Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Serralves já vai poder passear pelo país
Notícias / Vida urbana

Serralves já vai poder passear pelo país

Serralves, ateliê And-Ré, concurso, pavilhão de exposições itinerantes
©DR O ateliê And-Ré venceu o concurso para criação de um pavilhão de exposições itinerantes

A fundação mais famosa da Invicta já vai poder sair da Rua Dom João de Castro, onde está desde 1989. A razão? Dois arquitectos portuenses, Bruno André e Francisco Ré do ateliê And-Ré, venceram o concurso para criação de um pavilhão de exposições itinerantes que permitirá ao Museu de Arte Contemporânea de Serralves andar com a sua colecção, um pouco por todo o país.

O projecto vencedor, que concorreu com mais de 40 candidatos, é composto por um pavilhão de betão pré-fabricado transportável, modular e expansível, três condições essenciais para a itinerância do museu por Portugal.

Outra das características do projecto é que pode variar entre os 200 e os 600 metros quadrados, além de que possui ainda uma sala de exposição, uma recepção, uma zona de arrumos, e permite o recurso a iluminação natural caso seja necessário.

 

O projecto vencedor concorreu com mais de 40 candidatos
©DR

 

No entanto, a parte estética não foi esquecida em prol da funcionalidade, dizem os arquitectos deste ateliê que foi nomeado para o The European Union Prize for Contemporany Architecture – Mies van der Rohe Award 2015 e recebeu, por duas vezes, o Prémio Ibérico de Design Urbano, em 2011 e 2012. Afirmam também que tiveram sempre em mente a criação de um “espaço nobre para exposição, com todas as condições técnicas e físicas de um museu verdadeiro”.

Os dez projectos que obtiveram uma melhor classificação vão estar em exposição em Serralves até dia 24 de Fevereiro.

+ Conheça a programação de Serralves para 2018

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments