Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Vasco Mourão compra de volta restaurantes do grupo Cafeína a Avillez
cafeína
© DR O Cafeína reabre em Setembro com uma nova cara

Vasco Mourão compra de volta restaurantes do grupo Cafeína a Avillez

O chef José Avillez comprou os restaurantes do grupo Cafeína em 2018 a Vasco Mourão. Empresário portuense comprou-os de volta agora.

Publicidade

A notícia da compra dos restaurantes do grupo Cafeína por José Avillez foi avançada em 2018. Dois anos depois, numa fase de "forte impacto na restauração", como refere a dupla, em alusão à pandemia do novo coronavírus, os restaurantes do grupo Cafeína voltam a ser comprados pelo antigo proprietário, o empresário portuense Vasco Mourão.

Em causa estão os restaurantes Cafeína e Terra, ainda fechados, e Portarossa e Casa Vasco, já reabertos e com novidades nas cartas. "Achamos que esta será a melhor forma de vencermos as dificuldades que estamos a viver", diz Mourão à Time Out. "É fundamental concentrarmo-nos no essencial do negócio de cada um", acrescentou.

Além das obras de "melhoramento e adaptação" em todos os espaços, Vasco Mourão vai inaugurar, até ao final de Agosto, o Margherita, um restaurante italiano "mais ligeiro que o Portarossa" mas que funcionará como complemento a este.

O Terra reabrirá primeiro, já no início de Agosto, com uma "aproximação reforçada à cozinha japonesa". Para Setembro, está marcada a reabertura do mítico Cafeína. No ano em que comemora 25 anos, Mourão avançou com uma "remodelação total", mantendo a mesma identidade e personalidade.

A venda de Avillez a Mourão faz-se numa altura em que o chef teve de fechar alguns dos seus restaurantes tanto em Lisboa como no Porto, onde mantém apenas o Cantinho do Avillez.

+ Leia aqui a nova edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade