A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rio Leça
© DRRio Leça

Vem aí uma caminhada guiada pelas margens escondidas do rio Leça

Do Mosteiro de Leça do Balio ao Porto de Leixões, a caminhada segue o curso do rio até à foz, por entre paisagens rurais e industriais.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Para a tarde deste domingo, dia 26 de Setembro, a Architectours propõe uma caminhada guiada por entre as "margens escondidas" do rio Leça. Ao longo de dez quilómetros, este percurso linear vai seguir o curso do rio até à foz, por entre paisagens rurais e industriais.

"Anteveremos o novo corredor verde, passaremos na Linha de Leixões e até faremos um pequeno trilho cruzando as margens, pontes medievais e velhas azenhas, finalizando com uma estupenda vista sobre o Porto de Leixões. Mas não deixa de ser um passeio orientado. Procuraremos discutir todas as transformações destes interiores distanciados do Atlântico e do Douro, porém umbilicalmente ligados a ele", lê-se na descrição deste passeio.

Com início às 15.00, a caminhada deverá terminar por volta das 19.00. O ponto de encontro será próximo do Mosteiro de Leça do Balio e terminará acima do Porto de Leixões. Para quem precisar, a organização poderá oferecer transporte de volta ao ponto de partida ou para a estação de metro (Senhor de Matosinhos ou Mercado). As inscrições custam 10€ e o pagamento será feito no início do passeio. Para se inscrever, basta enviar uma mensagem via Whatsapp (+315910430259), pelo Facebook ou através do email architectoursporto@gmail.com.

Para o dia 9 de Outubro, a Architectours já agendou outra caminhada, Areosa e a Cidade Invisível, que vai cruzar um território que se espraia por entre as Antas e a Areosa – "um percurso menos óbvio, mas em nada menos rico". 

+ Rio Leça vai ter vigilância ainda este ano

+ Parque do Leça está a nascer em Ermesinde

+ Dia do Porto de Leixões vai ter visitas guiadas ao Titan e ao Terminal de Cruzeiros

Leia aqui a edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Últimas notícias

    Publicidade