Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores bares em rooftops em Lisboa

Os melhores bares em rooftops em Lisboa

Copos em altitude soam-lhe bem? Siga o nosso roteiro dos melhores bares em rooftop em Lisboa

Ferroviario
©Manuel Manso
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Bem sabemos que a palavra rooftop ainda não é reconhecida pelo dicionário Priberam (a alternativa é, rosto, rotos ou rolitos), mas cada vez é mais usada no vocabulário alfacinha, com muitas sunset parties em rooftops por essa cidade fora, onde cocktails não faltam. Não revire já os olhos se já está cansado destas palavras e expressões inglesas. Encare esta lista como uma sugestão de bares em terraços em Lisboa porque no fundo é que isto é. Seja como for, deixámos as vertigens no rés-do-chão e subimos aos terraços de hotéis, centros comerciais e parques de estacionamento para eleger os melhores bares em rooftops em Lisboa.

Recomendado: Os bares com melhor vista em Lisboa

Os melhores bares em rooftops em Lisboa

1
Twelve (Eleven)
©Duarte Drago
Bares

Twelve

icon-location-pin São Sebastião

No topo do Eleven, no Parque Eduardo VII, o Twelve é o novo rooftop da cidade, mas como projecto “pop-up” só dura até Setembro. Os responsáveis são a Avlnche, uma plataforma artística independente francesa, especializada em “pegar em espaços urbanos subutilizados e dar-lhes vida de forma criativa”, explicam. Foi isso que fizeram em cima do Eleven, de maneira a criar “um oásis”, “o último rooftop secreto”.  Além de uma ementa de petiscos criada pelo chef Joachim Koerpe (uma estrela Michelin), o bar do Twelve tem um menu de cocktails preparado pela equipa Flamingo Boémio, com preços entre os 8 e 12€, e cerveja artesanal Musa.

2
Rossio Gastrobar
©Manuel Manso
Restaurantes, Gastropubs

Rossio Gastrobar

icon-location-pin Grande Lisboa

O Altis Avenida aproveitou a expansão do hotel para criar uma nova esplanada lá no alto, com cadeirões confortáveis com vista sobre a praça do Rossio, para o Castelo, Elevador de Santa Justa e o rio lá ao fundo. Fica no sétimo piso e é um gastrobar, um bar com uma proposta de comidas um bocadinho mais trabalhada, com produtos da estação e maioritariamente portugueses, com a assinatura dos chefs João Rodrigues e João Correia. Aproveite o verão e peça um Vanilla (12€).

Publicidade
3
Hotel Mundial - Rooftop
©DR
Bares

Hotel Mundial Rooftop Bar

icon-location-pin Santa Maria Maior

Tem rooftop no nome e só por isso deve fazer parte desta lista mas, se não for argumento que chegue, o último piso do hotel no Martim Moniz já ganhou fama à custa das selfies viradas para o castelo. Há várias opções de gin (9-15€), vinho a copo (a partir dos 4€), sangria (copo 6€, jarro 19€) e cervejas (a imperial custa 3,70€). Mas há também várias páginas na carta com diferentes opções de cocktails.

4
Terraço do Lux Frágil
©Luisa Ferreira/Lux
Noite

Lux Frágil

icon-location-pin São Vicente 

Talvez só quando precisamos de apanhar ar ou numa ida à casa de banho (também neste último andar e quase a entrar para a lista das melhores casas de banho de Lisboa) nos lembramos que o Lux tem um dos melhores terraços da cidade. A culpa é da programação sempre recheada da discoteca, que nos dá pouco descanso. Ainda assim, vale a pena ver as vistas para o rio e beber um cocktail. 

Publicidade
5
Sky bar by seen
©Duarte Drago
Bares

Sky Bar by Seen

icon-location-pin Avenida da Liberdade

Ao todo já é mais de uma década de histórias que cabe no 9º piso do Tivoli Avenida da Liberdade, e o bar, um dos mais icónicos quando o assunto é vista em Lisboa, foi recentemente renovado em conceito e espaço. O Sky Bar apresenta-se agora como extensão do Seen, o restaurante com a assinatura de Olivier da Costa, e traz ainda mais opções de copos e pratos. Nas novidades há cocktails e virgin cocktails com a assinatura do head bartender do Seen, Lucas Jacques, além dos petiscos. O que se mantém é a vista, um dos argumentos principais, que chega do Tejo e ao Castelo de São Jorge.

6
Topo Chiado
©Manuel Manso
Restaurantes

Topo Chiado

icon-location-pin Chiado

Mais do que uma esplanada com bons cocktails, o Topo Chiado é um segredo que se deu a conhecer numa zona anteriormente vedada ao público. Fixado nas traseiras do antigo Convento do Carmo, a visão panorâmica que oferece sobre Lisboa e o enquadramento perfeito para vislumbrar o Elevador de Santa Justa e o Castelo são argumentos pesadíssimos. Vá por nós, à noite é uma beleza.

Publicidade
7
Ferroviário
©Manuel Manso
Noite

Ferroviário

icon-location-pin São Vicente 

Depois de um ano gasto em remodelações, o Ferroviário voltou no Verão de 2018 a assumir-se como lugar de referência para as tardes e noites de Lisboa. O terraço continua a ser o centro nevrálgico de todo o espaço, agora redecorado em estilo despojado e tropical, povoado com mesas e candeeiros em verga, muito verde nos balcões e no palco ao fundo, que serve de tela para sessões de cinema ao ar livre e poiso para músicos. A juntar a isto há agora um restaurante no mesmo piso. A vista, essa, está intacta e continua incrível. 

8
Esplanada Rio Maravilha
©Arlindo Camacho
Restaurantes, Fusão

Rio Maravilha

icon-location-pin Alcântara

Entre os petiscos para acompanhar uma das melhores vistas da cidade, a do terraço do Rio Maravilha, estão, por exemplo, os tremoços marinados em wasabi, o ceviche de peixe, camarão e creme de abacate (13€) ou o croquete de vitela e ajo blanco (3,50€). Quanto aos cocktails, a lista é longa e recomenda-se. Experimente a piña colada (9€) ou Long Island Iced Tea (10€). Ao pôr-do-sol, principalmente aos fins-de-semana, conte com música e festas. E gente. Muita.

Publicidade
9
level eight rooftop
©Arlindo Camacho
Bares, Bares

Level Eight

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O nome diz tudo, só não diz em que oitavo andar fica. É na Rua Castilho, tem 350 metros quadrados, capacidade para 200 pessoas e a vista, do Parque Eduardo VII ao Jardim Botânico, é qualquer coisa. O espaço foi praticamente todo coberto por deck e está apenas circundado por vidros, já a pensar na vista desafogada sobre a cidade. A panorâmica só é cortada por um jardim vertical com um letreiro luminoso da Disaronno. Sente-se num dos sofás e relaxe ao sabor de um sumo natural (5€) ou de um copo do patrono da casa, o Disaronno (6€).

10
Entretanto Rooftop Bar - Hotel do Chiado
©Inês Félix
Bares

Bar Entretanto

icon-location-pin Chiado

O Hotel do Chiado nasceu há quase duas décadas e com ele o Entretanto Rooftop Bar (que é tão incrível que até foi referenciado pelo programa 360 horas em Lisboa do New York Times como um "must" para quem vem à cidade). Tudo o que tem a fazer é subir ao sétimo piso, atravessar o corredor e chegar a este oásis em altura. Pelo sim pelo não leve protector solar e refresque-se com um Moscow Mule (14€).

Publicidade
11
TOPO - Esplanada
©Arlindo Camacho
Bares

Topo Martim Moniz

icon-location-pin Martim Moniz

Lisboa é a cidade das sete colinas e dos três Topos. Isto é: além deste, situado no Martim Moniz, o primeiro de todos, o grupo detém mais dois espaços do mesmo género: um no Chiado e outro em Belém. Prepare-se para ser testemunha de acrobacias ousadas dos barmen e cúmplice do Castelo de São Jorge (já que a vista é privilegiada). Há espaço para esticar as costas ou mesas altas, consoante o seu estilo de relaxamento.

12
skybar oriente
©Manuel Manso
Bares

Sky Bar Oriente

icon-location-pin Parque das Nações

O Sky Bar Oriente tem vista desafogada para o Tejo e ponte Vasco da Gama (com o Montijo e Alcochete ao fundo), petiscos e cocktails. Mais precisamente 11 de assinatura, fora os clássicos, que vêm para a mesa com pipocas e batatas fritas. E jarros de bebidas espirituosas para partilhar com os amigos. Para ir picando há ainda nachos com queijo cheddar, hambúrgueres de salmão ou novilho (18€), wraps (13-15€) ou o icónico prego do lombo em bolo do caco (18€).

Publicidade
13
Lost In
©DR
Restaurantes, Global

Lost In Esplanada

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

É fácil perder a noção do tempo assim que pisamos o espaço aberto da esplanada, logo atrás do Lost In. A vista, das melhores de cidade, é tudo o que podemos querer para acompanhar uma carta que vai dos cocktails (9€) às sangrias (12,50€ 1 litro, 23€ 2 litros) passando, claro, pelo gin (7-14€) e pelo vinho a copo (4-5€).

14
The View Rooftop
©DR
Noite

The View Rooftop

icon-location-pin Belém

Sabia que Belém é mais do que pastéis? Monumentos e rio? O The View é precisamente isso, um outro elemento que o leva às alturas e lhe dá toda uma perspectiva nova da zona. O acesso faz-se por escadas, mas são poucos degraus. É um espaço after work descontraído para aproveitar os fins de tarde e fecha para festas privadas (estava sem saber onde organizar a despedida de solteiro daquele amigo que está quase a casar? Tcharan!).

Publicidade
15
Silk Club
©SILK
Bares, Clubes privados

Silk Club

icon-location-pin Chiado

Consegue viajar no tempo e imaginar os antigos clubes privados? Se a resposta é não, o máximo que podemos fazer é apresentar-lhe o Silk Club. O espaço aposta forte no sushi e essa é mesmo a bandeira à mesa. Contudo, há uma outra identidade, mais tardia, às Sextas e Sábados, quando o Silk se transforma em discoteca. Lembre-se só que o dress code é "smart casual", portanto está fora de questão sair da praia e fazer uma visita.

 

16
The Insólito
©DR
Restaurantes, Português

The Insólito

icon-location-pin Bairro Alto

No topo de um antigo palacete, o The Insólito pendurou no tecto Barbies, passarinhos em origami e candelabros sobre o balcão onde se servem cocktails de assinatura. A decoração preenche as quotas necessárias de insólito. A lista de cocktails é longa, tal como a oferta da carta de vinhos, e ainda nem lhe falámos da vista, em pleno Miradouro de São Pedro de Alcântara.

Publicidade
17
Upscale Bar, Epic Sana
©Epic Sana
Hotéis

Upscale Bar Epic Sana

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Nas Amoreiras, a piscina do hotel Epic Sana, no nono andar, é uma das mais apetecíveis da cidade. O UpScale Bar não lhe fica atrás. A funcionar de Maio a Setembro todos os dias da semana, serve champanhe, vinho, bebidas espirituosas e cocktails com e sem álcool. Outra das hipóteses — e a mais eficaz — é um mergulho na infinity pool. São 50€ por dia e as crianças até aos 12 anos só pagam metade.

18
Esplanada Park
©Arlindo Camacho
Bares

Park

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Nunca foi tão cool sair à noite num parque de estacionamento. É quase impossível conseguir lugar numa das mesas do Park ao pôr-do-sol e o sítio tornou-se muito popular entre os turistas que visitam a cidade, mas é compreensivel tendo em conta a vista. Há sempre DJ sets (geralmente com dois DJs por dia, um no turno da tarde, outro no da noite) e a lista de cocktails inclui, por exemplo, daiquiris de limão, morango ou banana, cocktails de gin, caipirinhas, whisky sours ou piñas coladas.

Mostrar mais

Mais bares em Lisboa

Pavilhão Chinês
©Inês Félix
Noite, Cafés/bares

Os melhores bares históricos em Lisboa

Luzes a meio gás, madeiras e veludos a forrar o espaço, sala de jogos, cocktails trabalhados e cartas com selecções vastas, que vão dos chás aos pratos. Os bares históricos de Lisboa carregam um misticismo que serve de cápsula do tempo, mesmo que a data de fundação possa não corresponder à decoração, e há neles uma vertente quase-secreta que continua a entusiasmar quem os escolhe. É por isso que deve uma visita aos melhores bares históricos em Lisboa.

bares
©Duarte Drago
Noite

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista (em constante actualização) dos novos bares que abriram em Lisboa nos últimos meses. Por agora, estes são os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer. E se lhe dizemos isto é porque fomos lá, experimentámos e aconselhamos vivamente. Já decidiu onde é que vai beber um copo?

Publicidade
Pensão Amor
©Ana Luzia
Bares

Bares temáticos em Lisboa para noites diferentes

Bares, bares e mais bares. Lisboa tem felizmente uma oferta bastante diversificada de bares e espaços nocturnos no geral e não deixa ninguém a morrer à sede. Mas há mais por onde desenjoar quando o assunto passa por ir a um sítio diferente, mais pensado, mais temático. Nesta lista encontra alguns bares temáticos em Lisboa, da era medieval ao tema do burlesco que parece arrecadar cada vez mais adeptos na cidade.

Publicidade