Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Onda Bienal 2020 inaugura a primeira exposição colectiva na Casa do Vinho Verde
A Onda Bienal vai organizar uma exposição de Valter Hugo Mãe
© Fronteiras do Mundo/DR

Onda Bienal 2020 inaugura a primeira exposição colectiva na Casa do Vinho Verde

Publicidade

A descentralização da arte, através da organização de exposições e da dinamização de espaços culturais dentro e fora do país, é o objectivo da Onda Bienal, iniciativa organizada pela Artistas de Gaia — Cooperativa Cultural nos anos de interregno da Bienal Internacional de Arte Gaia. A edição deste ano do projecto arranca com a exposição colectiva que acontece entre 28 de Fevereiro e 11 de Abril na Casa do Vinho Verde. A curadoria é de Agostinho Santos, artista plástico e director artístico da Bienal de Gaia.

Zulmiro de Carvalho, Rui Costa, Sobral Centeno, Carmo Diogo, António Bessa ou Gérard Morla são alguns nomes que constam do alinhamento da exposição, que integra desenho, pintura ou escultura e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, entre as 09.00 e as 18.00, no Salão Nobre do edifício, na Rua da Restauração.

A Onda Bienal vai apostar na internacionalização ao longo de 2020, estando previstas exposições e parcerias com artistas da Galiza e do Rio de Janeiro. No âmbito do projecto, estão programadas, ainda, uma exposição de desenho e pintura de Valter Hugo Mãe e uma outra, antológica, em homenagem a Avelino Rocha, reconhecido artista que este ano celebra 80 anos. 

Em antecipação à Bienal Arte Gaia 2021, cujo tema será a democracia, estão previstos também uma série de debates e ciclos de cinema na Casa-Museu Teixeira Lopes e no Gabinete da Bienal, respectivamente.

+ Exposições a não perder no Porto

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade