As melhores cascatas no Minho

São lugares mágicos que despertam até nos mais sensatos a vontade de se atirarem de cabeça. Conheça as melhores cascatas no Minho para ir a banhos
Cascata do Rio Homem
© João Saramago As águas transparentes da cascata do Rio Homem
Por Mariana Morais Pinheiro |
Publicidade

O Minho é uma região cheia de predicados, por causa das suas lagoas, barragens e praias, e por causa das serras verdes que a envolvem. Desta vez, debruçamo-nos sobre outro dos seus atributos: as belíssimas quedas de água inseridas em cenários paradisíacos, óptimas para ir a banhos. Mas como não há bela sem senão, muitas delas estão escondidas e não são de fácil acesso. Por isso, a pensar em si e no calor do Verão que começa a apertar, aqui tem uma lista com as melhores cascatas no Minho e todas as indicações para lá chegar. Bons banhos. 

Recomendado: As melhores praias do Minho

As melhores cascatas no Minho

Cascata Tahiti
© DR
Atracções

Cascata do Tahiti

icon-location-pin Grande Porto

Não estamos, obviamente, na Polinésia Francesa, mas o cenário paradisíaco valeu-lhe o nome da maior ilha do arquipélago. A Cascata Fecha de Barjas, como é conhecida localmente, é um dos lugares mais procurados pelos veraneantes no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Rodeada de areia e de águas cristalinas, é fácil lá chegar se lhe explicarmos o caminho. Depois de passar a ponte sobre o rio Arado, na estrada que liga Vilar da Veiga a Ermida, estacione e desça por um trilho de terra batida que existe do lado direito da ponte. Não é difícil, mas vai exigir que o seu cerebelo – a parte do cérebro que coordena o equilíbrio – esteja na plenitude das suas funções.

CASCATA DO ARADO
©João Saramago
Atracções

Cascata do Arado

icon-location-pin Grande Porto

É uma das cascatas mais famosas do Gerês. Está situada a uma altitude de 900 metros, criando, por isso, sucessivas quedas de água ao longo do caminho. É de fácil acesso, basta seguir até Ermida e, depois, aventurar-se pela terra batida. Mas não se preocupe, há indicações pelo percurso e uma vista sobre a serra de cortar a respiração. Boa para crianças, cheia de pequenas poças de água e lagos, onde vai encontrar uma série de peixes, é também um excelente local para piqueniques. Suba até ao miradouro, pela escadaria de pedra, para poder apreciar a belíssima queda da água na sua máxima força.

Publicidade
Cascata do Rio Homem
© João Saramago
Atracções

Cascata do Rio Homem

icon-location-pin Grande Porto

Prepare-se porque não é pêra doce lá chegar, mas vai valer a pena, garantimos. Fica nas Caldas do Gerês, concelho de Terras de Bouro, junto à fronteira com Espanha. Siga pela estrada que o leva até Portela do Homem, atravesse a ponte sobre o rio e estacione o carro mais à frente, no parque. Depois, faça o caminho inverso e siga pelo trilho semi-escondido que vai encontrar do seu lado esquerdo mesmo antes da ponte. A descida não vai ser fácil, por isso tenha atenção onde põe os pés. A cascata de águas transparentes, muito convidativas a banhos, e a imensidão de pássaros coloridos que a sobrevoa, vai compensar o esforço da descida.    

Cascata da Peneda
©João Saramago
Atracções

Cascata da Peneda

icon-location-pin Grande Porto

Situada no coração do Gerês, é uma paisagem digna de uma fotografia nas redes sociais. A cascata, que pode ser admirada na freguesia de Gavieira, no concelho de Arcos de Valdevez, tem um desnível de 30 metros, o que faz com que o barulho seja ensurdecedor perto dela. A ribeira passa, inclusivamente, por baixo do Peneda Hotel, um edifício que começou a ser construído no século XVIII para acolher peregrinos e foi remodelado em 2005. Aproveite e visite ainda o Santuário de Nossa Senhora da Peneda, com uma escadaria de 300 metros e 20 capelas que retratam a vida de Cristo.

Publicidade
Cascata do Rio Laboreiro
© DR
Atracções

Cascata do Rio Laboreiro

icon-location-pin Grande Porto

A cascata do Rio Laboreiro também merece uma visita. No concelho de Melgaço, perto da fronteira com Espanha, além de bons banhos, pode ainda apreciar os vestígios megalíticos que por lá existem.

Cascata do Pincho
©Marco Duarte
Atracções

Cascata do Pincho

icon-location-pin Grande Porto

Ignore se o GPS lhe disser para seguir por um atalho de terra batida na Nacional 305, no distrito de Viana do Castelo. O mais provável é acabar atolado num lamaçal e a ter de chamar a assistência em viagem. Siga, ao invés, pela estrada principal e peça informações a quem conhece a geografia do sítio. Mais à frente há uma placa que diz Pincho e aponta para uma subida íngreme. Meta a primeira mudança do automóvel, aventure-se sem medos, e assim que o empedrado terminar faça o resto do caminho a pé. O acesso não é difícil, mas qualquer descuido pode ser fatal, já que há muitas rochas escorregadias. Quanto à cascata, é digna de ser chamada de paradisíaca, óptima para banhos.

Mais para apreciar no Minho

Praia do Quião
© João Saramago
Coisas para fazer

As melhores praias do Minho

Agora que o Verão está instalado, fizemos-lhe uma compilação das melhores praias do Minho para que possa aproveitar esta época balnear ao máximo. Damos-lhe sugestões do que ver e fazer nas redondezas, o que comer nos restaurantes e como chegar aos sítios sem dramas ou complicações. Pegue na toalha, no protector solar e nesta lista, e faça-se à estrada. Boas férias. 

FeelViana Hotel
©DR
Saúde e beleza, Spas

Os melhores sítios para relaxar no Minho

Nas águas e no verde do Minho encontra tudo o que precisa. Do Gerês a Viana do Castelo, de Melgaço a Guimarães. A água, de múltiplas origens, ajuda muito, mas não faltam as massagens, a reflexologia e o uso criativo do chocolate. Sairá daqui que nem novo.

Publicidade
Galeria Mario Sequeira
©DR
Arte, Galerias

Galerias de arte no Minho que tem de conhecer

Escondidas como os melhores tesouros, as galerias de arte no Minho têm muito para mostrar ao mundo. De quintas agrícolas a edifícios premiados, da pintura ao design, mostramos cinco espaços imperdíveis para acompanhar a arte contemporânea.

Publicidade