Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Preste atenção às novas bandeiras das praias do Porto
Notícias / Eventos e festivais

Preste atenção às novas bandeiras das praias do Porto

Bandeira vermelha e amarela
© Filipa Brito/ CM Porto A localização das bandeiras é controlada pelos nadadores-salvadores

A zona recomendável para os banhistas entrarem na água é agora assinalada nas praias do Porto através de bandeiras, sempre colocadas aos pares, com duas riscas horizontais, uma vermelha e outra amarela. Estas indicam que o espaço delimitado é seguro para tomar banho e nadar.

O símbolo é importante para os que não sabem identificar agueiros - correntes marítimas que se formam perpendicularmente à linha de areia e que são demasiado fortes para se lutar contra elas - de acordo com a Autoridade Marítima Nacional. A sinalética, que entrou este ano na legislação portuguesa, mas representa apenas uma recomendação e não uma interdição, permite às pessoas saber os sítios mais seguros onde ir a banhos.

A localização das bandeiras, controlada pelos nadadores-salvadores, vai sendo alterada ao longo do dia e de um dia para outro, e varia de acordo com a morfologia da praia, as condições do momento, a corrente, as marés e a existência ou não de agueiros.

Esta nova sinalética quer dar ainda mais segurança aos banhistas das praias do Porto e arredores, nas quais já é possível encontrar Bandeira Azul e “Qualidade de ouro” em oito. Entre estas estão a praia da Foz, a praia de Gondarém e a praia do Homem do Leme, no Porto, e a da Agudela, do Aterro, do Fuzelhas e de Leça da Palmeira, em Matosinhos.

Para esta época balnear, a Câmara do Porto preparou ainda uma campanha de sensibilização, chamada “Lufada de Mar Fresco”, que quer alertar para a importância das florestas marinhas e do seu papel na qualidade do ar.

+ As melhores praias no Porto e arredores

+ As melhores praias fluviais no Porto e arredores

+ Os melhores bares de praia no Porto

Publicidade
Publicidade