Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Os melhores restaurantes italianos no Porto

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Bonifacio Ristorante
© Eduardo Almeida

Os melhores restaurantes italianos no Porto

Se não resiste a um bom prato que envolva queijo e tomate, descubra os melhores restaurantes italianos no Porto.

Por Teresa Castro Viana
Publicidade

Já comeu bem hoje? A lista de bons restaurantes nesta cidade é muito vasta, mas isso já todos nós sabemos. Entre os melhores restaurantes, há bons italianos que não deve deixar de experimentarSe não resiste a uma refeição que inclua massa, pizza, queijo e tomate, mamma mia, então atente à informação que se segue aqui em baixo. Estes são os melhores restaurantes italianos no Porto. Conte com risotos, pizzas, lasanhas, pratos de carbonara, panna cottas e muito mais. Bom apetite.

Recomendado: Os melhores restaurantes do mundo no Porto

 

Os melhores restaurantes italianos do Porto

Antonio Mezzero
Antonio Mezzero
© Marco Duarte

Antonio Mezzero

Restaurantes Italiano Matosinhos

Até há pouco tempo conhecida como Pulcinella, esta pizzaria de Matosinhos continua com o que tinha de melhor: as pizzas napolitanas do italiano Antonio Mezzero, que agora dá o seu nome à casa. São feitas como manda a lei, em forno a lenha, com massa fina e a borda mais grossa. A maioria dos ingredientes vem directamente de Nápoles e alguns deles estão à venda no local. Experimente uma das três pizzas harmonizadas com vinho do Porto: a Passione (com alheira de caça, queijo de cabra curado e vinho do Porto reduzido), a Arte (com cogumelos boletos, mortadela e pistáchio) e a Qualità (com mozarela de búfala, burrata e ouro alimentar). Valem sobretudo a pena pelos ingredientes de alta qualidade.

Restaurante, Casa D'Oro, Cozinha Italiana
Restaurante, Casa D'Oro, Cozinha Italiana
©João Saramago

Casa D'Oro

Restaurantes Italiano Porto

Vamos todos bater uma salva de palmas à responsável por este espaço em cima do rio? Maria Paola Porru, italiana de gema, abriu um italiano dois-em-um na torre de onde em tempos se controlou a construção da Ponte da Arrábida.  Dois-em-um porque o andar de baixo é um restaurante mais formal e o andar de cima serve algumas das melhores pizzas da cidade. Se estiver indeciso, peça uma às metades, é possível. Indo por outros caminhos, pode apostar numa lasanha ou numa carbonara. É à confiança. Visto das janelas envidraçadas do restaurante, ou mesmo do terraço, o pôr-do-sol é um espectáculo digno de bilhete. Neste caso é digno de reserva, vá.

Publicidade
Bonifacio Ristorante
Bonifacio Ristorante
© Eduardo Almeida

Bonifacio Ristorante

Restaurantes Italiano Leça da Palmeira

Este é mais um projecto dos irmãos Tiago e Hélio Sequeira, donos da Taxca e Travesso, na Baixa. Com uma carta desenvolvida pelo chef Pedro Braga, onde as pastas frescas e as pizzas napolitanas em forno a lenha estão em destaque, o Bonifácio tem ainda um tiramisù imperdível, empratado na mesa, em frente ao cliente, que já é um sucesso no Instagram.

La Fontana
La Fontana
© João Saramago

La Fontana

5 /5 estrelas
Restaurantes Italiano Baixa

O restaurante de Andrea Pulcini, na Rua de Cedofeita, reabriu com uma carta mais reduzida, recheada de pratos tradicionais. Carbonara, lasanha, ravioli com recheio de requeijão, pizzas de massa fina e tiramisù de vários sabores são algumas das estrelas do menu.

Publicidade
Il Ristorantino
Il Ristorantino
© Marco Duarte

Il Ristorantino

Restaurantes Italiano Matosinhos

As pastas e os risotos brilham na carta do Il Ristorantino, um restaurante italiano no centro de Matosinhos. Gaetano Barone, o dono, já passou pelas cozinhas do Pulcini, Il Pizzaiolo e La Fontana desde que está em Portugal – e isso é um bom presságio.

Restaurante, Puro 4050, Cozinha Italiana
Restaurante, Puro 4050, Cozinha Italiana
©João Saramago

Puro 4050

Restaurantes Italiano Flores

É ao chef Luís Américo que temos de agradecer esta viagem ao Sul de Itália. Sim, porque as mozarelas que encontra no primeiro "mozzarella bar" da cidade vêm de Caserta, na Campânia. E não faltam opções: há a fresca, mais tradicional, a bocconcini, com mais textura, e até uma variedade mais fumada. Tente abstrair-se da decoração só por dois segundos (é difícil, nós sabemos) para se concentrar na carta. A ideia é ser o cliente a conjugar as mozarelas com os vegetais e/ou (se tiver estômago para a tarefa) a charcutaria italiana, como o presunto de Parma DOP. Se estiver com preguiça para esforços mentais, há pratos e combinações já feitas. São boas, recomendam-se e repetem-se facilmente. É o caso do risoto de polvo e castanhas ou do de cogumelos e ricota cremosa.

Publicidade
Sergio Crivelli - Vegetariana Sem Gluten
Sergio Crivelli - Vegetariana Sem Gluten
© João Saramago

Sergio Crivelli

Restaurantes Pizza Matosinhos

No restaurante do chef italiano, em Matosinhos, pode devorar pizzas sem culpa. Os frescos são de origem biológica e há pratos onde o glúten não entra. Entre as pizzas e as massas frescas, difícil vai ser escolher.

Restaurante, Portarossa, Cozinha Italiana, Pizza
Restaurante, Portarossa, Cozinha Italiana, Pizza
©João Saramago

Portarossa

Restaurantes Italiano Foz

Vasco Mourão é sinónimo de muitos e bons restaurantes. O Portarossa faz parte desta lista mas não é só mais um: é um dos melhores italianos da cidade. Das pizzas aos antipasti, há opções para todos os gostos. Comece a refeição com um creme de tomate fumado e depois passe para as pizzas. A nossa preferida é a rústica, feita em forno a lenha com tomate, mozarela, grelos, linguiça e ovo. Se ainda houver estômago para a sobremesa, deixe a dieta de lado e devore uma calzone de nutella com banana ou uma panna cotta clássica e escolha um dos quatro molhos disponíveis.

Publicidade
Restaurante, Muti, Pizzaria, napolitana, picaria
Restaurante, Muti, Pizzaria, napolitana, picaria
©Cátia da Costa

Muti

Restaurantes Pizza Baixa

Do forno deste restaurante na rua da Picaria, cuja temperatura ronda os 400º, saem pizzas napolitanas, com a borda grossa e o centro mais fino, cheias de ingredientes vindos directamente de Itália. Exemplos? As clássicas Margherita ou Marinara, e algumas criações próprias, como a Muti, com fior di latte, manjericão, azeite, burrata, presunto de Parma bio e pimenta rosa, e a Picaria, com mozarela de búfala, espargos, salame picante, manjericão, tapenade de azeitonas e azeite. 

Il Pizzaiolo
Il Pizzaiolo
©Marco Duarte

Il Pizzaiolo

4 /5 estrelas
Restaurantes Pizza Galerias

Facto: as pizzas napolitanas não abundam na cidade. Outro facto: há cada vez mais adeptos desta versão, o que faz com que também haja mais restaurantes especializados na estrela da gastronomia de Nápoles. Como o Il Pizzaiolo, que abriu numa das ruas mais movimentadas da Baixa, no lugar do antigo 3C. A Diavolina, com molho de tomate, mozarela e salame picante; a Il Pizzaiolo, com molho de tomate, mozarela, burrata, speck e malagueta; e a Napoli, com anchovas e alcaparras, são boas sugestões se quiser viajar para Itália sem ter que entrar num avião.

Publicidade
Il Fornaio 178
Il Fornaio 178
© João Saramago

Il Fornaio 178

Restaurantes Italiano Pinheiro Manso

Tártaro di manzo e burrata de búfala, pasta nduja e ricotta, risoto carbonara e muitas pizzas napolitanas (a especialidade da casa), como a Nduja e Burrata, com molho de tomate, mozzarella, nduja (a tal salsicha picante), cebola roxa caramelizada, rúcula e burrata, ou a Stracciatella e Quattro Pomodori, com stracciatella de búfala (sim, é um queijo), uma selecção de tomates, presunto de Parma, manjericão e azeite. 

Mais comida italiana

Veggie & Go
© DR

Serviços de entrega de produtos frescos ao domicílio no Porto

Compras Mercearias

Ir ao supermercado ou à mercearia da rua para abastecer o frigorífico e a despensa (mas sem açambarcar, nunca esquecer) é um dos poucos motivos para sair de casa nesta altura de pandemia. Mas, se pudermos ficar quietinhos entre quatro paredes, melhor ainda. E a comida não faltará, caro leitor. Há cada vez mais empresas e pequenos produtores a disponibilizarem-se para deixar à sua porta tudo o que precisa, dos legumes às frutas, passando até pelos cogumelos frescos. Nesta lista, com serviços de entrega de produtos frescos ao domicílio, encontra opções que cobrem várias zonas da cidade. Quando estiver bem abastecido, vá para a cozinha testar novas receitas.

Recomendado: Restaurantes do Porto com entregas ou take-away

The Pizza Project
Photograph: Courtesy The Pizza Project

Aprenda a fazer pizza em casa e torne-se num pizzaiolo

Restaurantes Pizza

Se há criação gastronómica consensual, em matéria de gosto, entre grande parte da população mundial, poder-se-á dizer que é a pizza. Não é fantástico como um pedaço de farinha, sal e água amassado, levado ao forno com demais ingredientes, causa tanta felicidade no palato de quem prova? Retenha isto: com a pizza não se brinca. E recorrer às opções congeladas não conhece perdão. Para não cair na tentação do caminho mais fácil e menos prazeroso, falámos com três pizzaiolos e pedimos-lhes as suas receitas para que, em casa, possa aventurar-se neste mundo delicado. Nada tema, as sugestões que se seguem foram pensadas para que facilmente as possa executar no conforto do lar. 

Recomendado: Estas são as melhores pizzas no Porto

Publicidade
Cozinhar em casa
© DR

Receitas para fazer em casa

Coisas para fazer

Estar em casa permite-lhe passar mais tempo a cozinhar, experimentando novos ingredientes e outras formas de os usar. Nesta lista de receitas para fazer em casa, disponibilizadas por chefs e bloggers, tem sugestões para todos os gostos. Mirtilos, rabanete e trigo sarraceno são alguns dos ingredientes-chave destes pratos, que pode confeccionar para e com toda a família. Há hambúrgueres para os miúdos (uma dica: pode congelar para comer mais tarde), um risoto de gorgonzola que o vai fazer esquecer que está dentro de quatro paredes, e um bolo para o lanche de domingo. Arregace as mangas e atire-se aos tachos.

Recomendado: Os melhores takeaways no Porto

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade