Os melhores bares em rooftops em Lisboa

Terraço ou rooftop? Use a palavra que quiser, o importante é estar em altas, que é como quem diz, nas alturas, sempre de copo na mão

©DR

A palavra rooftop ainda não é reconhecida pelo dicionário Priberam (a alternativa é rotos ou rolitos), mas cada vez é mais usada no vocabulário alfacinha, com muitas sunset parties em rooftops por essa cidade fora, onde cocktails não faltam.

Deixámos as vertigens no rés-do-chão e subimos aos terraços de hotéis, centros comerciais e parques de estacionamento para eleger os melhores bares em rooftops em Lisboa.

Os melhores bares em rooftops em Lisboa

Hotel Mundial Rooftop Bar

Tem rooftop no nome e só por isso deve encabeçar esta lista. O terraço do bar do Hotel Mundial é um dos clássicos da cidade e organiza as famosas "sunset parties", outro anglicismo, entre Abril e Outubro. O último piso do hotel no Martim Moniz já ganhou fama graças às selfies viradas para o castelo. O "rooftop bar & lounge", assim se auto-intitula, tem sangria a copo (6€), jarros de cerveja (6,70€), espumante (garrafa ou copo) e vários cocktails. Experimente os da casa, como o Rooftop Sunset (sem álcool) ou o Rooftop Overview (com gin Bulldog, Blue Curaçao, Drambuie, sumo de limão, água tónica e clara de ovo, a 13,5€).

Ler mais
Santa Maria Maior

Lux Frágil

Escolha dos críticos

Talvez só quando precisamos de apanhar ar ou numa ida à casa de banho (também neste último andar e quase a entrar para a lista das melhores casas de banho de Lisboa) nos lembramos que o Lux tem um dos melhores terraços da cidade. A culpa é da programação sempre recheada da discoteca, que nos dá pouco descanso. Ainda assim, vale a pena ver as vistas para o rio e beber um cocktail. No Verão de 2016, a discoteca, numa parceria com a Santini, serviu Luxinis: gelados misturados com bebidas alcoólicas, como o de pepino, com gin Hendricks, ou o de laranja com tequila Patrón. Esperemos que a tradição se mantenha.

Ler mais
São Vicente 
Publicidade

Topo

O primeiro dos Topos é o único no topo de um edifício, neste caso do Centro Comercial  Martim Moniz. E também é o que tem a melhor vista. Recoste-se num dos bancos de madeira e vire-se para o lado de Lisboa que mais lhe apetece. DJ sets, cocktails, brunch aos fins-de-semana (desde Março de 2017) e menus especiais à hora de almoço (a 14€, com entrada, prato principal, sobremesa e bebida) fazem com que seja bom para qualquer altura do dia.

Ler mais
Martim Moniz

Sky Bar

Escolha dos críticos

As preces de muitos lisboetas foram ouvidas. O Sky Bar voltou e, como já dissemos, veio para ficar. O rooftop do Hotel Tivoli, na Avenida da Liberdade, costumava funcionar apenas de Abril a Outubro. A partir de 2017 passou a funcionar o ano inteiro – até porque já se sabe que há poucos dias de chuva. O espaço foi totalmente remodelado, está mais colorido e na carta há muitas novidades. Os clássicos pregos mantêm-se, mas há uma nova secção de sushi, pensada por João Pinto (antigo sushiman do Midori, no Penha Longa).

Ler mais
Avenida da Liberdade
Publicidade

Bar Entretanto

Cocktails e vista sobre Lisboa é a melhor combinação possível e pode estar à distância dos sete andares que levam ao topo do Hotel do Chiado, no cimo dos Armazéns do Chiado. É aqui que fica o bar Entretanto, com cocktails elaborados pelo bartender João Fialho e que sabem ainda melhor depois de um dia de trabalho. Cada mês há um cocktail especial na carta, mas podemos sempre contar com os habituais gin fizz, tequila sunrise, Bloody Mary e mojito Porto. Até o New York Times menciona o bar no seu livro 360 Horas em Lisboa.

Ler mais
Chiado

Terraço BA

Ninguém conhece verdadeiramente a cidade até se sentar nestas cadeiras a ver a vista. O terraço do Bairro Alto Hotel já é ponto de visita obrigatório, não só para turistas como para alfacinhas de gema. A partir das 10.30 (e até às 13.00) começa-se a servir aqui um pequeno-almoço que também inclui Irish Coffee (12€). A partir daí entregue-se aos cocktails (ou mocktails, para quem não está interessado em álcool): cariocas de Lisboa (com cachaça, sumo de lima, mel, grão de café, canela e gengibre, a 9€) ou uma frozen margarita de morango (13€), por exemplo.

Ler mais
Chiado
Publicidade

Rio Maravilha

O terraço do Rio Maravilha reabriu no primeiro fim-de-semana de Abril para alegria de muitos alfacinhas. Entre os petiscos para acompanhar a melhor vista da cidade estão, por exemplo, os tremoços marinados em wasabi (1,50€), os corndogs de alheira ao molho de coentros e alho doce (8,20€), o crocante de arroz com chutney de tomate (4,90€) ou as chips de mandioca com torresmo (5,20€). Quanto aos cocktails, a lista é longa e recomenda-se. Ao pôr-do-sol, principalmente aos fins-de-semana, conte com música e festas. Não se esqueça da foto da praxe, com a estátua colorida de uma mulher de braços abertos, virada para o Cristo Rei.

Ler mais
Alcântara

The Insólito

Alexandre Leitão, ou Hector, como também é conhecido, é responsável pelas bebidas do Cobre e criou uma lista de cocktails de assinatura para o The Insólito. Já Henrique Costa Pereira compôs uma carta com 50 vinhos diferentes. Do turista smash (com tequila, Noilly Prat, sumo de limão e xarope, a 9€) ao daiquiri de pêra rocha (9€), passando por vários mocktails, há muitas maneiras de apreciar a vista. Pode ainda ficar para jantar: entre as especialidades do restaurante encontram-se o Carrego (carré de borrego) e o Liber'atum (atum dos Açores braseado). 

Ler mais
Bairro Alto
Publicidade

Epic Sana Lisboa

Nas Amoreiras, a piscina do hotel Epic Sana, no nono andar, é uma das mais apetecíveis da cidade. O UpScale Bar não lhe fica atrás. A funcionar de Abril a Setembro todos os dias da semana, serve champanhe, vinho, bebidas espirituosas e cocktails com e sem álcool. Tem uma longa lista de gins e entre os cocktails para refrescar destacamos o Upscale Ice Tea (14€). Outra das hipóteses — e a mais eficaz — é um mergulho na infinity pool. São 50€ por dia e as crianças até aos 12 anos só pagam metade.

Ver preços Ler mais
Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Park

Nunca foi tão cool sair à noite num parque de estacionamento. É quase impossível conseguir lugar numa das mesas do Park ao pôr-do-sol e o sítio tornou-se muito popular entre os turistas que visitam a cidade. Há sempre DJ sets (geralmente com dois DJs por dia, um no turno da tarde, outro no da noite) e a lista de cocktails inclui, por exemplo, daiquiris de limão, morango ou banana, cocktails de gin, caipirinhas, whisky sours ou piñas coladas.

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré
Publicidade
Mostrar mais

Mais bares em Lisboa

Os melhores bares históricos em Lisboa

Luís Pinto Coelho morreu em 2012, mas deixou para a história da cidade quatro dos mais emblemáticos bares da noite alfacinha. Foi ele o fundador do Procópio, d'A Paródia, do Fox Trot e do Pavilhão Chinês. Os quatro bares históricos em Lisboa ainda estão a funcionar, e não são os únicos.

Ler mais
Por Clara Silva

Os melhores bares de gin em Lisboa

A febre do gin espalhou-se de tal maneira que até há um festival e um sarau de gin no Mercado de Campo de Ourique. Pela cidade, há espaços dedicados exclusivamente à bebida e outros que aos poucos vão aprimorando os seus cocktails de gin. Um deles até tem o nosso nome, Time Out. Sai um brinde aos melhores bares de gin em Lisboa. 

Ler mais
Por Clara Silva
Publicidade

Comentários

0 comments