A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Boa-Bao
© DRNovos pratos do Boa-Bao

Os melhores restaurantes de comida do mundo no Porto

Se anda cheio de vontade de viajar, mas o dinheiro não dá para tudo, alargue horizontes à mesa dos melhores restaurantes de comida do mundo no Porto.

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
,
Teresa Castro Viana
e
Margarida Ribeiro
Publicidade

Cada vez mais, a gastronomia do mundo está bem representada na cidade. Argentina, Israel, China, França, Brasil, México, EUA e Índia são alguns dos países nesta lista. Se está sempre pronto para experimentar novos pratos, provar novas bebidas e viajar sem sair do sítio, este artigo é para si. Só precisa de fazer check-in nestas mesas e mudar de ares nos melhores restaurantes de comida do mundo no Porto. Quando estiver satisfeito, vá beber um copo de vinho ou um cocktail a uma esplanada da cidade ou, se preferir, aposte num bar de cerveja artesanal

Recomendado: Oito lugares no Porto que parecem o estrangeiro

Os melhores restaurantes de comida do mundo no Porto

  • Restaurantes
  • Baixa

Aberto apenas ao jantar, tem entrada pelo número 144 da Rua do Comércio do Porto. Assim que atravessamos a porta, uma escadaria em pedra encaminha-nos para o Izakaya, uma espécie de bar japonês, onde às quintas, sextas e sábados um DJ anima o ambiente até às duas da manhã. Mesmo ao lado, aparece o Sushi Bar, onde atrás de um balcão com lugar para seis pessoas e vitrinas cheias de peixe fresco trabalham afincadamente os sushimen; e também a Wine Cellar, uma sala mais recatada onde guardam uma garrafeira com mais de 112 referências de vinho. Mas falemos da boa comida que aqui se prepara: temakis, nigiris, uramakis, hossomaki, sashimi e muitas tempuras recheiam uma carta de infinitas possibilidades. Tudo para ser acompanhado por cocktails clássicos ou outros mais arrojados, de autor. 

  • Restaurantes
  • Baixa

Neste restaurante aberto desde Novembro, no Largo do Dr. Tito Fontes, faz-se uma cozinha mediterrânica, influenciada por sabores israelitas, recorrendo aos ingredientes mais frescos da época. A carta divide-se em quatro etapas: os mazets, pequenas porções que funcionam como um couvert generoso; as entradas, boas para partilhar; os pratos principais, mais compostos; e, por fim, as sobremesas. Humus, pickles caseiros, baba ghanoush, labneh, couve flor frita com limão picante, beringela flamejada, ceviche de dourada com ameixa ou o kebab à Monteen são alguns dos pratos que vai poder provar por aqui.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Pan-asiático
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Os amantes de comida pan-asiática já têm onde provar pratos da Tailândia, Vietname, Laos, Malásia, Indonésia e Filipinas, entre outros. O Boa-Bao, que abriu em Lisboa em 2017, chegou ao Porto e trouxe uma lufada de ar fresco à comida do mundo que por aqui se servia. O caril amarelo da Malásia e o pad thai com camarão são alguns dos pratos imperdíveis.

  • Restaurantes
  • Indiano
  • Porto
  • preço 2 de 4

Com 20 anos de vida, o Mendi é o restaurante indiano mais antigo da cidade. A simpatia no atendimento e os sabores típicos dos pratos indianos, confeccionados com mestria, fazem deste um restaurante de alto gabarito.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Chinês
  • preço 1 de 4

Cada vez mais, os restaurantes chineses escasseiam na cidade. E isso até podia ser uma má notícia, se fossem todos como o Restaurante Chinês (ou o Chinês da Ponte, como é conhecido por muitos). Comece com um crepe bem recheado e depois atire-se aos clássicos como o porco agridoce, a galinha com amêndoas, o chop-suey de vaca ou o pato com laranja, sempre com arroz chau-chau a acompanhar.

  • Restaurantes
  • Brasileiro
  • Cedofeita
  • preço 2 de 4

Neste restaurante em Cedofeita, celebra-se a gastronomia brasileira de raiz. Moqueca, carne de sol e pão de queijo não faltam na carta, assim como a feijoada. Na esplanada das traseiras, há música ao vivo aos fins-de-semana.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano
  • Matosinhos
  • preço 2 de 4

É nesta pizzaria que se comem as melhores pizzas napolitanas da cidade. A massa é gorda nas bordas, fina no centro e os ingredientes de alto gabarito explicam as filas que diariamente se fazem à porta deste espaço. Na hora de escolher, peça a clássica Margherita D.O.P. ou a Padrino, com cogumelos frescos e salame picante. Antes, é obrigatório atirar-se à maravilhosa tábua de charcutaria italiana, onde nem a focaccia caseira falta. Se isto não o fizer sentir-se em Itália, não sabemos o que fará.

  • Restaurantes
  • Japonês
  • Aliados
  • preço 2 de 4

Okonomiyaki misto, ramen shoyu e domburi de atum. Se não faz ideia do que estamos a falar, então é porque ainda não foi ao RO (leia-se Ramen e Outros), o projecto oriental dos chefs João Pupo Lameiras e Francisco Bonneville. O nome não deixa margem para dúvidas, e o ramen, o famoso caldo com noodles que se popularizou no Japão, é a estrela da companhia. Há alternativas com frango e cachaço de porco, vegetais, rosbife e cogumelos, entre outros. Mas também há petiscos, como a panqueca japonesa e taças de arroz com toppings, ideais para aquecer o corpo e a alma nos dias frios.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Taiwanês
  • Cedofeita
  • preço 2 de 4

Estes pãezinhos recheados e cozidos a vapor são um clássico nas bancas de street food de Taiwan e um sucesso no Porto. Na carta há várias opções, mas o Gua Bao, com barriga de porco, pickles caseiros, coentros e amendoim, e o Crab Bao, com tempura de caranguejo de casca mole, maionese de wasabi, daikon, chalotas e coentros, são imperdíveis. Se ficar com fome, devore ainda uma taça de arroz com frango, gengibre, alho e manjericão, ou junte os amigos e partilhe o Bao’s Bo Ssäm, um prato coreano de pernil de porco curado em sal e açúcar e cozinhado a baixa temperatura.

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Porto
  • preço 2 de 4

A Casa d’Oro, de Maria Paola Purru, é uma instituição na cidade. A localização, em plena marginal e com vista para a Ponte da Arrábida, ajuda, mas a qualidade de tudo o que lá se serve é o factor preponderante. Na carta há pizzas de massa fina que pode pedir às metades, pastas, lasanhas e outros pratos italianos feitos com muita mestria e sem invenções. Por isso, já sabe, sempre que precisar de um spot seguro para levar a família (crianças incluídas) ou para um jantar entre amigos, tenha este em mente. E não se esqueça de acompanhar a refeição com o tè freddo, o chá da casa, par perfeito para todos os pratos da lista.

 

Publicidade
  • Compras
  • Campanhã

Foi com a ideia de trazer a africanidade para o Porto, que Orlanda Barbosa abriu as portas deste seu espaço multifacetado em Campanhã. Aqui pode encontrar desde as tradicionais capulanas, estatuetas em madeira, quadros feitos em batique e alguns artigos de marca própria, até bons pratos, típicos do seu país, servidos na zona de cafetaria. Gambas fritas, caril de frango com leite de coco, caril de amendoim, matapa (um prato com folha de mandioca e creme de amendoim), e uma opção vegetariana, como feijão com coco e cogumelos, são alguns dos pratos com os quais Orlanda Barbosa brinda quem a visita. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano
  • Santa Catarina
  • preço 2 de 4

Com o estalar da pandemia, em Março de 2020, o Hotel Teatro encerrou as portas para as reabrir quase ano e meio depois como PortoBay Teatro, todo remodelado e com um restaurante de matriz italiana. Neste espaço de madeiras claras, com almofadas em tons neutros e vegetação, faz-se comida de conforto. Risotos, pratos de tortellini e de raviólis e pizzas cozinhadas em forno a lenha enchem o menu preparado pelos chefs Pedro Spínola e Irene Vietti. Para começar, há focaccias, bruschettas, sopas minestrone, bife tártaro e carpaccio de polvo, além de saladas de rúcula com burrata, tomate e pesto, por exemplo. Os secondi piatti, para quem continuar com fastio, incluem o ossobuco com gremolata e polenta frita ou a bochecha de porco preto com gnocchi recheados. Pelo caminho, há oito pizzas, da tradicional Margherita à vegetariana com parmesão, beringela, curgete, pimentos e espargos. Termine com aquelas sobremesas que nunca falham, como o tiramissù, a panacota ou a tarte caprese com gelado de avelã.

  • Restaurantes
  • Mexicano
  • Baixa
  • preço 1 de 4

O Callejero nasceu depois de Andres Montes e Laura Flores levarem tacos, burritos e guacamole a várias zonas do país, a bordo de uma food truck. No Verão de 2020 instalaram-se num espaço na Baixa do Porto e é lá que, agora, vendem a comida mexicana caseira e as bebidas que com ela tão bem combinam.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Steakhouse
  • Baixa
  • preço 3 de 4

Argentina sem carne é como Portugal sem pastéis de nata: uma tristeza. Quando veio para Portugal, Mauricio Ghiglione abriu o Belos Aires e dedicou grande parte da carta ao seu país. Como? Com bons cortes de carne como o ojo de bife, o bife de chorizo e a colita de cuadril; com empanadas argentinas com recheios para todos os gostos – também as pode provar (ou comprar e levar para casa) no El Argento, na Baixa –; e, claro, com sobremesas gulosas onde o doce de leite argentino é protagonista.

  • Restaurantes
  • Hambúrgueres
  • Cedofeita
  • preço 2 de 4

Qual é a primeira coisa que lhe vem à cabeça quando pensa em comida americana? Asas de frango? Aqui há. Mac and cheese? Também. Hambúrgueres? Check. Este restaurante, que faz lembrar um clássico diner, tem uma carta recheada de pratos gulosos. Entre eles estão as asas de frango picantes, o macarrão com molho de queijo, o hambúrguer de novilho com cheddar e bacon, e o clássico e calórico brownie de chocolate.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Sírio
  • Cedofeita

É de comida do Médio Oriente que vive a carta do restaurante de Sebouh Soghomonian, sírio e residente em Portugal há 14 anos. Para começar, há umas óptimas chamuças de queijo e um trio com hummus, pasta de nozes e pimentão, e pasta de iogurte, menta e colorau para mergulhar o pão. Depois, escolha entre a batata Janett (frita e refogada em tomate, pimentão, cebola, alho e salsa), a beringela com legumes ou o tabbouleh, uma salada aromática com bulgur.

  • Restaurantes
  • Mexicano
  • Cedofeita
  • preço 2 de 4

Uma refeição regada com margaritas tem tudo para correr bem, especialmente se a comida for tão boa quanto o que está no copo. No Frida, as raízes mexicanas estão presentes em todos os pratos: dos totopos caseiros ao guacamole, passando pelo pescado tatemado e pela loteria, uma sobremesa com bombons de chocolate recheados (um deles com habanero, um dos chilis mais picantes do México). Conte com uma ementa colorida e com umas quantas margaritas para aliviarem o picante de alguns pratos.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Japonês
  • Campo Alegre
  • preço 4 de 4

Há restaurantes bonitos e depois há o Ikeda, um espaço no Campo Alegre com uma das salas mais fotogénicas da cidade. Isto porque o tecto está coberto de grous em origami, o pássaro que para a cultura nipónica é sinónimo de felicidade. Mas, aqui entre nós, felicidade é provar a barriga de salmão com molho ponzu, a bowl com fatias de picanha maturada servida sobre uma massa de trufas negras e, claro, o sushi tradicional, com apresentação cuidada. Se quiser uma experiência mais privada, reserve a Minka, uma sala que fica nas traseiras do restaurante.

Outras sugestões

  • Restaurantes

O Porto é para se viver de garfo e faca na mão. Porque não queremos que lhe dê a fraqueza enquanto percorre os quatro cantos da cidade, aqui tem uma lista feita à sua medida. Estes são os 50 melhores restaurantes no Porto, escolhidos a dedo pelos críticos e especialistas em Comer e Beber desta revista. E vai encontrar um pouco de tudo por aqui. Temos restaurantes com comida tradicional e outros com pratos de autor. Uns mais virados para a carne e outros mais orientados para a comida saudável. Em suma, um resumo do melhor que se faz na restauração portuense. Aproveite. Bom apetite. Recomendado: Os melhores bares no Porto

  • Restaurantes
  • Italiano

Já comeu bem hoje? Quem é do Porto, ou passa por cá regularmente e gosta de bons pratos, está com sorte. A lista de bons restaurantes é muito vasta, mas isso já todos nós sabemos. Entre os melhores restaurantes para se comer bem, estão os melhores restaurantes para se comer bom italiano. Se não resiste a uma refeição que inclua pelo menos um dos seguintes – pizza, pasta e queijo (muito queijo) – mamma mia, atente à informação em baixo. Estes são os melhores restaurantes italianos no Porto. 

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade