Metro do Porto começam esta semana, com a duração prevista de um mês.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

A empresa Metro do Porto vai começar esta semana os trabalhos de exploração arqueológica ao longo do traçado da nova Linha Rosa, prévios ao arranque da construção. A intervenção tem a duração prevista de um mês e obrigará a ligeiros condicionamentos pedonais, mantendo-se a normalidade de circulação rodoviária.

As sondagens arqueológicas vão incidir sobre três pontos específicos em redor da futura Estação de São Bento, todos eles localizados na Praça da Liberdade e no Largo dos Lóios. Uma vez que os trabalhos serão manuais, sem recurso a máquinas, "não haverá qualquer tipo de impacto ambiental", refere o comunicado da empresa.

A nova Linha Rosa do Metro do Porto é formada por quatro estações e cerca de três quilómetros de via, ligando São Bento/Praça da Liberdade à Casa da Música, servindo o Hospital de Santo António, o Pavilhão Rosa Mota, o Centro Materno-Infantil, a Praça de Galiza e as faculdades do pólo do Campo Alegre. Nas primeiras semanas de 2021 vão arrancar trabalhos idênticos em outras áreas do percurso da nova linha.

+ Conheça os planos da nova linha Rosa do Metro do Porto

+ Metro do Porto vai ter sete novas linhas e mais 36 estações

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade