A Cidade Global — Lisboa no Renascimento

Arte, Arte renascentista
Lisboa cidade global
©By kind permission of the Society of Antiquaries of London, Kelmscott Manor

Esta é mais uma exposição sobre o Renascimento em Portugal e a época de expansão. Desta vez, a mostra foca-se não no Mundo Novo, mas na cidade de partida e chegada: Lisboa. A diversidade cultural e de produtos que se pode encontrar nesta cidade e, em particular, na Rua dos Mercadores ou Rua dos Ferros, são esmiuçados ao longo de seis núcleos: “Vistas de Lisboa: contexto histórico”, “Novas novidades”, “De África”, “Às compras na Rua Nova”, “Animais dos outros mundos” e “A casa de Simão de Melo”. Em todos eles se mostram os mais valiosos bens que se podiam comprar em Lisboa e em nenhum outro lugar da Europa com tanta quantidade e a um preço tão acessível: baús de madrepérola e filigrana indianos, tapetes e coxins de ráfia e marfins africanos, porcelanas e tapeçarias orientais e uma grande variedade de animais nunca antes vistos na Europa. Veneza podia até ser mais bonita, mas a exposição comissariada por Annemarie Jordan Gschwend e Kate Lowe mostra que não era tão abrangente como Lisboa.

Por Catarina Moura

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening