A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
cooking book
Unsplash/S O C I A L . C U T

Sete livros de cozinha para se tornar o mestre da culinária

Juntámos sete livros de cozinha editados este ano para aumentar a sua sabedoria gastronómica ou dar asas à criatividade.

Escrito por
Inês Garcia
Publicidade

Ler, cozinhar, comer. A santíssima trindade por estes dias. Mas o que anda a comer é mesmo bom? E se em vez de se dedicar ao pão, começasse a produzir os seus próprios leites veganos ou a fazer umas quantas receitas dos Açores? Juntámos aqui sete livros de cozinha da fornada 2020 que pode comprar online. Têm histórias para aumentar a sua sabedoria gastronómica, dicas para mudar de regime alimentar ou simplesmente ideias para dar asas à criatividade, que por estes dias é capaz de já ser escassa. Bons cozinhados.

Recomendado: Restaurantes do Porto com entregas e take-away

De Maria de Lourdes Modesto

Mestre e figura incontornável da gastronomia portuguesa, Maria de Lourdes Modesto reflecte sobre as heranças da cozinha tradicional, relembrando sabores da sua infância e partilhando um conjunto de receitas com história.

Oficina do Livro. 196 pp. 21,90€

De Casal Mistério

A dupla enigmática que assina como Casal Mistério está de regresso com um novo livro. São 101 Receitas Que Tem de Provar Pelo Menos Uma Vez na Vida, e junta ideias para brunches, almoços, jantares e sobremesas – incluindo ainda um caderno de notas para aqueles que se aventurarem de avental posto.

Planeta. 256 pp. 19,90€ 

Publicidade

De Filipa Gomes

Parece aqueles livros de notas antigos onde as nossas avós guardavam todos os segredos da sua cozinha. Filipa Gomes criou um Diário de Receitas, cheio de páginas em branco à espera de serem preenchidas. É para ser personalizado logo desde a capa. Além disso, traz algumas notas muito úteis (medidas e conversões, utensílios obrigatórios na cozinha e receitas básicas). 

Casa das Letras. 170 pp. 15,90€

De Nuno Alves Caetano

Nuno Alves Caetano é neto da autora de O Livro de Pantagruel, considerado por muitos como a bíblia da cozinha portuguesa, editado em 1946 e actualmente na 80.ª edição. Aqui, reúne 170 receitas escolhidas por Bertha Rosa-Limpo (1894-1981) para entrarem posteriormente numa nova remodelação do livro, que acabou por não acontecer. Quando preparava o que poderia ser uma nova edição, o neto decidiu antes editar este livro de doçaria. 

Casa das Letras. 224 pp. 18,90€

Publicidade

De Rita Nascimento

Rita Nascimento, gulosa assumida, é especialista em doces. Fez um curso superior de pastelaria em Espanha, onde acabou por trabalhar em vários restaurantes e pastelarias. Viveu ainda nos Estados Unidos, Itália e Reino Unido e foi coleccionando experiências gastronómicas. Voltou a Portugal em 2007 e em 2014 criou o canal de YouTube La Dolce Rita, onde apresenta receitas bem docinhas. Hoje, além de dar cursos de pastelaria, tem vários livros editados. À Dentada é o mais recente e reúne 75 receitas de bolachas. 

Arte Plural Edições. 184 pp. 16,60€

De Maria João de Almeida

Há livros que são muito mais do que isso. É o caso deste, que é também um belo objecto de decoração. Através de uma selecção de brancos, tintos e espumantes, e até de alguns rosés, a jornalista e crítica de vinho Maria João de Almeida dá a conhecer as histórias de produtores nacionais, explicando os diferentes métodos de produção. Foram horas de provas e conversas para chegar aos 100 grandes vinhos de Portugal.

Zest – Books for Life. 216 pp. 70€

Publicidade

De Luísa Avellar

Há já uns anos que Luísa Avellar se tornou profissional a reunir à mesa uma série de comensais. É Luísa quem vai às compras e prepara tudo, muitas vezes contando com a ajudar dos seus convidados. À mesa, as conversas andam, claro, à volta da cozinha, enquanto se conforta o estômago com comida feita por Luísa. O livro não é sobre isso, mas também pode ser, uma compilação de receitas e histórias de mulheres que viveram outros tempos – tudo adaptado aos dias de hoje. 

Casa das Letras. 248 pp. 23,90€

De Joana Barrios

Ou sim ou sopas? Para Joana Barrios sim e sopas. A mulher dos mil afazeres editou o seu terceiro livro de receitas, este dedicado inteiramente às sopas. O objectivo é mostrar-nos não só que a sopa é fixe, mas também o mundo que há para lá da sopa de legumes – da boa açorda ao ensopado de borrego. O livro termina ainda com o capítulo “Vai bem com Sopa”. Está lá o pão – sem receita, mas com a recomendação do Isco, a padaria-restaurante de Natalie Castro em Alvalade –, está lá o croquete, e o pastel de bacalhau.

IN. 144 pp. 16,99€

Publicidade
Cozinha com o que tens, cria com o que és
DR

9. Cozinha com o que tens, cria com o que és

De Helena Loução

Para Helena Loução a cozinha tem de ser criativa e sem ingredientes de origem animal. Este livro, escrito e ilustrado à mão pela própria, reúne uma série de sugestões e ideias para pôr as mãos na massa utilizando alimentos locais e sazonais. Seguindo esta base de sustentabilidade, o livro é impresso em papel reciclado.

 

Edição de autora. 28.00€.

Mais para ler

  • Coisas para fazer

A frase está um bocado batida, mas cá vai: quando se tem um bom livro por perto nunca se está verdadeiramente só. Um livro, desde que bem escrito e com um bom enredo, daqueles que nos prende em poucas páginas, pode ser, por vezes, melhor companhia do que muita gente. Para que o seu isolamento forçado, a sua quarentena auto-imposta, o seu recolhimento espiritual obrigatório não se torne uma pena difícil de cumprir, há ainda quem dê o corpo à bala para que possa continuar a sonhar: livrarias que lhe entregam os livros em casa ou lhe enviam as novidades mais frescas do mundo livreiro pelo correio, por isso, aproveite a sua boa vontade. No Porto, a Flâneur, que também distribui livros em Vila Nova de Gaia e Matosinhos, leva-lhe livros de arte, História, ficção, contos, viagens, em português, espanhol, francês ou inglês, até à soleira da sua porta, gratuitamente e sem contacto. Se estiver interessado e pelas redondezas, pode fazer a sua encomenda através de flaneur.pt. A Poetria, especializada em poesia e teatro, também fechou as portas mas continua a enviar, para estas três cidades, os seus livros pelo correio. Uma vez por semana, para minimizar as saídas à rua, levam as encomendas aos CTT para serem expedidas gratuitamente. Mas há mais: há descontos de 10% em livros até 18 meses e outros, de 20% e 30%, em publicações de idade superior. Dê um salto a livrariapoetria.com e escolha o que vai querer ler. Umas ruas ao lado, o Café Candelabro não só despacha livros, como também lhe e

  • Coisas para fazer

Duas obras são de ficção, é certo, e catapultaram os seus autores rumo ao estrelato na cena literária mundial (cada um recebeu o Prémio Nobel da Literatura); mas uma delas é um retrato fiel do último surto de peste negra em Inglaterra, durante o século XVII. Aqui tem três livros sobre outras pandemias, que não a Covid-19, para ler durante esta quarentena. De tão trágicas, pode ser que estas publicações o ajudem a pôr as coisas em perspectiva e a perceber que, afinal, não estamos assim tão mal e que podia ser bem pior. Fique em casa a ler. Proteja-se. A si e aos outros.  Recomendado: O que ler durante a quarentena?

Publicidade
  • Coisas para fazer

Agora que a propagação da Covid-19 exige que as pessoas evitem sair à rua e a grande maioria dos eventos estão cancelados, há que pensar em programas dentro de portas. Se gosta de temas que envolvam o meio ambiente, aproveite esta lista, onde damos a conhecer seis livros sobre sustentabilidade que podem ser encomendados online. De resto, saiba que já há livrarias da cidade a oferecer os portes de envio para promover a leitura por estes dias.   Recomendado: Sete séries a não perder este mês

  • Coisas para fazer

Tal como o viajante informado e atento convive com massas ignaras e indiferentes à cultura e história das regiões por onde passam em tropel apressado, enquanto fazem selfies frente a todos os monumentos e paisagens que integram o cânone turístico mundial, também os livros de viagens, que proporcionam uma visão reveladora do mundo e de nós mesmos, disputam hoje o espaço nas livrarias. Convivem com uma massa anódina de livros de prosa titubeante e infestada de lugares comuns e que, amiúde, mais não são do que uma soporífera compilação de episódios comezinhos sucedidos ao seu narcísico autor durante uma viagem (tantas vezes veloz e superficial) por paragens exóticas, polvilhada por meditações de filosofia de ervanária. Os seis títulos que se seguem fazem parte da primeira categoria e, na sua maioria, fogem ao padrão do livro de viagens. Recomendado: O que ler durante a quarentena?

Publicidade
  • Compras
  • Livrarias

O Porto é um paraíso para os amantes de livros, mas nesta altura as ruas estão vazias, as portas estão fechadas e as pessoas estão em casa. Com um bom livro, é mais fácil escapar à realidade que agora que nos prende entre quatro paredes. O prazer de ler – de desaparecer e de mergulhar num mundo melhor – é uma solidão bem acompanhada. Fique em casa, mas não fique sem livros. Apoie as livrarias independentes do Porto. Siga esta lista para saber onde pode continuar a encomendar as suas leituras. Recomendado: As melhores livrarias no Porto  

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade