A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
© Miguel Nogueira
© Miguel NogueiraAté hoje já passaram pelo hospital 27 doentes

Primeira paciente do hospital de campanha já teve alta

Por Bárbara Baltarejo
Publicidade

Foi a paciente número um a chegar ao hospital de campanha para doentes de Covid-19, construído em tempo recorde no Pavilhão Rosa Mota. Teve alta no domingo, depois de 25 dias de internamento. No total, há já nove pessoas que saíram deste hospital livres da doença.

De acordo com o site de notícias municipal, a doente número um era uma refugiada iraniana, residente no Porto, que tinha sido mãe há pouco tempo. Depois de dois testes negativos, foi então considerada curada da Covid-19 pelos médicos.

Pelas instalações do hospital de campanha já passaram 27 doentes, com idades compreendidas entre os 36 e os 92 anos, o que resulta numa idade média de 68 anos. Em relação ao tempo de internamento, o maior período já registado foi de 25 dias – as duas pessoas que registaram este período tiveram alta este domingo.

+ Porto começa a regressar à (nova) normalidade

Leia aqui a edição desta semana da Time In Portugal

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a newsletter e receba as notícias no email.

Últimas notícias

    Publicidade