Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Os melhores concertos no Porto em Setembro
Musica, Indie, Rock, Mão Morta
© Paulo Cunha Martins Os Mão Morta actuam na Casa da Música a 26 de Setembro

Os melhores concertos no Porto em Setembro

Este mês ainda há vários concertos para ver. Não perca os Mão Morta, Tiago Bettencourt, O Gringo Sou EU, NU e o colectivo Gestos Invisíveis.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

Quando a pandemia chegou a Portugal e as salas e os espaços culturais fecharam, os músicos começaram a actuar em directo das suas casas para todo o mundo. Fizeram-nos companhia através de transmissões online, trazendo um pouco de alegria a dias menos bons. Agora que o país começa a regressar a uma (nova) normalidade, já há concertos para ver ao vivo, embora com os devidos distanciamentos, medidas de higiene e o dress code obrigatório: a máscara. Há muito para ver e ouvir durante este mês, ao vivo e com todas as cores.

Recomendado: Um disco de música portuguesa por dia

Próximos concertos:

Publicidade
NU
NU
© Bruno Mesquita

NU

Música

Os NU emergem da colisão entre o rock e o denso universo industrial. Um som de pulsação dura e maquinal que, aliado à literatura e à poesia, funciona como propulsor para a atitude performativa e criadora de imagem. A banda de Santo Tirso apresenta aqui o álbum de estreia, Diferentes Formas da Mesma Areia Morta. Guiada por passagens do escritor Thomas Pynchon, a voz que ecoa nas três faixas do álbum expressa a perda de humanidade, a alienação tecnológica, o medo, a solidão, a psicose e a competição feroz e generalizada que impulsionam o clima de decadência que paira sobre a civilização ocidental. 

Teatro Municipal do Porto – Rivoli. Sexta 25, 23.00. Bilhetes: 7€

Publicidade
Mão Morta
Mão Morta
© Patrícia Martins

Mão Morta

Música

Poucas bandas experimentaram e sobreviveram a tantos desafios como os Mão Morta, que se redescobrem e redefinem consecutivamente, sem cedências nem concessões. No Fim Era o Frio, o desafio mais recente, é um conto transformado em espectáculo de dança, registado em estúdio em 2019 e agora apresentado ao vivo na Casa da Música. O seu repertório preenche parte deste concerto, juntamente com clássicos da banda bracarense.

Casa da Música. Sábado 26, 22.00. 7,50€

Concertos já realizados:

Publicidade
Legendary Tigerman
Legendary Tigerman
© DR

The Legendary Tigerman

Música

Paulo Furtado continua a querer descobrir-se através da música e a cada novo álbum vai-se impondo novas e desafiantes experiências. Foi o que aconteceu no último, Misfit, fruto de uma road trip pelo deserto norte-americano, em que The Legendary Tigerman se dispôs a perder-se, a desaparecer e a reencontrar-se, electrificado pelo rock’n’roll.

Casa da Música. Sábado 5, 22.00. 7,50€.

Orquestra XXI
Orquestra XXI
© Márcia Lessa

Orquestra XXI

Música

Num Verão atípico para a música nacional e para os espaços que a acolhem, a Orquestra XXI, a Lovers & Lollypops e o Círculo Católico de Operários do Porto juntam-se para potenciar novos encontros. Tradicionalmente ligada aos grandes auditórios, a Orquestra XXI abre-se, em Setembro, a novas formas de apresentação, com um concerto ao ar livre, em formação adaptada às circunstâncias actuais. O programa é composto por obras de compositores contemporâneos de referência, com destaque para a estreia nacional de Radio Rewrite, de Steve Reich, peça com inspiração declarada na cultura pop/rock, em que o compositor reelabora fragmentos de dois temas dos Radiohead.

Círculo Católico de Operários do Porto. Sábado 6, 18.00. 10€

(gratuito para os membros do Clube Lovers & Lollypops)
Publicidade
Música, Mayra Andrade
Música, Mayra Andrade
© DR

Mayra Andrade

Música

A cantora e compositora cabo-verdiana regressa ao Coliseu no dia 11 de Setembro para apresentar Manga, um álbum sensual e suculento que mistura afrobeat, música urbana e ritmos tradicionais de Cabo Verde, cantando em português e crioulo.

Os bilhetes previamente adquiridos permanecem válidos para esta nova data, mas carecem de reconfirmação para a nova configuração da sala. Os portadores de bilhete devem entrar em contacto ou dirigir-se aos postos de venda onde adquiriram os seus ingressos, para que lhes seja atribuído o seu novo lugar.

Coliseu. Sexta 11, 21.30. 25-30€

Carlão
Carlão
© DR

Carlão

Música

Carlão actua num concerto em formato drive-in, integrado no evento Música e Comédia Drive-In, no ArrábidaShopping. O acesso é gratuito, mediante o levantamento de bilhetes no balcão de informações do centro, localizado no piso 0. Cada pessoa pode levantar um bilhete por sessão, que corresponde à entrada de um carro, e deverá indicar quantos ocupantes terá a viatura.

Parque do ArrábidaShopping. Sexta 11, 21.30. Grátis.

Publicidade
Best Youth
Best Youth
© João Sousa

Best Youth

Música

Catarina Salinas e Ed Rocha Gonçalves têm um novo single, “Never Belong”, que marca o regresso da banda portuense aos inéditos, depois do álbum Cherry Domino. Motivados pela necessidade de quebrar o hiato no contacto com o público e de dar a conhecer novas canções, os Best Youth apresentam-se, ao vivo, com um conceito de espectáculo inteiramente novo para mostrar sonoridades que se adivinham mais sofisticadas, dando seguimento à synth-pop do disco anterior.

Casa da Música. Sábado 12, 22.00. 7,50€

David Bruno
David Bruno
© Renato Cruz Santos

David Bruno

Música

Conhecemos David Bruno sobretudo como produtor (do Conjunto Corona a PZ), mas nos seus discos a solo revelou ser um mirabolante contador de histórias das zonas esquecidas de Portugal. Depois de se debruçar sobre Vila Nova de Gaia, criou um álbum visual – para ver no YouTube e ouvir ao vivo no Hard Club no sábado 12 – sobre a zona raiana da Beira Alta e Trás-os-Montes, mas dedicado a todas as aldeias do Portugal interior. Em Raiashopping, foi à terra dos avós para prestar homenagem ao Portugal dos cafés com cheirinho, dos enchidos, das festas de espuma, dos emigrantes, das tainadas e dos campeões que bebem minis no café em tronco nu nos dias de calor.

Hard Club. Sáb 12, 21.00. 12-15€

Publicidade
Luís Severo
Luís Severo
© Neuza Rodrigues

Luís Severo

Música

Luís Severo apresenta-se em formato banda numa sessão dupla (19.00 e 21.00) no Passos Manuel, no dia 12 de Setembro. Com Diogo Rodrigues, Bernardo Álvares e Catarina Branco, vai dar às suas músicas uma textura mais próxima das que produz em estúdio.

Passos Manuel. Sáb 12, 19.00 e 21.00. 12€

Gisela João
Gisela João
Gisela João fotografada por Estelle Valente

Gisela João

Música

A fadista barcelense actua num concerto em formato drive-in, integrado no evento Música e Comédia Drive-In, no ArrábidaShopping. O acesso é gratuito, mediante o levantamento de bilhetes no balcão de informações do centro, localizado no piso 0. Cada pessoa pode levantar um bilhete por sessão, que corresponde à entrada de um carro, e deverá indicar quantos ocupantes terá a viatura.

Parque do ArrábidaShopping. Domingo 13, 21.30. Grátis.

Publicidade
Sopa de Pedra
Sopa de Pedra
© DR

Sopa de Pedra

Música

As Sopa de Pedra unem-se em torno do cancioneiro português de raiz tradicional, dos cânticos mirandeses de Trás-os-Montes ao cante alentejano, de Amélia Muge a José Afonso. Celebram colheitas, amenizam as dores da vida e enfeitiçam a folia, celebrando o mundo, os amores e as amoras. Mas carregam na voz as ânsias e os desejos de mulheres do século XXI, perpetuando o poder da polifonia feminina. Cantando, a espalharão por toda a parte.

O colectivo vocal feminino apresenta-se num concerto integrado no programa "Cultura em Expansão". O espectáculo é de entrada livre e com lotação limitada, sendo obrigatório o levantamento de bilhete gratuito (máximo 2 por pessoa) no local, a partir de 2 horas antes do seu início.

Parque de São Roque, Domingo 13, 17.00 Grátis.

Sunflowers
Sunflowers
© DR

Concertos de Bolso na Feira do Livro

Música

O Maus Hábitos vai programar 24 "Concertos de Bolso" no espaço exterior da Casa do Roseiral. Do fado ao rock, do hip-hop à pop, da electrónica às sonoridades mais experimentais, estes concertos prometem ser um retrato fidedigno do actual panorama musical da cidade. A entrada é gratuita, mediante levantamento do bilhete no acesso ao Terreiro do Roseiral, uma hora e meia antes do início do espectáculo. A entrega de bilhetes é limitada a dois por pessoa, até à lotação do espaço (120 lugares).

Em Setembro, actuam os Conferência Inferno (2 de Setembro, 19.00), Baleia Baleia Baleia (2 de Setembro, 19.45), Dullmea (3 de Setembro, 19.00), João Pais Filipe (3 de Setembro, 19.45), Spitz (4 de Setembro, 19.00), Keso (4 de Setembro, 19.45), Angélica Salvi (5 de Setembro, 19.00), Osso Vaidoso (5 de Setembro, 19.45), Meera (6 de Setembro, 19.00), White Haus (6 de Setembro, 19.45), Fugly (9 de Setembro, 19.00), Sunflowers (9 de Setembro, 19.45), Nooito (10 de Setembro, 19.00), Gustavo Costa (10 de Setembro, 19.45), Jorge Coelho (11 de Setembro, 19.00), Peixe (11 de Setembro, 19.45), Coelho Radioactivo (12 de Setembro, 19.00) e Retimbrar (12 de Setembro, 19.45).

Publicidade
Coreto Porta-Jazz
Coreto Porta-Jazz
© DR

Porta-Jazz ao Relento

Música

A vertente sonora é uma das âncoras desta edição da Feira do Livro do Porto, que ocupa os jardins do Palácio de Cristal até 13 de Setembro. Há dezenas de concertos gratuitos e ao ar livre, com um cartaz bem preenchido com músicos portuenses.

Com um total de seis concertos, o ciclo "Porta-Jazz ao Relento" acontece todas as sextas-feiras e sábados, sempre a partir das 21.30 horas, no relvado junto ao Lago dos Cavalinhos. O programa baseia-se nas últimas edições do braço editorial da associação portuense Porta-Jazz, com concertos do trio MAU do contrabaixista Miguel Ângelo (28 de Agosto), João Grilo (29 de Agosto), A Incerteza de um Trio Certo (4 de Setembro), Coreto Porta-Jazz (5 de Setembro), Hugo Raro (11 de Setembro) e Nuno Campos (12 de Setembro). A entrada é livre, por ordem de chegada, com lotação limitada a 120 lugares.

Krake
Krake
© DR

Krake

Música

Sob o alter-ego de Krake, Pedro Oliveira recolhe inspiração na mitologia nórdica para se aventurar a solo num projecto que, partindo da percussão, explora uma linguagem mais experimental e electrónica. Desde 1995 dedicado à bateria, Pedro Oliveira integrou os já extintos Kafka, Submarine e Green Machine. Tem como bandas activas os peixe:avião, Dear Telephone e OZO e integra frequentemente os projectos Old Jerusalem e Osso Vaidoso, nas suas apresentações ao vivo.

Maus Hábitos. Quinta 17, 20.30. 20€ (com jantar)

Publicidade
Don Pie Pie
Don Pie Pie
© Pedro Mkk

Don Pie Pie

Música

Os Don Pie Pie são um trio em intrincada articulação. Os sintetizadores lançam-se em delírios galácticos, a guitarra ora se deleita nas melodias, ora arrasta tudo pelo chão, e a bateria cola e descola estas peças todas. Fazem música para complicar, desconstruir e desalinhar, mas também com vontade de partir tudo. Fluindo pela mente e fruindo no corpo, os Don Pie Pie sorvem a efervescência e a liberdade do rock quando se deixam contaminar pelo jazz, o afrobeat e instintos prog. Vão apresentar na íntegra a k7 The Life Of Pie, editada pela Monster Jinx.

Passos Manuel. Sábado 19, 18.30. Bilhetes: 5€ (concerto) / 10€ (concerto + k7)

Angélica Salvi
Angélica Salvi
© Dinis Santos

Angélica Salvi e La Skimal

Música

O novo projecto de criação e composição audiovisual de Angélica Salvi e La Skimal junta harpa e vídeo eletroacústicos para contar histórias enquanto projecta paisagens oníricas e um ambiente improvável de sensações abstractas. As imagens projectadas interagem com luz, sombras e som em tempo real. La Skimal usa os quatro elementos (fogo, água, terra, ar) como inspiração para criar novas dimensões dentro das projecções, enquanto Angélica Salvi muda o som da harpa com dispositivos electrónicos que manipulam sua dimensão física (dinâmica, timbre, duração ou volume). 

Teatro Municipal Vila do Conde. Sábado 19, 22.45. Bilhetes: 5€

Publicidade
Orquestra de Jazz de Matosinhos
Orquestra de Jazz de Matosinhos
© Pedro Lobo

Orquestra Jazz de Matosinhos e Kurt Rosenwinkel

Música Jazz

A Orquestra Jazz de Matosinhos celebra o segundo aniversário da sua nova casa na Real Vinícola com um concerto com Kurt Rosenwinkel para assinalar, também, dez anos da edição do álbum em conjunto, Our Secret World.

A entrada para o concerto na Real Vinícola é de acesso livre, mediante a lotação do espaço e de acordo com as regras da DGS. Os interessados podem levantar a pulseira no dia 18, a partir das 14.00, na Câmara de Matosinhos, no Posto de Turismo de Matosinhos e na Casa da Arquitectura. No dia do concerto, a entrada tem de ser feita até meia hora antes do início do concerto.

Dada a limitação do espaço, a OJM vai transmitir o concerto em directo no YouTube no domingo, a partir das 19.00.  

Real Vinícola. Domingo 20, 18.30. Gratuito.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade