Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Os melhores jogos de realidade virtual
Entretenimento, Jogos, Jogos de Computador, Half-Life: Alyx
©DR Half-Life: Alyx

Os melhores jogos de realidade virtual

‘Half-Life: Alyx’ é o primeiro jogo de realidade virtual indispensável. Mas há outros jogos do género que valem a pena

Por Luís Filipe Rodrigues
Publicidade

A realidade virtual pode ser boa, mas não é para todos. O preço ainda é um entrave, e há quem se sinta fisicamente indisposto ao fim de poucos minutos e não consiga usufruir destas experiências. Além disso, apesar de haver cada vez mais jogos de realidade virtual, por agora são poucos os títulos que valem mesmo a pena. Entre as excepções, destaca-se Half-Life: Alyx, lançado em Março deste ano. Pode não ser a continuação de Half-Life por que muitos esperavam, mas é um dos melhores videojogos do ano. E o primeiro que justifica por si só o investimento nuns óculos de realidade virtual. 

Recomendado: Dez puzzles para desafiar a quarentena

Os melhores jogos de realidade virtual

1. Half-Life: Alyx

Half-Life 2: Episode Two saiu em Outubro de 2007, e a sua continuação, Half-Life 2: Episode Three, devia ter saído em Dezembro do mesmo ano. Mas nunca viu a luz do dia. Desde então que os fãs de jogos de tiros na primeira pessoa e de ficção científica aguardam por um novo Half-Life. Em Março, depois de mais uma década de espera, chegou finalmente a tão aguardada continuação. E só é possível jogá-la com óculos de realidade virtual.

A acção decorre cinco anos antes de Half-Life 2. Ao invés do habitual protagonista da série, Gordon Freeman, o jogador encarna Alyx Vance, uma das personagens secundárias do segundo capítulo, numa luta contra as forças extraterrestres que escravizaram e controlam a Terra.

A aventura prolonga-se ao longo de mais de dez horas, e durante esse tempo há tiros, quebra-cabeças, suspense, momentos de puro terror, e todas as mecânicas de jogo foram pensadas para aproveitar ao máximo as potencialidades da realidade virtual. Pode não ser o Half-Life 3 que as pessoas queriam, nem tão revolucionário como o que ficou para trás, no entanto é uma experiência única e imersiva. Um jogo de computador essencial.

Disponível para PC.

2. Astro Bot: Rescue Mission

Este exclusivo da Sony não só é um dos melhores jogos de realidade virtual feitos até agora, é um dos melhores títulos de plataformas dos últimos anos. Combinando saltos e momentos de exploração na terceira pessoa com uma experiência de realidade virtual mais tradicional, cabe-nos salvar dezenas de pequenos robôs espalhados por vários níveis, à medida que são introduzidos novos sistemas e mecânicas de jogo.

Disponível para PlayStation VR.

Publicidade

3. Blood & Truth

Lançado em Maio de 2019 pelos estúdios londrinos da Sony, Blood & Truth parte de “London Heist”, uma das mais interessantes experiências da compilação PlayStation VR Worlds (2016), e extrapola-a para um jogo de tiros na primeira pessoa, com princípio, meio e fim. O protagonista desta história, inspirada nos policiais britânicos de Guy Ritchie, é um antigo soldado das forças especiais que tem de salvar a família de um mafioso londrino.

Disponível para PlayStation VR.

4. Fallout 4 VR

O Fallout 4 original é um excelente RPG – apesar de algumas falhas. O jogador encarna um sobrevivente de uma guerra nuclear que acorda num mundo que não conhece, após décadas em animação suspensa. Um mundo pós-apocalíptico, onde há sempre qualquer coisa para fazer e em que cada um decide como usar o tempo e que rumo dar à história, que pode ocupar centenas de horas. Esta versão é exactamente igual, só que pode ser vivida em realidade virtual.

Disponível para PC.

Publicidade

5. Moss

É um dos melhores (e menos enjoativos) jogos de realidade virtual. Ao invés de assistir a tudo pelos olhos do protagonista, um ratinho que existe num livro de contos de fadas, o jogador observa-o na perspectiva na terceira pessoa, e guia-o por mundos luminosos e coloridos, interagindo com os objectos e as plataformas. Fabuloso.

Disponível para PC e PlayStation VR.

6. Resident Evil VII: Biohazard

Um bom jogo de terror mete mais medo do que qualquer filme. E mais ainda na realidade virtual. Também disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One, além de vários sistemas de realidade virtual, Resident Evil VII: Biohazard é um regresso às raízes da série. Agora a partir de uma perspectiva na primeira pessoa, o que torna tudo mais imersivo. E assustador.

Disponível para PC e PlayStation VR.

Publicidade

7. The Elder Scrolls V: Skyrim

À semelhança de Fallout 4, feito pela mesma empresa e com muitas semelhanças, The Elder Scrolls V: Skyrim também pode ser experienciado na realidade virtual ou fora dela. O jogador é transportado para um cenário de fantasia medieval, no meio de uma guerra civil que coincide com o reaparecimento de dragões um pouco por toda a parte. E estas são apenas duas das histórias que se desenrolam ao longo de centenas de horas, numa aventura infinita.

Disponível para PC e PlayStation VR.

8. Tetris Effect

Não é só mais uma variação do velhinho Tetris. É uma experiência hipnótica e quase psicadélica, que parte das mecânicas e regras traçadas pelo russo Alexey Pajitnov nos anos 80 e as aprimora, aliando-as à estética e sensibilidade do mestre japonês Tetsuya Mizuguchi (Rez, Lumine) e induzindo um estado de transe.

Disponível para PC e PlayStation VR.

Publicidade

9. Wipeout Omega Collection

Não é preciso usar uns óculos de realidade virtual para desfrutar de Wipeout Omega Collection, que recria Wipeout HD e Wipeout 2048 na PlayStation 4, mas assim as suas corridas futuristas tornam-se ainda mais intensas. E nenhum outro jogo captura a mesma sensação de velocidade e vertigem.

Disponível para PlayStation VR.

#TimeIn

The Witcher
©Netflix

As melhores séries para ver na Netflix

Filmes

Começou timidamente em Portugal, com uma mão cheia de bons conteúdos e algumas apostas menos conseguidas. Com o passar dos anos, ganhou terreno, fez muitos de nós trocar as noitadas na rua pelas noites no sofá e na cama, e é difícil imaginar a vida sem saber que a temos ali. Filmes, séries, documentários, docusséries, há muito material para ver e fazer verdadeiras maratonas visuais sem sair de casa (e mesmo se o quiser fazer, é só levá-la no telefone). Junte-se à febre do streaming e conheça as melhores séries para ver na Netflix. Recomendado: As 25 melhores séries de comédia

Vingadores Guerra do Infinito
©Marvel Studios

Os piores e os melhores filmes da Marvel

Cinemas

Por muito que a gente adore o Homem-Aranha de Sam Raimi (e até ache alguma piada a O Incrível Hulk de Ang Lee), o universo cinematográfico da Marvel só começou a ganhar forma em 2008, com o Homem de Ferro de Jon Favreau. E passados mais de dez anos encontra-se em grande, com filmes como Black Panther, de Ryan Coogler, a ganharem Óscares. Mas não foi fácil chegar até aqui. Sabendo que nos estamos a pôr a jeito das caixas de comentários, elencámos os 23 capítulos desta narrativa épica estreados até à data. Eis os piores e os melhores filmes da Marvel. Recomendado: As melhores séries para ver na Netflix

Publicidade
livros
©Unsplash: Florencia Viadana

O que ler durante a quarentena?

Coisas para fazer

A frase está um bocado batida, mas cá vai: quando se tem um bom livro por perto nunca se está verdadeiramente só. Um livro, desde que bem escrito e com um bom enredo, daqueles que nos prende em poucas páginas, pode ser, por vezes, melhor companhia do que muita gente. Para que o seu isolamento forçado, a sua quarentena auto-imposta, o seu recolhimento espiritual obrigatório não se torne uma pena difícil de cumprir, há ainda quem dê o corpo à bala para que possa continuar a sonhar: livrarias que lhe entregam os livros em casa ou lhe enviam as novidades mais frescas do mundo livreiro pelo correio, por isso, aproveite a sua boa vontade. No Porto, a Flâneur, que também distribui livros em Vila Nova de Gaia e Matosinhos, leva-lhe livros de arte, História, ficção, contos, viagens, em português, espanhol, francês ou inglês, até à soleira da sua porta, gratuitamente e sem contacto. Se estiver interessado e pelas redondezas, pode fazer a sua encomenda através de flaneur.pt. A Poetria, especializada em poesia e teatro, também fechou as portas mas continua a enviar, para estas três cidades, os seus livros pelo correio. Uma vez por semana, para minimizar as saídas à rua, levam as encomendas aos CTT para serem expedidas gratuitamente. Mas há mais: há descontos de 10% em livros até 18 meses e outros, de 20% e 30%, em publicações de idade superior. Dê um salto a livrariapoetria.com e escolha o que vai querer ler. Umas ruas ao lado, o Café Candelabro não só despacha livros, como também lhe e

A Capoeira - Bacalhau à Brás
© João Saramago

65 restaurantes do Porto com entregas ou take-away

Restaurantes

Depois do fecho das portas dos teatros e museus municipais e do cancelamento de eventos que estavam marcados para os próximos tempos no Porto, os restaurantes começaram também a encerrar temporariamente ao público, de forma a combater a propagação do surto de Covid-19. Mas isso não significa que não possa devorar os pratos dos seus restaurantes favoritos em casa. Nesta lista encontra espaços que fecharam temporariamente mas funcionam com take-away ou entregas ao domicílio, para que possa continuar a conhecer o que de melhor se faz na cidade no conforto da sua casa. Recomendado: Os melhores take-aways no Porto  

Publicidade
Receba os produtos mais frescos sem sair de casa
© DR

12 serviços de entrega de produtos frescos ao domicílio

Compras Mercearias

Ir ao supermercado ou à mercearia da rua para abastecer o frigorífico e a despensa (mas sem açambarcar, nunca esquecer) é um dos poucos motivos que nos permitem sair de casa nesta altura de pandemia. Mas, se pudermos ficar quietinhos entre quatro paredes, melhor ainda. E a comida não faltará, caro leitor. Há cada vez mais empresas e pequenos produtores a disponibilizarem-se para deixar à sua porta tudo o que precisa, dos legumes às frutas, passando até pelos cogumelos frescos. Nesta lista, com serviços de entrega de produtos frescos ao domicílio, encontra opções que cobrem várias zonas da cidade. Quando estiver bem abastecido, vá para a cozinha testar novas receitas. Recomendado: 40 restaurantes do Porto com entregas ou take-away

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade