O melhor guia de Lisboa

Restaurantes, bares, concertos, exposições, lojas, eventos e muito mais na agenda de Lisboa

Os melhores bares de hotel em Lisboa
Hotéis

Os melhores bares de hotel em Lisboa

De Alfama a Belém, há boas razões para explorar os hotéis que se seguem. E já sabe que se beber um copo a mais, tem sempre a opção de fazer check in. Estes são os melhores bares de hotel em Lisboa.

Depois das seis
Coisas para fazer

Depois das seis

Esta semana, escutamos poesia e assistimos a curtas italianas. Depois armamo-nos em modernos e aproveitamos a máquina do tempo para recuar ao século XVII. Sexta-feira, trazemo-lo de volta ao século XXI. 

Os espaços pop-up que não pode perder em Lisboa este mês
Compras

Os espaços pop-up que não pode perder em Lisboa este mês

O conceito de loja temporária está a ganhar cada vez mais adeptos em Portugal: serve para conhecer novas e emergentes marcas ou ver de perto as que habitualmente só existem online. Há urgência e exclusividade, os espaços são cuidadosamente preparados e conseguem atingir diversos públicos. Estes são os espaços (e as marcas) pop-up que não pode perder em Lisboa este mês.

Os melhores parques e jardins em Lisboa
Coisas para fazer

Os melhores parques e jardins em Lisboa

O sol de Inverno pede programas e passeios ao ar livre. Em Lisboa há parques e sombras para todas os gostos e nós escolhemos os melhores para brincar com os miúdos, ler um livro ou fazer um piquenique enquanto não chega o Verão e os dias de praia.

A Time Out desta semana
Blog

A Time Out desta semana

A revista desta semana está cheia de coisas velhas, mas não cheira a naftalina. Num tempo em que a notícia do fecho de uma loja histórica causa ondas de indignação histéricas nas redes sociais, fomos à procura dos estabelecimentos antigos de Lisboa que continuam a valer a visita. Da Caza das Vellas à Conserveira de Lisboa, da Barbearia Campos à Latoaria Maciel, descobrimos 30 tesourinhos que é preciso preservar. A Câmara Municipal de Lisboa já garantiu um seguro de saúde para 63 lojas históricas da cidade. Faça também a sua parte: troque os melhores sites para ir às compras e os centros comerciais com wi-fi por este roteiro ao ar livre e cheio de charme. Antes que seja tarde.  Mas há mais do que terceira idade na Time Out que chegou hoje às bancas: o domingo à tarde é o novo sábado à noite e há muitas festas para descobrir no Dia do Senhor; o Absurdo e o Infame são os dois novos restaurantes que prometem mexer com a cidade; e David Fonseca fala do tributo a David Bowie Bowie 70. O lançamento do disco está marcado para amanhã, mas pode saber tudo sobre o projecto já hoje. É comprar a Time Out Lisboa.    

Últimas notícias

Beco de José Avillez está para breve
Blog

Beco de José Avillez está para breve

Vai chamar-se Beco e a abertura poderá ser já em Março, segundo o que a Time Out apurou. Os testes para o terceiro restaurante do chef José Avillez dentro do gigante Bairro do Avillez (onde já existe a Taberna e ao Pátio), já estão em curso. O Bairro do Avillez, que ocupa uma parte dos claustros do antigo Convento da Trindade, tem uma capela. Em Dezembro do ano passado, o Etaste adiantava que o chef premiado iria servir alta cozinha neste espaço exclusivo. Mas, por enquanto, ninguém confirma nem desmente se é para lá que o Beco vai. Além deste bairro, José Avillez, com duas estrelas Michelin, conta com mais cinco restaurantes em Lisboa (Belcanto, Mini Bar, Cantinho do Avillez, Café Lisboa e Pizzaria Lisboa) e um no Porto, o Cantinho do Avillez.  Enquanto não há Beco, descubra os 10 pratos que tem de provar no Bairro do Avillez. 

Feira Popular de Lisboa faz-se à estrada
Blog

Feira Popular de Lisboa faz-se à estrada

Hoje, no Capitólio, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), Fernando Medina, vestiu o fato, uma gravata vermelha e ligou as luzes do palco para apresentar a futura Feira Popular a mais de uma centena de investidores e dar uma novidade a mais de 500 mil alfacinhas. O concurso público arranca ainda este ano e o bolo completo do projecto significa um investimento que anda ali à volta dos 70 milhões de euros. Bom, a verdade é que a grande fatia dos lisboetas não tem bolso para estas brincadeiras, e vai folgar em saber que está previsto um roadshow para futuros visitantes. Durante os próximos sete meses vai percorrer todas as freguesias da cidade e convidar os fregueses a conhecer o projecto da nova Feira Popular, desafiando-os ao mesmo tempo a lançar propostas para o recinto que estará inserido num parque urbano de 20 hectares em Carnide. Um estudo encomendado pela CML prevê que em 2018 são esperados 800 mil visitantes, um número que pode subir para 1,2 milhões em 2021 e 1,4 milhões em 2022.

Uma receita de brownies da Miss
Blog

Uma receita de brownies da Miss

Marta Cruz começou como Miss Berry, a vender framboesas frescas, e tornou-se Miss Brownie. Há três anos que vende brownies em frasco, fáceis de comer à colher em qualquer lugar. Há brownies com brigadeiro, caramelo salgado, framboesa... O sucesso foi tal que deu para abrir uma confeitaria no Restelo este mês. Pedimos-lhe uma receita dos famosos bolos em frasco. Receita de Brownie de chocolate Ingredientes6 ovos2 chávenas de açúcar1 chávena de farinha400 gr. chocolate preto100 gr. cacau em pó300 gr. manteiga1 pitada de sal50 gr. de nozes Modo de preparaçãoPré-aqueça o forno a 180ºC.Junte os ovos e o açúcar.Coloque a manteiga, o chocolate (previamente cortado em pedaços) e o cacau numa tigela e derreta em banho maria.Adicione a farinha.Bata tudo durante 5 minutos em velocidade média, até ficar homogéneo.Unte uma forma quadrada com papel vegetal e barre com manteiga.Leve ao forno aproximadamente 30 minutos.   Descubra mais sobre a loja da Miss Brownie na revista desta semana, que chega amanhã às bancas.

Os 10 Mandamentos para uma sandes perfeita
Blog

Os 10 Mandamentos para uma sandes perfeita

Fizemos centenas de quilómetros, entramos em dezenas de restaurantes e enchemos a barriga com um sem número de sandes. A revista que chega amanhã às bancas traz as melhores das melhores, como esta sandes de carne assada, servida no Balcão da Esquina, no Mercado da Ribeira, uma criação de Vítor Sobral e Hugo Nascimento. Como somos hábeis devoradores de alimentos dentro de duas fatias de pão, fomos perguntar a Hugo Nascimento, autor de O Livro das Sanduíches – um manual sobre a arte de bem ensanduichar – quais os 10 mandamentos essenciais para uma sanduíche perfeita. É imprimir, emoldurar e pendurar na parede da cozinha.      Hugo Nascimento©Jorge Simão     1º Mandamento “Tu és o que comes. Tudo o que se põe dentro do organismo e dentro de duas fatias de pão tem de ser da melhor qualidade possível”, diz o chef da Tasca da Esquina. 2º Mandamento “O pão deve ser feito com massa mãe. E o que quer isto dizer? Quer dizer que deve ser feito com farinhas biológicas, com leveduras naturais, sem químicos, e deve ter uma fermentação lenta. Deve ser um pão verdadeiro”.  3º Mandamento “Deve ser barrada com manteiga açoriana ou levar um pouco de azeite virgem extra frutado maduro. Se é para comer uma gordura, é melhor apostarmos numa gordura boa. E escolhi este azeite porque não é amargo e combina bem com a maior parte dos ingredientes”. 4º Mandamento “É indispensável ter, pelo menos, um vegetal na sanduíche. Além de ser um elemento saudável, dá frescura e equilíbrio”, diz

Amadeo no Museu do Chiado com horário alargado
Blog

Amadeo no Museu do Chiado com horário alargado

Se deixou para a última a visita à exposição à obra de Amadeo Souza-Cardoso no Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC), no Chiado, temos boas notícias: quinta, sexta e sábado, o museu vai manter as portas abertas até às 22.00. O prolongamento do horário é uma resposta à “grande afluência de público” nos últimos fins-de-semana, que tem gerado grandes filas à porta do MNAC, justificam. A última visita guiada é dia 25 de Fevereiro às 12.00 e é preciso marcação prévia. Mas atenção, no derradeiro dia da exposição, domingo, 26 de Fevereiro, o horário do museu não se altera — com filas ou sem filas, às 18.00 acabou-se.  A exposição “Amadeo de Souza-Cardoso/Porto Lisboa/ 2016-1916” inaugurou a 11 de Janeiro e é uma viagem a 1916, à primeira grande exposição individual de Amadeo em Portugal. Há 81 obras para ver. Só nos primeiros cinco dias, recebeu 2635 visitantes. Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Rua Serpa Pinto, 4. 21 343 2148. Ter-Dom 10.00-18.00. Até 26 de Fevereiro. Entrada: 4,50€. Há cinco coisas que não sabe sobre a exposição de Amadeo de Souza-Cardoso, em 1916. Descubra-as aqui.  

Mais notícias do Blog

Óscares 2017

Lista completa de nomeados para os Óscares 2017
Blog

Lista completa de nomeados para os Óscares 2017

Acabam de ser anunciados os nomeados para os Óscares de 2017. Como já era previsível, La La Land - Melodia de Amor domina as nomeações, com 14 indicações. Quem tinha apostado tudo em Silêncio, apanha agora uma grande desilusão. Meryl Steep entra para a história dos prémios da Academia como a actriz mais nomeada de sempre.  A 89ª cerimónia dos Óscares está marcada para o dia 26 de Fevereiro, em Los Angeles, com apresentação de Jimmy Kimmel.      Melhor Filme La La Land - Melodia de Amor Manchester by the Sea O Herói de Hacksaw Ridge Fences Lion - A Longa Viagem para Casa Moonlight O Primeiro Encontro Hidden Figures - Elementos Secretos Hell or High Water - Custe o que Custar   Melhor Realizador Mel Gibson - O Herói de Hacksaw Ridge Damien Chazelle - La La Land - Melodia de Amor Kenneth Lonergan - Manchester by the Sea Barry Jenkens - Moonlight Denis Villeneuve - O Primeiro Encontro   Melhor Actor Principal Ryan Gosling - La La Land - Melodia de Amor Casey Affleck - Manchester by the Sea Denzel Washington - Fences Andrew Garfield - O Herói de Hacksaw Ridge Viggo Mortensen - Capitão Fantástico   Melhor Actor Secundário Dev Patel - Lion - A Longa Viagem para Casa Lucas Hedges - Manchester by the Sea Mahershala Ali - Moonlight Michael Shannon - Animais Nocturnos Jeff Bridges - Hell or High Water - Custe o que Custar   Melhor Actriz Principal Natalie Portman - Jackie Emma Stone - La La Land - Melodia de Amor Isabelle Hupert - Elle Meryl Stree

Sete filmes gay nos Óscares
Gay

Sete filmes gay nos Óscares

Antes da cerimónia de entrega dos Óscares, no próximo domingo, vale a pena recordar os filmes gay que fizeram história, de Pedro Almodóvar a Ang Lee, este último considerado um dos mais injustiçados de sempre.

Os 5 melhores vídeos de Jimmy Kimmel
Filmes

Os 5 melhores vídeos de Jimmy Kimmel

Aos anos que Jimmy Kimmel nos atormenta. Bom, talvez a nós portugueses nem tanto. Só que o incrível desta tortura é que é faz rir milhões de pessoas. O apresentador de Jimmy Kimmel Live! será o anfitrião da 89ª cerimónia de entrega dos Óscares, que acontece a 26 de Fevereiro no Dolby Theater, em Hollywood. Ou seja: espere-se o pior. Que neste caso mais não é que o melhor. Kimmel, 49 anos, nascido em Brooklyn, já apresentou os Emmy por duas vezes (2012 e 2016). No seu Jimmy Kimmel Live! passa a vida a pregar partidas às pessoas. Ou apenas a fazer vídeos breves que provocam mais gargalhadas que qualquer trecho de gatinho a fazer malabarismo. Portanto, vá com calma. Se estiver num lugar público onde o riso estridente possa não cair bem, vai ter que se aguentar. Depois é esperar pelos Óscares. Duvidamos que Jimmy Kimmel desiluda.

Óscares 2017: todos os filmes baseados em livros
Arte

Óscares 2017: todos os filmes baseados em livros

Se não está pronto para entrar em maratonas de filmes nomeados para os Óscares ou é daquelas pessoas que se enoja só de ouvir falar nos prémios da Academia — que as há, há — a solução para que não perca o sempre em movimento comboio das redes sociais vão ser os filmes baseados em livros. Não mande bocas sobre actores e foque-se nos argumentistas; vá mais longe: ponha a gola alta preta e o padrão xadrez ao estilo Sorbonne dos anos 70 e fale dos livros que inspiraram os filmes. Fomos até aos confins da lista dos nomeados para reunir todos os filmes que nasceram de um livro, ainda que não estejam nomeados para melhor argumento adaptado, mas estejam habilitados a ganhar melhor edição de som.

Tudo o que precisa de saber sobre os Óscares

Comer e beber em Lisboa

O país inteiro dentro da Mercearia
Blog

O país inteiro dentro da Mercearia

Há um bocadinho do país inteiro ali para os lados da muito movimentada Rua do Poço dos Negros. Atrás das vitrinas da Mercearia Poço dos Negros estão Maria Carvalho e Eduardo Cuadros, os donos, e estão também uma série de enchidos de porco preto do Alentejo ou de bísaro de Trás-os-Montes, queijos de norte a sul do país e ilhas, e manteigas frescas de vaca e de cabra, de que muito se orgulham. “Quisemos reunir alguns dos melhores produtos portugueses, que foram trabalhados com cuidado, desde a criação dos animais, até ao processo de matança e confecção”, explica Maria. Acrescentando depois que trabalham sobretudo com pequenos produtores e que reduzem ao máximo os produtos industrializados que vendem na loja. “Os nossos doces, por exemplo, são artesanais. Temos uma senhora que os faz com 80% de fruta, pouquíssimo açúcar e apenas limão para conservar.” Entre um batalhão de frascos com frutos secos e outros desidratados, como pinhões, cajus, tâmaras de Israel, bagas goji, gengibre e flores de hibisco, há um, colorido, que se destaca dos restantes. “São vegetais crocantes. Tem rodelas de cenoura, batata doce, curgete, beringela e feijão verde.” Pelas prateleiras há ainda vinhos, alguns deles biológicos, garrafas de ginjinha, frascos com mel de rosmaninho, outros com codorniz em escabeche ou polvo em conserva, vários azeites, latas de sardinha, bolachinhas para o chá e ainda pão fresco alentejano, que chega todos os dias.   Rua Poço dos Negros, 97-99. Seg-Sex 10.00-20.00

Leitaria da Quinta do Paço abre segunda loja em Lisboa
Restaurantes

Leitaria da Quinta do Paço abre segunda loja em Lisboa

A Primavera vai ser doce, doce. A Leitaria da Quinta do Paço, pastelaria portuense com história desde 1920, assentou os seus éclairs recheados com chantilly na Avenida João XXI em Setembro de 2016 e prometeu não se ficar por aqui. A segunda loja em Lisboa vai abrir nos próximos meses na zona de S. Domingos de Benfica, na Alameda Manuel Ricardo Espírito Santo. Ainda sem data definitiva para a abertura, a pastelaria informa que a nova loja vai ter uma sala virada para a rua e uma esplanada coberta, com uma decoração semelhante à das outras lojas, ou seja, com “madeiras ripadas brancas, soalho de madeira, cores claras e muita luz”. Haverá serviço de cafetaria e refeições leves e uma oferta variada: além dos queijos, manteiga e chantilly vendidos a peso há anos, prometem vitrines recheadas de éclairs de produção artesanal. Entre os sabores fixos está o de chocolate de leite (o “Éclair clássico”), o de limão, chocolate negro, maracujá, frutos vermelhos, caramelo artesanal ou chocolate e avelã. Mas, todas as estações, há acrescentos à carta, com éclairs temáticos – como este especial do Dia dos Namorados.

Os três melhores sítios para comer peixinhos da horta
Restaurantes

Os três melhores sítios para comer peixinhos da horta

Um feijão verde envolto numa fritura no ponto é capaz de levar um alfacinha ao céu. Como entrada ou prato principal, com ou sem maionese para dar uns mergulhos, estes são os três melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa. 

Os melhores restaurantes saudáveis de Lisboa
Restaurantes

Os melhores restaurantes saudáveis de Lisboa

Para comer saudável não tem de se empanturrar de verde, light, vegetariano ou comida para passarinhos. E também não precisa de passar fome. Corremos a cidade para lhe trazer esta barrigada de grandes ideias para comer do bom e do melhor em Lisboa. Bom apetite e saudinha da boa.

Saiba de outros sítios onde comer e beber na cidade

Hotéis em Lisboa

Os melhores hotéis em Lisboa
Hotéis

Os melhores hotéis em Lisboa

Passa por cá a correr ou vem para ficar? Quer namorar ou fazer amigos? Traz a família toda a reboque ou chega só e abandonado? Saiu-lhe o Euromilhões ou já está a contar tostões? Seja qual for o seu perfil de turista e o seu ideal de férias, juntámos os melhores hotéis em Lisboa para todos. Escolha o seu preferido e faça bom proveito.

Hotéis bons e baratos em Lisboa
Hotéis

Hotéis bons e baratos em Lisboa

Hotéis em Lisboa há muitos e difícil é arranjar uma boa pechincha. Andámos à caça de hotéis bons e baratos em Lisboa e descobrimos oito, com preços entre os 50 e os 70 euros por noite. Se o preço não for um problema, espreite os melhores hotéis de luxo em Lisboa. E se vier em clima de romance, vale a pena espreitar os melhores hotéis românticos em Lisboa.

Os melhores hotéis boutique em Lisboa
Hotéis

Os melhores hotéis boutique em Lisboa

Que em Lisboa não faltam hotéis toda a gente sabe. E que o número de hotéis aumentou consideravelmente nos últimos anos, consequência do hype mundial à volta da nossa cidade, também. Assim, passámos a pente fino tudo quanto é unidade hoteleira para lhe trazer os melhores hotéis de charme em Lisboa.  Considerados o parente rico do Bed&Breakfast e da típica pousada, os hotéis boutique distinguem-se pela personalidade e ambiente acolhedor. Mais pequenos do que os das grandes cadeias internacionais, vivem quase sempre sustentados num projecto arquitectónico diferenciado ou instalados num edifício histórico. O ambiente descontraído, muitas vezes criado pelos proprietários, pretende levar os hóspedes a sentirem-se em casa. Estes são os melhores hotéis boutique em Lisboa – cada um deles, um excelente pretexto para fugir à rotina.

Os melhores hostels em Lisboa
Hotéis

Os melhores hostels em Lisboa

Escolhemos cinco. Podíamos ter escolhido dez. Ou, que se lixe, vinte. Lisboa tem dos melhores hostels da Europa. Ou até (que se lixe outra vez) do mundo. E há-os para todos os gostos.

Coisas para fazer em Lisboa

Cinco peças de teatro obrigatórias em Fevereiro
Teatro

Cinco peças de teatro obrigatórias em Fevereiro

À primeira vista, os temas abordados nestes cinco espectáculos de géneros teatrais variados parecem osso duro de roer. E, de certo modo, são, pois teimam nos problemas da vida, que é uma chata. É quando a arte, o talento dos criadores e dos intérpretes se intrometem, que o chato se transforma – como um sapo em príncipe depois de beijado. Fique a conhecer um pouco melhor as peças de teatro obrigatórias em Fevereiro em Lisboa.

37 coisas grátis para fazer em Lisboa
Coisas para fazer

37 coisas grátis para fazer em Lisboa

Não sabe o que fazer em Lisboa? De concertos de rock a bailes de forró, de tardes de críquete a noites de tricot, damos-lhe excelentes sugestões para aproveitar tudo quanto é à borla na cidade. São 37 coisas grátis para fazer em Lisboa.   

As melhores obras de design e arquitectura de Lisboa
Coisas para fazer

As melhores obras de design e arquitectura de Lisboa

Os feitos arquitectónicos lisboetas estão longe de ter acabado na empreitada pombalina. Milhares de toneladas de betão, ferro e vidro depois, os últimos 60 anos foram ricos em grandes obras de arquitectura e de design, seguindo sempre o estilo de cada época. Em dez sugestões, visitar os grandes ex-libris da modernidade e da contemporaneidade lisboetas está ao alcance de qualquer um. Recomendado: Lisboa é a melhor cidade do mundo para a Wallpaper

Gosta de livros? Descubra os clubes de leitura e tertúlias em Lisboa
Coisas para fazer

Gosta de livros? Descubra os clubes de leitura e tertúlias em Lisboa

O maior e mais antigo clube de leitura do mundo chama-se missa e repete-se todos os domingos, sempre com o mesmo livro: a Bíblia. Mas quem procura alternativas laicas e gosta de variar, tem muito por onde escolher na cidade: eis alguns clubes de leitura e tertúlias em Lisboa. 

Cinco coisas que não sabe sobre a exposição de Amadeo de Souza-Cardoso, em 1916
Coisas para fazer

Cinco coisas que não sabe sobre a exposição de Amadeo de Souza-Cardoso, em 1916

Não, a viagem no tempo não é gratuita. A partir de dia 12 de Janeiro, o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado assinala aquela que foi a primeira grande exposição individual de Amadeo de Souza-Cardoso, em Portugal. Um século depois e 33 obras a menos, primeiro no Porto e agora em Lisboa, o génio é recordado, se bem que sem o alarido de outros tempos. Vejamos.  Mais do que vender, provocar É Marta Soares, uma das curadoras da actual exposição, que o diz. E a verdade é que dinheiro não era coisa que lhe fizesse falta, propriamente. Os preços eram puxadotes, ainda assim, ficavam a baixo dos malhoas e columbanos da vida. Já a exposição, parece que foi bancada pelo pai do artista, sem restrições de orçamento e como convinha a um Amadeo desejoso de fazer ondas. Adeus Paris. Olá Manhufe A troca não parece justa, mas foi necessária. Quando inaugura a exposição, a 1 de Novembro de 1916, no Jardim Passos Manuel, Amadeo já se tinha mudado para Portugal há dois anos. Veio com a mulher, Lúcia, e assentou arraiais na sua terra-natal, Manhufe, em Amarante. Para trás, deixou um apartamento bem recheado, mas também uma guerra mundial, onde ser chamado para combater não dava mesmo jeito nenhum. Um caos organizado Tanto no Porto como em Lisboa, Amadeo de Souza-Cardoso foi o seu próprio curador. Escolheu os espaços, organizou e dispôs as obras como bem entendeu. E, claramente, a julgar pelo catálogo da época, só mesmo o próprio para se orientar. O registo dificultou a vida a quem t

Eles voltaram e os workshops mais caseiros de Lisboa também
Coisas para fazer

Eles voltaram e os workshops mais caseiros de Lisboa também

Ir ou ficar? A pergunta não é de agora, nem de há quatro meses, quando Nicholas Carvalho e Inês Almeida largaram tudo para fazer a viagem de sonho. É preciso recuar um pouco mais, até ao início de 2013, antes mesmo de termos encontrado este casal maravilha a receber estranhos em casa com fins meramente educativos. Ali e acolá, os amigos estavam a zarpar para os quatro cantos do globo, o desemprego tinha batido à porta e a vontade de conhecer mais mundo era sempre aquele bichinho. Mas não era o único. “Foi a viagem que tínhamos feito a Nova Iorque, dois anos antes, que desencadeou isto tudo”, conta Nicholas, na sala lá de casa, a mesma onde recebem os alunos de fim-de-semana. “Passámos lá dez dias e, enquanto cá, só encontrávamos workshops muito caros, para uma elite, lá havia uma grande descontracção na partilha”, acrescenta Inês. Mais tempo livre tornou-se então sinónimo de pôr mãos à obra, mas com os pés bem assentes em Lisboa. Em Abril desse ano, já a Time Out lhes entrava pela casa adentro e tentava perceber o que levava um jovem casal com queda para as artes a dar workshops e cursos em casa. Percebemos logo que a empatia tinha de ser total. Que, ou as visitas se sentiam bem-vindas e relativamente à vontade, ou a ideia, por muito peregrina que fosse, não ia vingar. Reservas escusadas, para não dizer outra coisa. Os primeiros workshops de livro de artista, cianotipia, ilustração e encadernação xpto juntaram modestos grupos de três ou quatro pessoas. Pouco tempo depois, a

Mais coisas para fazer na cidade

Filmes e Séries

Cinco filmes a não perder no Nimas até Julho
Gay

Cinco filmes a não perder no Nimas até Julho

Já tem programa para quarta-feira ao fim do dia. E até Julho. O ciclo Género & Identidade começou a 15 de Fevereiro no Nimas e prolonga-se até 19 de Julho com 12 filmes de 15 em 15 dias, sempre às 19.00 – há que pensar que só falta uma dúzia de filmes para estarmos em pleno Verão. A ideia é “exibir várias obras, clássicas e contemporâneas, que funcionam como exemplos transgressores em relação aos códigos e costumes dominantes nas suas épocas”, explica-se no programa. No fim de cada sessão há sempre um debate com a participação de investigadores, críticos de cinema, especialistas em Estudos de Género, escritores e artistas. 1. Minha Mãe, de Christopher Honoré O filme de 2004 de Christopher Honoré tem Isabelle Hupert, agora nomeada para o Óscar de Melhor Actriz, no papel de uma mãe com uma relação bizarra e incestuosa com o filho de 17 anos. 15 de Março 2. O Círculo, de Jafar Panahi O premiado filme de Jafar Panahi (ganhou o Leão de Ouro em Veneza) é uma reflexão sobre a opressão da mulher no Irão dos dias de hoje. 26 de Abril 3. Tudo Sobre A Minha Mãe, de Pedro Almodóvar Será preciso esperar até ao primeiro dia de Verão para a abordagem “Queer & Transgénero”. Tudo Sobre A Minha Mãe, mítico filme de 1999 de Pedro Almodóvar, é o primeiro. 21 de Junho 4. Felizes Juntos, de Wong Kar-Wai Felizes Juntos, de Wong Kar-Wai, de 1997, aborda a relação controversa entre dois homens que viajam de Hong Kong para a Argentina para começar uma nova vida. 5 de Julho 5. Uma No

Sete filmes de terror para ver a dois
Filmes

Sete filmes de terror para ver a dois

Embora seja malvisto, é legítimo não gostar do Dia de São Valentim. Por não ter namorada/o, é o exemplo comum. Por não querer emitir mensagens erradas àquela/e amiga/a colorida/o, também serve. Mesmo que esteja comprometido, pode combater a onda de lamechice geral. Por exemplo, com estes filmes de terror para ver a dois.   Recomendado: 10 presentes para quem detesta o Dia dos Namorados ou oito planos alternativos para o Dia dos Namorados. 

Os 10 melhores filmes de Meryl Streep
Filmes

Os 10 melhores filmes de Meryl Streep

Faça lá as contas: 80 papéis, 19 nomeações aos Óscares, 3 vitórias. Se isto não merece um prémio de carreira, então não sabemos o que merece. A 74ª edição dos Globos de Ouro distinguiu Meryl Streep, de 67 anos, com o prémio Cecil B. DeMille. Enquanto o discurso da actriz norte-americana se tornou viral, nós fomos à procura dos seus 10 melhores filmes.    Recomendado: Os melhores filmes de Carrie Fisher

Séries de televisão: acabou-se a vida social em 2017
Filmes

Séries de televisão: acabou-se a vida social em 2017

2017 vai ser um grande ano para os viciados em séries de televisão. Desde as novas temporadas de séries como Game of Thrones e Stranger Things, a novas apostas da Marvel na Netflix, como The Punisher e Iron Fist, sem esquecer o regresso de séries que nem os fãs mais optimistas sonhavam em voltar a ver, como Star Trek que que está de volta à vida dos trekkies.  Estas são as séries de televisão que nos vão tirar horas de sono, e de vida social, em 2017.    Recomendado: Sete séries clássicas que gostávamos de voltar a ver

Os 5 filmes que não pode perder no Festival de Filmes sobre Arte
Arte

Os 5 filmes que não pode perder no Festival de Filmes sobre Arte

Começou no festival Temps D’Images em 2008, mas tornou-se independente em 2015. O Festival Internacional Filmes sobre Arte começa esta quinta-feira e quer que os espectadores saiam da sala “com a sensação de ter experimentado uma outra forma de pensar”, diz a directora e programadora Rajele Jain. De entre os 30 filmes que pode ver até domingo na Galeria Zé dos Bois, escolhemos cinco que não pode mesmo perder. Do activistmo político através da arte à mais pura fruição da pintura, saiba como se desenhou esta programação na Time Out desta semana. Rua da Barroca, 59. 21 343 0205. Qui-Dom a partir das 17.00. Até 19 de Fevereiro. 2€, Passe: 10€

Os melhores filmes para (re)ver em família
Miúdos

Os melhores filmes para (re)ver em família

Estes filmes não são para crianças. São para famílias inteiras. Pequenas ou numerosas, jovens ou envelhecidas. Dez clássicos obrigatórios para filhos, pais e até avós.