Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Obras inéditas de Júlio Resende vão estar reunidas no Palácio da Justiça

Obras inéditas de Júlio Resende vão estar reunidas no Palácio da Justiça

Publicidade

Os Passos Perdidos do Palácio da Justiça, no Porto, vão receber uma exposição evocativa do centenário do nascimento de Júlio Resende, segundo informações avançadas à Lusa por Victor Costa, presidente da fundação com o nome do pintor. A mostra vai decorrer entre 30 de Maio e 31 de Agosto.

Na origem da exposição esteve um convite de Ataíde das Neves, presidente do Tribunal da Relação do Porto, com o objectivo de “enquadrar uma homenagem a Júlio Resende na acção cultural” que o magistrado pretende que “o tribunal tenha com a cidade”.

Surge assim a mostra Júlio Resende: Arte e Justiça – A Relação com a Cidade, aproveitando “obras de frescos, painéis cerâmicos e vitrais” que o artista tem em Penafiel, Vagos, Lisboa, Porto e Anadia. Estas vão ser apresentadas na exposição em forma de fotografias.

Sobre os painéis, há ainda a dizer que, pela primeira vez, vão ser exibidos estudos preparatórios com “um desenho em tamanho natural, de 3,36 x 5,40 metros, em carvão, que reproduz o fresco do painel em Penafiel”. “Uma secção em que são mostrados alguns trabalhos do Porto e da relação do pintor com a cidade e com a Ribeira”, parte do acervo da Fundação Júlio Resende, completa a mostra.

 + Quatro loucos em fuga e muito mais no Serralves em Festa

 + Siza Vieira será responsável pelo projecto de recuperação do Mosteiro de Leça do Balio

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade