A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
© Roman Bozhko / Unsplash

Porto Editora e Leya com aulas digitais gratuitas

Por Patrícia Santos
Publicidade

A decisão de encerrar as escolas, que entrou em vigor nesta segunda-feira, a propósito do surto de Covid-19, levou a Porto Editora e a Leya a optar por garantir, a professores e alunos, acesso gratuito aos seus conteúdos educativos digitais durante o período de suspensão das aulas. As medidas visam mitigar o impacto negativo que o fecho das escolas possa causar nas aprendizagens, de acordo com os comunicados emitidos pelas duas entidades. Nas plataformas das duas editoras estão disponíveis materiais do 1º ao 12º ano.

"Um cenário como este, de nos vermos forçados a fechar todas as escolas, pode trazer um grau de instabilidade e alguma ansiedade e é isso que queremos diluir com esta iniciativa, dando a professores e alunos acesso a uma plataforma de estudo com aulas interactivas", diz Vasco Teixeira, administrador da Porto Editora. A plataforma em questão é a Escola Virtual "que, actualmente, já é usada por 200 mil jovens e professores na maioria dos estabelecimentos de ensino". Para aceder aos conteúdos e versões digitais dos manuais, basta fazer um registo e assinalar o nome da escola e o ano de escolaridade. 

Aos professores será dada a possibilidade de "criar na plataforma as suas turmas, agilizando o processo de partilha de conteúdos existentes na Escola Virtual, ou mesmo conteúdos personalizados, com a possibilidade de monitorizarem todo o trabalho dos seus alunos através de tarefas”, lê-se no comunicado. Todo este processo contará com o apoio da equipa pedagógica da Escola Virtual, que está a seleccionar conteúdos curriculares pertinentes no contexto que se vive actualmente, nomeadamente sobre a replicação de um vírus e a prevenção de doenças infecciosas.

Por sua vez, a LeYa facilitou o ensino à distância com a abertura da Aula Digital a todos os afectados pela suspensão das actividades lectivas. "Todos os professores têm acesso ao Banco de Recursos de todos os anos e disciplinas disponíveis na Aula Digital", explica, lembrando que a ferramenta permite "atribuir tarefas, testes e quizes ou enviar recursos aos alunos, para que estes possam dar continuidade, rever e/ou solidificar os seus conhecimentos".

Enquanto medidas como estas são bem-vindas, é preciso lembrar que o ensino à distância não funciona para todos, pois nem todos os alunos têm acesso à internet ou aos equipamentos electrónicos necessários, como alertaram as associações de directores.

+ Flâneur e Poetria oferecem portes de livros

+ Centro Comercial Bombarda fecha as portas

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Últimas notícias

    Publicidade