A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Tártaro de novilho
©Luís FerrazTártaro de novilho

Real by Casa da Calçada: de Amarante com amor (e sabor)

Inaugurado no final do ano passado, o Real by Casa da Calçada é o recente projecto na Invicta da Casa da Calçada, em Amarante e com uma estrela Michelin. Apostam numa carta sustentada em três grandes pilares: portugalidade, sazonalidade e proximidade.

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
Publicidade

Um Moscow Mule aterra sobre a mesa. Vem numa caneca trabalhada e acobreada, escorrendo pequenas gotas de condensação pela sua superfície. Um choque entre a frescura da bebida e a temperatura amena da sala, forrada a espelhos e a cores quentes. Em vez da tradicional vodka com a qual se prepara esta bebida (apesar de tudo aparentar, pouco tem de russo, foi inventada nos anos 40 do século XX num hotel em Manhattan, em Nova Iorque), usaram Brugal Añejo, um rum envelhecido, ao qual juntaram sumo de limão e a muito característica e levemente picante cerveja de gengibre.

Dois dedos de conversa, a bebida a aquecer as gargantas, chega o couvert. Pão morno, fatias de broa, uma manteiga deliciosamente espessa feita com leite de cabra, e dois azeites de diferente acidulação — da Herdade do Mouchão e da Quinta do Noval. Segue-se uma tartelete de abacate e sapateira que vem da cozinha em jeito de amuse-bouche, uma cortesia de Hugo Rocha, o chef deste bonito Real by Casa da Calçada. Traz no currículo passagens por cozinhas de topo, como o Antiqvvm do chef Vítor Matos, com uma estrela Michelin; o Alinea, em Chicago, que tem três estrelas; o Moo em Barcelona, com uma, e, claro, a própria Casa da Calçada, em Amarante, que tem também uma estrela a brilhar no seu palmarés. 

Real by Casa da Calçada
©Luís FerrazReal by Casa da Calçada

É dela este recente projecto na Invicta. Inaugurado no final do ano passado, na Rua do Bonjardim, mesmo ali entre o Rivoli e a Conga, o Real by Casa da Calçada apresenta uma carta que aposta em três pilares fundamentais: portugalidade, sazonalidade e proximidade. E é com uns ovos rotos com cogumelos variados e uma alheira do Barroso DOP, de forte sabor a fumado e a condimentos, que se inicia esta refeição (9€). Uma salada de bacalhau e grão-de-bico (11€) e um tártaro de novilho com trufa negra, muito cítrico e forte no sabor (16€), são servidos ainda antes dos pratos principais.

Os escolhidos, de uma lista com uma oferta variada, foram um lombo de atum, preparado no ponto, com puré de cebola e cogumelos silvestres (21€) e um rabo de boi (que por ter sido cozinhado a baixa temperatura durante 12 horas podia ser comido à colher), acompanhado de abóbora e queijo de Azeitão (20€). O bacalhau à Zé do Pipo (20€), o polvo à bordalesa com arroz de forno (29€/2 pessoas), o novilho nacional com tubérculos assados e mostarda (22€) e o cachaço de porco com brás de cebola e cogumelos cantarelos (20€), algumas das outras tentadoras opções do menu, tiveram de ficar para uma próxima visita.

Lombo de atum e cocktail
©Luís FerrazLombo de atum e cocktail

Enquanto se espera pelas sobremesas, se bebe os restos dos vinhos nos copos — acompanharam a refeição um Portal da Calçada 2016 Douro e um Quinta da Calçada, ambos de produção própria — e se digere a boa comida, observa-se o espaço: o soalho em taco, as paredes num verde musgo acolhedor, cheias de espelhos com madeiras claras, a garrafeira iluminada com mais de uma centena de referências, as poltronas de veludo vermelho, a clarabóia no tecto que abre para uma refeição ao ar livre quando o tempo permite. Tudo tão bonito quanto as sobremesas que entretanto começam a chegar. 

Há rabanada com citrinos e gelado de queijo Stilton (6€), ananás caramelizado com especiarias, gelado de coco e coentros (6€), tarte de maçã com amêndoas e gelado de leite de cabra (7€) e um arroz-doce acompanhado de gelado de canela e bergamota (6€). Este fruto, raspado na hora sobre o prato, enche o ar de uma frescura cítrica e adocicada.  

Rabanada com citrinos e gelado de queijo Stilton
©Luís FerrazRabanada com citrinos e gelado de queijo Stilton

Mas a experiência do Real by Casa da Calçada não termina aqui. Além do restaurante, tem ainda um café bistrô, com uma carta recheada de doces e opções para pequeno-almoço; um cocktail bar, onde vinhos e espirituosas convivem lado a lado, e ainda um espaço reservado a eventos. É só escolher.

Rua do Bonjardim, 185 / Rua Rodrigues Sampaio, 105. 91 255 1909 / 22 014 4470. Café Bistro: Ter-Sáb 07.30-19.00. Restaurante: Ter-Sáb 12.30-15.00; 19.30-23.00. Cocktail Bar: Sex-Sáb 19.30-02.00.

+ Monteen: o novo restaurante de influência israelita de onde se sai cheio de sorte

+ Novos restaurantes para conhecer no Porto

+ Mercado do Bom Sucesso tem um brunch para devorar todos os dias

Últimas notícias

    Publicidade