Noite

Descubra o melhor da noite de Lisboa, incluindo bares, discotecas e concertos

Noite em Lisboa: vemo-nos lá em cima
Noite

Noite em Lisboa: vemo-nos lá em cima

À sexta e ao sábado, pedir uma bebida na Casa Independente, a casa mais concorrida da cidade, entre empurrões e filas intermináveis, pode revelar-se tarefa quase impossível. A pensar nisso, em ter um recanto “mais sossegado” na casa para os clientes e com “um serviço atencioso”, dizem as responsáveis, era uma ideia antiga abrir um segundo andar. Já tinham o espaço desde a inauguração da Casa, em Outubro de 2012, onde em tempos funcionou a Associação de Socorros Mútuos Almirante Cândido dos Reis, e da qual ainda se aproveitou alguma mobília.O renovado Andar de Cima, assim foi baptizado, é o sítio mais confortável da casa e talvez o único onde ainda consegue ouvir o que os seus amigos estão a dizer. Enquanto no andar de baixo o Salão do Tigre costuma estar ao rubro com concertos e DJs, em cima respira-se, bebe-se com calma e, imagine-se, até se consegue um lugar sentado na nova melhor varanda da cidade. “É um espaço para estar à vontade, com bebidas feitas com mais amor”, diz Patrícia Craveiro Lopes, que idealizou o projecto da Casa Independente com Inês Valdez, numa altura em que o Intendente ainda tinha má fama.A extensão da Casa tem um bar com uma carta de cocktails de gin, whisky, rum e vodka, da qual sobressai o Purple (8,50€), com vodka e mirtilos.O Andar de Cima tem capacidade para 75 pessoas (costuma ter uma pessoa à porta a controlar quem entra para a confusão também não se instalar aqui) e vai responder também aos pedidos de muitos clientes que ao longo destes anos qu

Dançar ao domingo à tarde? Escolha uma destas matinés
Noite

Dançar ao domingo à tarde? Escolha uma destas matinés

inês Meneses, da rádio Radar, volta a organizar uma matiné Dança Com Ela, desta vez no Rive-Rouge, o novo bar de Manuel Reis. Na Casa Independente, os Fogo-Fogo aquecem a temperatura mesmo no Inverno, enquanto no B.Leza domingo é dia de kizomba. Se preferir electrónica tem sempre a porta aberta nas matinés Lazy. Preguiça? Guarde isso para outro dia da semana.

O bar está Flat
Blog

O bar está Flat

Jantares de grupo ou festas de arromba, no Flat cabe toda a gente. Abrimos-lhe as portas do bar em Santos que tem nove assoalhadas e um terraço com vista para o rio. As festas em casa têm sempre outro encanto, principalmente para quem não tem de lavar a loiça e arrumar tudo no dia seguinte. A pensar nisso, Camila Fonseca, também sócia do Le Chat e d’O Bom, O Mau e O Vilão, decidiu começar a alugar a sua casa em Santos para eventos de outras pessoas. Há três meses, o Flat, assim baptizou o espaço, foi inaugurado com “uma festa de casamento de uns franceses”, conta. A partir daí, já acolheu um pouco de tudo: reuniões de trabalho durante o dia, festas privadas à noite, jantares de grupo, apresentações de produtos e até baptizados. “As pessoas não querem ter a chatice em casa de limpar e vêm para cá”, explica. Camila decorou o espaço de maneira a que os convidados se sentissem confortáveis, “como se estivessem em casa”. Ao todo são nove assoalhadas, com direito a cozinha, quarto, Playstation e um grande terraço com vista para o rio.O Flat tem capacidade para 150 pessoas e o preço do aluguer varia consoante o número de pessoas na festa (podem ser só dez) e os serviços prestados. “Há quem queira que tratemos do catering, por exemplo, e há quem trate de tudo. Já fizemos uma festa em que cada pessoa trouxe comida de casa.” O espaço também pode ser alugado para jantares de grupo (25€/pessoa com direito a cerveja e vinho à discrição) e aos sábados, a partir das 23.00, está aberto ao p

10 coisas que precisa de saber sobre o Europa
Blog

10 coisas que precisa de saber sobre o Europa

A discoteca do Cais do Sodré comemora no sábado 10 anos com uma festa com 10 horas de música (da meia-noite às 10 da manhã) no Europa Sunrise, o espaço para after-hours mais conhecido da cidade. Jiggy, Kaesar, Stereo Addiction, Diana Oliveira, Trigger e Vanhell tratam da música. Damos-lhe dez curiosidades que podem servir para impressionar ou desbloquear a conversa com alguém a meio da festa.  1. O Europa comemora 10 anos com esta gerência e este conceito de discoteca de electrónica, mas foi inaugurado em 1947. Na altura, quando o Cais do Sodré era o red light district alfacinha, era um “bar dançante”, diz-nos um dos actuais responsáveis, voltado para marinheiros, os principais frequentadores da zona. Também tinha um serviço de barbeiro. 2. É dos poucos espaços em Lisboa onde se consegue ouvir todo o tipo de electrónica. Às quartas, a discoteca recebe as sessões Freaky Fiction (23.00-04.00), com trance. Às quintas orgulha-se de ter a residência semanal mais antiga de drum n’ bass da cidade, organizada pela Kalimodjo (23.00-04.00). 3. O Europa do Cais do Sodré tornou-se conhecido pelos after-hours, no início com o nome Breakfast@Europa, das seis às dez da manhã. Com as novas leis da zona, foram “forçados” a abrir outro espaço, o Europa Sunrise, a funcionar desde 2013 no antigo Konvento, em Santos. A discoteca funciona aos fins-de-semana entre as cinco e as dez da manhã. 4. Este ano, e no andar por cima do Europa Sunrise, inauguraram outro espaço, mais exclusivo, o Vinylium

Vai uma rapidinha?
Blog

Vai uma rapidinha?

Quartos que parecem o interior de um avião – bem, pelo menos tentam –, lofts com piscina interior, suites com SporTv para não perder o clássico do próximo domingo e quartos em que o principal encanto é estarem mesmo no centro da cidade. Sugerimos-lhe seis motéis para uma rapidinha (alguns com garagem para entrar pela porta das traseiras, sem trocadilhos dignos de uma música pimba).     Xroomz No Xroomz os quartos são temáticos e pode fingir que está no cinema, num avião, no Egipto ou em alto mar. Claro que tem de dar mesmo asas à imaginação para esquecer que na verdade está só num motel no centro de Lisboa e até é provável que sinta o cheiro a comida dos restaurantes das redondezas. www.xroomz.com. Rua Santo António da Glória, 90-A. 21 603 40 31. A partir de 20€/hora     Motel Requinte A IC 19 dificilmente teria lugar num artigo da Time Out Lisboa, não fosse o maior antro de motéis da capital. Quer divertir-se com a amante, o marido ou o desconhecido que acabou de contactar no Tinder, atravesse as localidades da Buraca ou de Ranholas e acelere até à Abrunheira. Se não levar brinquedos na mala, o motel mais antigo da zona de Sintra tem sex-shop, bolas de espelhos sobre as camas e canais para maiores de 18. Além de SporTv, não vá estar a decorrer um derby imperdível. www.requinte.pt. Rua Cerrado do Metro, 11. 21 915 6590. A partir de 25€ (2 horas)       H2ON Tal como o nome indica, o H2ON é ideal para casais com dinâmicas mais aquáticas. Camas de água, jacuzzi, um

Onde ir beber um copo

Os melhores terraços de Lisboa
Coisas para fazer

Os melhores terraços de Lisboa

A redacção da Time Out subiu aos melhores terraços de Lisboa e, entre ver as vistas, beber um copo, dar mergulhos e dançar, ainda teve tempo para escrever este artigo, com 25 destinos para os dias de Verão na cidade.

Os melhores bares de Lisboa
Bares

Os melhores bares de Lisboa

Este é o nosso guia para explorar as melhores esplanadas, os bares novos e aquela discoteca de que toda a gente anda a falar. 

As melhores happy hours de Lisboa
Coisas para fazer

As melhores happy hours de Lisboa

A felicidade tem um preço – e está mais barata. Pelo menos durante algumas horas por dia. Eis um roteiro dos melhores bares, rooftops e esplanadas para beber um copo em Lisboa a preço de saldo

Este hotel é outro campeonato
Blog

Este hotel é outro campeonato

Em Agosto fomos dar uns toques pela primeira vez ao Pestana CR7, na Rua do Comércio. O centro de Lisboa tinha sido escolhido para receber a segunda unidade da marca Pestana CR7 Lifestyle Hotels - seguem-se Madrid e Nova Iorque, mas isso já é outra história. Só agora o hotel foi oficialmente inaugurado com toda a pompa e circunstância a que o melhor jogador do mundo tem direito. E nós lá voltámos para ver se continuava tudo no lugar.  O espaço luxuoso quebra o gelo logo à entrada com a mesa de matraquilhos mais cool da cidade. Não conhecemos todas, é verdade, mas esta é diferente e está mesmo a pedir um campeonato regado a cerveja vinda do bar do hotel, mesmo ali ao lado.  De porta aberta para a Rua da Prata, o bar tem também oito ecrãs, o que torna impossível ficar de costas, por exemplo, para os jogos da selecção. Aqui é ainda possível tirar uma fotografia com o craque, com a bota de ouro ou com a ainda fresca taça de campeões europeus.  Ana Luzia   De resto, embora Ronaldo não tenha sido convocado para receber os hóspedes, é impossível ignorá-lo (tal como foi impossível na inauguração oficial do hotel, quando o futebolista e o presidente do Grupo Pestana, Dionísio Pestana, foram parar à fachada do edifício rodeados de fogo de artifício virtual).   As paredes dos elevadores estão equipadas com um touch screen que percorre os principais momentos da vida do futebolista e todos os quartos têm tapetes com réplicas das pegadas das suas chuteiras. Uma emoção qua

As nossas escolhas

As cervejas artesanais que tem mesmo de provar
Restaurantes

As cervejas artesanais que tem mesmo de provar

Sugerimos que abra horizontes, abandone o conforto refrigerante das marcas com que cresceu e aproveite para se aventurar no mundo da cerveja artesanal.

Os melhores sítios para jantares de grupo em Lisboa
Restaurantes

Os melhores sítios para jantares de grupo em Lisboa

O jantar de curso, o convívio da empresa, a festa de Natal do regimento, a despedida de solteiro ou a celebração do aniversário, tudo são bons pretextos para uma jantarada.

Os melhores bares gay de Lisboa
Noite

Os melhores bares gay de Lisboa

Os primeiros bares gays em Lisboa começaram a espreitar pela fresta do armário nos anos 60. Hoje, os dedos de duas mãos não chegam para os contar. Este é só um sinal de que a cidade está cada vez mais arejada e pronta para acolher toda a gente. 

O novo Topo do Cais do Sodré
Blog

O novo Topo do Cais do Sodré

Desta vez só tem de subir até ao primeiro andar “Hoje a partir das 22:00h abrimos o TOPO | CLUBE no Cais do Sodré.” Foi com apenas um aviso na página de Facebook no próprio dia que os donos do Topo, no Martim Moniz e no Chiado, abriram na quinta-feira à noite mais um espaço, agora no Cais do Sodré. Desta vez não estamos a falar de um terraço, mas sim de um primeiro andar com seis janelas por cima da discoteca Viking, e com vista para o movimento da Rua Cor de Rosa. Para entrar é preciso subir as escadas no número 29 da Travessa do Corpo Santo e tocar à campainha, como se fosse visitar alguém. O Topo Clube é bar e discoteca e vai funcionar até às duas da manhã – três da manhã aos fins-de-semana. Conte com petiscos como hambúrgueres, tacos e chicken wings para se lhe der a fome a meio da noite, uma longa carta de cocktails e DJs para animar a pista. Se está a pensar ir lá beber um copo, não adie muito a visita. O novo Topo é uma espécie de pop-up bar e deverá funcionar apenas durante seis meses, até o prédio entrar em obras. Topo Clube, Travessa do Corpo Santo, 29 (Cais do Sodré). Ter-Qui e Dom 19.00-02.00, Sex-Sáb 19.00-03.00. Entrada livre