Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right No ateliê de... Grow Creativity

No ateliê de... Grow Creativity

É um dos estúdios criativos mais bonitos do Porto. Maria João Seabra é o rosto por detrás desta agência de comunicação que pensa em tudo ao pormenor

Grow Criativity
© João Saramago Maria João Seabra é a fundadora da Grow Criativity
Por Margarida Ribeiro |
Publicidade

Ao entrar na Grow Creativity, em Cedofeita, deparamo-nos com uma grandiosa escadaria que nos transporta para o tempo em que Portugal ainda tinha reis e rainhas. Degrau a degrau, vamos descobrindo os detalhes, desde a clarabóia até aos tectos em talha dourada.

É no topo das escadas que está Maria João Seabra, fundadora da Grow Creativity, pronta para nos receber e fazer uma visita guiada pelo escritório. Conta que este já foi casa de família, sede do Sindicato dos Enfermeiros, e um escritório da Polícia. “Isto deve ter sido um palacete de duques”, especula, e, à medida que vai avançando pelas salas, vai apontando para os tectos. “Em todos está desenhada uma figura feminina e outra masculina.”

Recomendado: No Ateliê de... Anastasia Ogorodnikova

No ateliê de... Grow Creativity

Grow Creativity
© João Saramago

No ateliê de... Grow Creativity

Maria João adora contar histórias e é isso que tenta fazer na Grow, uma agência de comunicação que considera ser um estúdio criativo. “Aqui são criados conceitos e histórias para cada uma das marcas e, para isso, precisamos de uma equipa extremamente multidisciplinar.”

Maria João é exemplo disso. Trabalha há 12 anos na área da comunicação, fez um curso de moda, outro de joalharia, mais tarde tirou Artes Plásticas e Escultura e fez ainda uma pós-graduação relacionada com o segmento de luxo. Gosta do que faz, porque “todos os dias são diferentes”.

No ano passado abriu a sua própria agência, a Grow, e conta já com uma carteira de clientes nacionais e internacionais. Para todos tenta fazer algo personalizado, ficando responsável por todas as fases da organização de um evento, da instalação até aos gift bags.

Um trabalho bem conhecido de Maria João é a iniciativa das coroas de flores do NOS Primavera Sound. A Grow trata de tudo, desde a escolha das flores até à instalação do spot. Recentemente fez o lançamento do novo sumo da Compal.

Rua de Cedofeita, 484. 22 113 4199.

No ateliê de... Grow Creativity

Grow Creativity
© João Saramago

Cartões de visita

A Grow gosta de marcar pela diferença em todos os aspectos e até os cartões de visita desta empresa são pensados ao promenor. “Os nossos cartões foram feitos numa gráfica em Londres. Escolhemos esta empresa porque eles reaproveitam o algodão, que é retirado de t-shirts recicladas, e fazem papel. É com esse material que os nossos cartões são feitos.”

Grow Creativity
© João Saramago

Batom Yves Saint Laurent

Um dos maiores clientes da Grow Creativity é a Yves Saint Laurent. Na sua secretária, Maria João tem vários batons, mas há um que se destaca. “Quando comecei a organizar o Yves Saint Laurent Beauty Club, a marca ofereceu-me batons com o meu monograma.”

Publicidade
Grow Creativity
© João Saramago

Tote bags

"As marcas fazem sempre activações, mas as agências quase nunca. A Grow Creativity é uma marca registada, por isso, temos tote bags, blocos e até lápis. Por exemplo, para reuniões levo sempre um tote bag com um vaso e uma planta e ofereço ao cliente. Dá outra imagem e é mais ecológico."

Grow Creativity
© João Saramago

Plantas

Velas e plantas são os objectos essenciais de Maria João. Espalhadas pelo escritório, há plantas de todas as espécies, cores e feitios. Entre elas há uma de matcha. “Fizemos o lançamento do chá de matcha da Lipton e, como as pessoas só conhecem o chá em pó e não conhecem a planta, decidi encomendá-la da Holanda”.

Mais ateliês para conhecer

Joana Duarte
©João Saramago
Compras

No ateliê de... Joana Duarte

Num prédio rodeado de ateliês e artistas, e a poucos metros da Avenida dos Aliados, fica o espaço de Joana Duarte: uma sala pequena, com luz natural e rodeada de plantas. A ligação da artista com a cerâmica não é de agora.

Olga Noronha
@ Marco Duarte
Compras

No ateliê de... Olga Noronha

Cinco Minutos. Foi o tempo necessário para perceber que Olga Noronha é alguém muito fora do comum. Tem um vocabulário e uma sintaxe perfeitas, mesmo depois de tantos anos a viver fora do país. Uma energia inesgotável – “sempre fui uma miúda hiperactiva”, corrobora. E uma imagem irrepreensível. 

Publicidade
Paulo Santos Rodrigues & Raquel Silva Sá
©Marco Duarte
Compras

No ateliê de... Paulo Santos Rodrigo e Raquel Silva e Sá

O senhor Fernandes trava-nos o passo. “Vão subir a pé? É que um primeiro andar neste prédio equivale a um quinto”, diz desencorajador o porteiro, enquanto nos empurra para dentro do elevador e fecha a portinhola de fole. “Vão em frente e depois viram à esquerda”, acrescenta. 

More to explore

Publicidade