Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Sicario: neste novo restaurante serve-se comida tradicional mexicana
Notícias / Comida

Sicario: neste novo restaurante serve-se comida tradicional mexicana

Sicario Taqueria Mexicana
© Marco Duarte O clássico taco pastor é feito com porco cozinhado no espeto, amendoim e ananás

Se gosta de comida do mundo, vai gostar do Sicario Taqueria Mexicana, o novo restaurante de Matosinhos. Na carta, criada pelo chef mexicano Carlos Mañé, há a “verdadeira comida tradicional mexicana”. Pico de gallo, totopos e frijoles refritos, uma pasta de feijão típica do México (5,50€), são uma boa opção para começar, assim como a sopa de chile poblano (4,50€). Depois, e se estiver numa de comer com as mãos, opte pelo taco pastor, um clássico feito com porco cozinhado lentamente no espeto, especiarias e ananás (7,90€), ou pelo taco de polvo, com alho, alcaparras e azeitonas (9,90€).

Dica: se não souber como comê-los, consulte o manual Tacos Para Totós, que está em cima da mesa. Caso prefira pratos mais consensuais, atire-se ao bife de vaca com batatas assadas, feijões fritos e cebola grelhada (13,50€) ou ao pollo morita, um peito de frango com molho de amendoim fumado (12,50€). E se é um fã de picante à séria, pode pedir o molho caseiro de pimenta habanero para juntar aos pratos.

 

A decoração do espaço é feita com arte huichol, feita por um povo indígena do norte do México
© Marco Duarte

 

Tudo isto deve, claro, ser regado com cocktails. Da clássica Margarita (9€) ao Sicario, com tequila, sumo de lima, sumo de limão, maçã verde e clara de ovo (8,50€), passando pelo Paloma, com tequila, sumo de lima, toranja fresca, xarope de agave e refrigerante de toranja (9€), e pelo Mexican Tea, com tequila, rum, vodka, Triple Sec, sumo de limão e coca-cola (8,50€), há muito por onde escolher.

 

Para o ajudar a decidir, há um dado de cocktails
© Marco Duarte

 

Se ficar indeciso, lance o dado dos cocktails e deixe a sorte escolher por si. Nas paredes há arte huichol, feita por um povo indígena do norte do país, na carta, tem alguns desenhos da artista Helena Rocio Janeiro e na casa de banho dos homens está um urinol com a cara de Donald Trump. 

+ Três sítios para comer tacos no Porto

+ As melhores mercearias e supermercados do mundo no Porto

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email. 

Publicidade
Publicidade