Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Apetece-lhe uma bolacha de feijão com patê de ervilhas? Há um concurso sobre inovação alimentar
Notícias / Comida

Apetece-lhe uma bolacha de feijão com patê de ervilhas? Há um concurso sobre inovação alimentar

As Cookeas são bolachas de feijão, com aroma a citrinos.
© As Cookeas são bolachas de feijão com aroma a citrinos

Dez equipas vão apresentar esta sexta-feira 25, na Alfândega do Porto, as suas propostas de inovação alimentar na final do prémio Ecotrophelia Portugal 2018. E de que é que se trata isto? Envolvendo o meio académico e profissionais do sector, o objectivo deste concurso é estimular a inovação e o empreendedorismo na área agro-alimentar. 

A Legutê, por exemplo, uma equipa da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, desenvolveu patês de leguminosas. A ervilha, o feijão e o tremoço, ingredientes muito presentes na dieta tradicional mediterrânica, deram origem a patês 100% vegetais.

Também na onda das leguminosas estão as Cookeas, uma alternativa às bolachas tradicionais. O produto resulta de uma cooperação entre a Escola Superior Agrária e a Escola Superior de Educação, ambas do Politécnico de Coimbra. Feitas de feijão, mas com aroma a citrinos, estas bolachas estão isentas de glúten e de lactose.

A Nuvem de Kefir, em forma de gelado ou mousse, é a proposta da Escola Superior de Biotecnologia. Os pontos fortes deste produto são a sua textura cremosa (daí o nome) e o toque leve a fruta.

A concurso vão ainda tarteletes de bolota com geleia de amores-perfeitos; uma mousse de cenoura e alfarroba sem glúten, lactose ou açúcar; tostas feitas à base de vegetais, com farinha de linhaça; e uma espécie de pickles feitos a partir do cardo.

Esta é a segunda edição do concurso em Portugal. A avaliação dos produtos contempla a inovação, mas não só. A sustentabilidade quanto à produção, as embalagens, o marketing, e o plano de negócio e de vendas são factores que também serão tidos em conta.

Há prémios para os três melhores classificados no valor de dois mil euros, mil euros e 500€, respectivamente, sendo que só o primeiro é que representará o país na competição europeia.

+ FixeBowl: aqui as poké são as estrelas da carta

+ Estudantes do Porto criam aparelho que ajuda pilotos e salva passageiros

Publicidade
Publicidade