Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Cinco novas esplanadas para conhecer no Porto
Kiosk Mompilher
© DR Kiosk Mompilher

Cinco novas esplanadas para conhecer no Porto

Mais do que nunca, os espaços ao ar livre são preferenciais. Aqui tem cinco novas esplanadas para conhecer no Porto

Por Teresa Castro Viana
Publicidade

Bom tempo pede tempo passado em esplanadas, principalmente nesta fase, em que os sítios ao ar livre são preferenciais. Com a reabertura de cafés e restaurantes, inauguraram também novas esplanadas na cidade. Nas traseiras ou viradas para praças movimentadas, para comer pratos vegetarianos ou hambúrgueres suculentos, para relaxar no horário de almoço ou beber cocktails depois de um dia de trabalho, nesta lista encontra cinco novas esplanadas para conhecer no Porto. Se é fiel aos clássicos de sempre, o mais provável é encontrá-los na lista das melhores esplanadas no Porto. Como vê, opções não faltam.

Recomendado: Restaurantes que já reabriram no Porto

Kiosk Mompilher
Kiosk Mompilher
© DR

Kiosk Mompilher

Bares Cafés/bares Baixa

Classificado como imóvel de interesse municipal em 1996, o quiosque de madeira construído na primeira metade do século XX no topo da Rua da Picaria chama-se, desde o final de Maio, Kiosk Mompilher. Uma vez que não tem espaço interior, só funciona quando o tempo permite, com uma esplanada arejada onde pode e deve sentar-se a beber. Mas com moderação. Há vinho e cerveja, mas os cocktails são as bebidas com mais procura. Quem o garante é Tiago Dias, responsável pelo quiosque renovado e também pelo Fabrik, um bar na Baixa. Se tiver dúvidas na hora de escolher, prove o Caipi Porto, que funde caipirinha com vinho do Porto branco e maracujá.

Canti
Canti
© DR

Canti

Bares Cafés/bares Baixa

Se passar pela esplanada do Canti, o novo restaurante/bar que abriu na Baixa em meados de Maio, o mais provável é vê-la bem composta (tendo em conta os parâmetros actuais, claro). Instalado no lugar de uma antiga oficina de bicicletas, tem nos cocktails e sangrias – a de vodka, pêra, limão e tomilho é uma das mais originais – as especialidades da casa, perfeitas para provar nos dias de Verão que aí vêm. Mas há outras, para ir trincando. Exemplos? Piadinas, paninis, bruschettas e as tradicionais tábuas de queijos e enchidos, que nunca podem faltar num fim de tarde de copo na mão.

Publicidade
Manna Porto
Manna Porto
© DR

Manna Porto

Restaurantes Baixa

Já dizia Camões: mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. E no espaço que nasceu para a meditação e as aulas de yoga (que ainda acontecem ao fim do dia), instalou-se, no final de Maio, uma esplanada. Muito ampla, com luz natural independentemente das condições climatéricas e 20 lugares, é o sítio perfeito para devorar a tosta vegan, com húmus do dia, legumes salteados e trigo sarraceno tostado ou sentar-se ao computador a trabalhar – já é tempo de ver outra coisa que não as paredes de casa! – enquanto bebe uma kombucha caseira.

Guilty Porto
Guilty Porto
© DR

Guilty

Restaurantes Restaurantes Porto

Com pouco mais de um ano de vida, o Guilty Porto tem agora uma esplanada supimpa com 45 lugares para quem prefere devorar hambúrgueres, pizzas e sobremesas obscenas à fresca. Rodeadas de plantas, todas as mesas (devidamente separadas para cumprir as normas) têm um QR code para que os clientes possam aceder aos menus no telemóvel. Para as noites mais frescas há aquecedores, que podem muito bem ser substituídos pelos cocktails que por lá se servem – prove o Seven Green, à base de vodka e maracujá. Vai ver que o efeito é o mesmo.

Publicidade
Bartolomeu Bistrô & Wine
Bartolomeu Bistrô & Wine
© CARLOS VIEIRA

Bartolomeu Bistrô & Wine

Restaurantes Restaurantes Flores

Com a reabertura do Torel 1884 Suites and Apartments, a 1 de Junho, reabriram também as portas do Bartolomeu Bistrô & Wine. Como se isso não fosse suficiente, o regresso trouxe duas novidades: uma esplanada virada para a rua, onde pode beber um copo de vinho e petiscar ao final da tarde – a salada de cogumelos, cevada e espinafres, a cavala curada em cebolada e o tártaro de novilho são boas opções –; e um carrinho de gelados caseiros, com quatro sabores, que vão mudando consoante a disponibilidade.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade