Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Noite

Noite

Descubra o melhor da noite de Lisboa, incluindo bares, discotecas e concertos

Lux em casa: “manter uma comunidade durante a calamidade”
Notícias

Lux em casa: “manter uma comunidade durante a calamidade”

O clube lisboeta tem-se mantido operacional com uma programação online de segunda a domingo. A próxima festa é este sábado. Vista o seu melhor pijama. Há um mês que não saímos à noite. Parece uma vida. Parece que foi noutra vida. Nestes novos tempos, e sabe-se lá até quando, vamos matando saudades como podemos: essencialmente a ver live streamings de DJs a partir das suas casas ou de clubes. Um dos primeiros a fazer-nos companhia foi o Lux Frágil. De surpresa, logo na noite do primeiro sábado da quarentena, 14 de Março, transmitiu um live set de Switchdance, Hnrq e Twofold, três dos seus DJs residentes. “Houve pessoas em casa que ligaram o candeeiro psicadélico, que se vestiram de propósito, que preparam cocktails”, conta Pedro Fradique, um dos programadores do Lux. “Notou-se, logo nesse sábado, que as pessoas estavam desesperadas. Aderiram imediatamente. Houve imensos comentários, role-playing, imensa conversa sobre drogaria.” Mais do que um simples streaming, o Lux optou por fazer um cam2cam, de forma a existir interacção. “De um lado estava a cabine e o DJ, do outro estavam as pistas em casa das pessoas, portanto a ideia foi que elas nos mandassem fotos para integrar no streaming”, explica o programador. “Recebemos de tudo. Isto é a coisa mais democrática que existe, é o Lux no Terreiro do Paço.” Feita a primeira festa, Pedro Fradique começou a delinear uma programação semanal online, que vai além dos streamings e é accionada em várias plataformas digitais. Segundas, terça

Shake, shake, shake...Cinco cocktails para fazer em casa
Noite

Shake, shake, shake...Cinco cocktails para fazer em casa

A quarentena despertou o chef que há em cada alfacinha – basta fazer scroll pelas redes sociais para perceber que a cozinha passou a ser uma das divisões preferidas da casa e que há milhares e milhares de receitas, mais ou menos sofisticadas, para experimentar. Mas e os bartenders e mixologistas de trazer por casa? Onde andam? Não acham que as novas receitas culinárias devem escorregar bem melhor ao sabor de um novo cocktail? Vá à procura do shaker ao fundo do baú e experimente as receitas que alguns bares de Lisboa e do Porto partilharam com a Time Out em tempo de confinamento.   Recomendado: Fazem-se entregas de cerveja ao domicílio em Lisboa

Pode ir ao Trumps sem sair de casa
Notícias

Pode ir ao Trumps sem sair de casa

A discoteca do Príncipe Real foi das primeiras a adaptar-se à quarentena com uma emissão online de quinta a domingo com actividades que vão de DJ sets a reviews de RuPaul’s Drag Race. Esta semana também há aulas de cozinha. O Trumps, no Príncipe Real, a discoteca LGBT+ mais famosa do país, já tinha uma app para telemóveis com conteúdos digitais, descontos e até passes VIP para evitar as filas. Com a quarentena, ganhou ainda mais vida online e actividades diárias de quinta a domingo. Desde Março, e em tempos de pandemia, a discoteca preocupa-se em manter os clientes entretidos com animação dos DJs, drag queens e bailarinos da casa. Esta semana, a programação da discoteca – para acompanhar na app Trumps e na conta de Instagram @TrumpLisboa – começa na quinta-feira, às 18.00, com uma sessão de contos eróticos drag lidos por Sylvia Koonz, eleita Miss Drag Lisboa em 2017. Na sexta-feira, à mesma hora, há um DJ set de MCDJ (Mariana Carvalho) e no sábado a habitual review do último episódio do concurso RuPaul’s Drag Race, desta vez comentado por Lexa Black – também eleita Miss Drag Lisboa em 2018. No domingo, às 18.00, o fim-de-semana acaba com uma aula de culinária especial com Pilar Prieto. A programação do Trumps muda todas as semanas e a informação é divulgada na conta de Facebook da discoteca. De quinta a domingo, às 18.00, na app Trumps e no Instagram @TrumpsLisboa + Leia aqui a revista Time In Portugal desta semana

Música, jogos e balões: saiba como montar uma festa em casa
Coisas para fazer

Música, jogos e balões: saiba como montar uma festa em casa

Ainda que nestes tempos possa parecer que não existem grandes razões para festejar o que quer que seja, lembre-se que vai sendo a diversão fugaz e momentos de descontração que nos fazem esquecer o confinamento por instantes. E estar em casa não tem de se traduzir em rotinas chatas – atenção, é bom que as tenha, mas tal como numa situação normal as quebraria com uma festa ou outra, também em casa o deve fazer. Reunimos aqui uma série de ideias e serviços que o ajudam a montar uma festa em casa, da bebida à música, dos jogos aos balões.    Recomendado: Time In - as melhores sugestões para ficar em casa

Machimbombo leva cocktails de autor e snacks a casa
Notícias

Machimbombo leva cocktails de autor e snacks a casa

O bar faz entregas de cocktails de autor, vinho e cerveja na zona da Grande Lisboa. Foi em pleno Verão do ano passado que o Machimbombo abriu na Calçada do Combro, em Lisboa. Perante a pandemia, o bar foi dos primeiros na cidade a movimentar-se para entregar cocktails em casa, no início de Abril. “Tentamos fazer tudo para que a experiência em casa seja tão similar como a do bar”, conta Cheila Tavares, que ao lado do namorado, Semi M’Zoughi, gerem o bar. “Além de fazermos os cocktails com todo o cuidado, engarrafamos com etiquetas com instruções de como servir e saborear o cocktail, fornecemos os garnishes e oferecemos uns snacks a acompanhar. Um cocktail custa 8€ (100 ml), 14€ (200 ml) por dois e há vários à escolha, dos de autor (Tangerina, Chilly, Flowers e Seed), aos clássicos pedidos pelos clientes, com uma novidade a cada semana.   Machimbombo entrega cocktails ao domicílioDR   O bar também faz entregas de cerveja Dois Corvos e de vinho branco e tinto. Na Páscoa surpreenderam os clientes com um tiramisú caseiro para acompanhar os cocktails e é provável que em breve haja mais surpresas. “Adoramos complementar cocktails com comida e não nos ficaremos por aqui, temos outros packages de pairings na manga, muito ao estilo Machimbombo.” Os cocktails são anunciados no Instagram do bar. “Todas as semanas introduzimos uma bebida nova, quer em modo de promoção, quer em modo limitado. A criatividade continua mesmo em confinamento.” As encomendas podem ser feitas no Instagram ou a

Os melhores bares em Lisboa

Os 50 melhores bares em Lisboa
Noite

Os 50 melhores bares em Lisboa

Este é o nosso guia para explorar as melhores casas nocturnas lisboetas. Dito isto, sabemos que Lisboa está cada vez mais diversa, com espaços para todas as manias, gostos e meteorologia. Há esplanadas e terraços com vistas infinitas, há bares que requerem que toque à campainha, há bares históricos cujas paredes falam, há a epidemia da cerveja artesanal, que chegou a Lisboa em boa hora. Também não faltam sítios perfeitos para estar quando a fome aperta, que servem iguarias saborosas e tardias. No fundo é pensar isto como um pijaminha de bares e provar de tudo. Estes são os 50 melhores bares em Lisboa, numerados apenas para não se perder na leitura.  Recomendado: 15 restaurantes para jantar e beber um copo sem sair de lá

Os melhores bares de cerveja em Lisboa
Bares

Os melhores bares de cerveja em Lisboa

Lisboa tanto escava que haveria de chegar à cerveja. Uma poção antiquíssima, que a humanidade teve o engenho de produzir na mudança de turno entre a Pré-História e a Antiguidade, e que nos tem acompanhado como fiel companheira na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida. Ora, uma cidade milenar não poderia continuar a contentar-se com cerveja industrial, nem a confiar o apuramento do gosto à importação. Criaram-se fábricas, expandiu-se a distribuição, abriram-se bares e pubs, e encostou-se a um canto o gasto adágio do pão e vinho sobre a mesa. Os alfacinhas estão a assistir ao milagre da multiplicação de marcas, estilos e sítios para beber cerveja artesanal, em garrafa ou à pressão, com tira-gostos clássicos a acompanhar ou o melhor da gastronomia internacional. Entre bares, garrafeira, fábricas e "brewpubs" há cada vez mais e mais variados projectos ligados à cerveja em Lisboa. E ainda há espaço para mais. Estes são os melhores sítios para beber uma fresquinha. Recomendado: Os principais estilos e tipos de cerveja artesanal

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer
Noite

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista (em constante actualização) dos novos bares que abriram em Lisboa nos últimos meses. A noite lisboeta está bem viva e a prova disso são os novos hóspedes que vão aparecendo – e ainda bem. As novidades são das mais diversas espécies, dos cocktails e seus derivados à cerveja artesanal. Nesta página espere sempre isto: os bares mais frescos da cidade. Por agora, estes são os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer. E se lhe dizemos isto é porque fomos lá, experimentámos e aconselhamos vivamente. Já decidiu onde é que vai beber um copo? Recomendado: Os melhores bares de Lisboa

Os melhores bares históricos em Lisboa
Noite

Os melhores bares históricos em Lisboa

Luzes a meio gás, madeiras e veludos a forrar o espaço, sala de jogos, cocktails trabalhados e cartas com selecções vastas, que vão dos chás aos pratos. Os bares históricos de Lisboa carregam um misticismo que serve de cápsula do tempo, mesmo que a data de fundação possa não corresponder à decoração, e há neles uma vertente quase-secreta que continua a entusiasmar quem os escolhe. Salas de conspiração, retiros jornalísticos ou speakeasy, embalados por bandas sonoras que nos remetem ao cinema noir, transformaram-se em pontos de encontro de muitas gerações. E é por isso que deve uma visita aos melhores bares históricos em Lisboa.  Recomendado: Roteiro vintage em Lisboa

Os melhores bares de vinho em Lisboa
Bares

Os melhores bares de vinho em Lisboa

Lisboa foi eleita um dos melhores destinos vínicos do ano no último número da Wine Enthusiast, revista de referência internacional no sector vitivinícola. Entre elogios à intersecção entre a “preservação do património” e a “bem-vinda mudança”, destaca-se “a posição de Lisboa ao longo do Atlântico” e as vinhas de Colares, com castas como Ramisco para “tintos saborosos” e Malvasia para “brancos salinos”. Não será de estranhar, por isso, que os bares de vinho (ou wine bars), garrafeiras e lojas da especialidade estejam cada vez mais na moda. Nesta lista, para se aconchegar ao fim do dia, reunimos os melhores bares de vinho da cidade, às vezes acompanhados de petiscos igualmente saborosos. Recomendado: Os melhores cursos de vinhos em Lisboa

Planos para esta noite?

As melhores festas em Lisboa esta semana
Noite

As melhores festas em Lisboa esta semana

A noite lisboeta está cada vez mais composta, não faltam festas para todas as noites da semana. Seja pop, rock, house, música indepentente ou o que mais quiser. Há todas as sonoridades e ambientes, literalmente para todos os gostos — e às vezes para quase todos os dias. Esta semana damos-lhe cinco sugestões de festas, de diferentes estilos, que não pode perder. Sendo que, imaginamos, não vai conseguir ir a todas. Se conseguir, damos-lhe uma taça. Ou uma bicicleta, ou um refrigerante para a ressaca. Seja como for, para o ajudar a decidir onde vai dançar, deixamos-lhe uma selecção das melhores festas em Lisboa. Recomendado: Os 50 melhores bares em Lisboa

Discotecas em Lisboa. Quando cai a madrugada na cidade
Noite

Discotecas em Lisboa. Quando cai a madrugada na cidade

Instituições lendárias que já conheceram diferentes encarnações e formatos, em busca de um lugar ao sol (ou ao luar, para sermos mais rigorosos). Quando cai a noite na cidade, e a jornada nocturna se arrasta como manda o figurino, a peregrinação de foliões passa necessariamente por aqui. E é por isso que não o queremos por aí à deriva, inquieto sobre onde deve rumar. Do epicentro da agitação aos redutos em zonas mais periféricas da cidade, eis uma mão cheia de destinos cada vez mais centrais na agenda de qualquer alfacinha que só vai para a cama depois do sol romper. Grandes salões de festa e discretos endereços para quase passar despercebido, temos de tudo e para todos. Fique a conhecer algumas das melhores discotecas em Lisboa. Recomendado: Os 50 melhores bares em Lisboa

As melhores noites africanas da cidade
Noite

As melhores noites africanas da cidade

Habitualmente, a temperatura arrefece à noite. Mas estas festas africanas são excepções à regra. Kizomba, kuduro, funaná, mornas, semba, afro-house... Há pistas de dança bem quentes – com música ao vivo ou DJ sets suados – para todos os apetites. Ensaie o seu melhor movimento de anca e prepare-se para viajar de Cabo Verde a São Tomé, de Angola a Moçambique, sem sair da capital portuguesa. Damos-lhe três sugestões de sítios onde pode dançar pela noite dentro em quase todos os dias da semana. Estas são as melhores noites africanas de Lisboa. Divirta-se. Recomendado: Os melhores restaurantes africanos de Lisboa

Três sítios para uma sessão de strip em Lisboa
Noite

Três sítios para uma sessão de strip em Lisboa

A temática é ingrata, bem sabemos. Mas é provável que tenha daquelas noites em que um copo básico não chega. Não, não estamos a falar de ideias para resolver a despedida de solteiro ou de quando o seu clube se sagra campeão. Nem mesmo de quando lhe deram a promoção que merecia há uns anos. Falamos de noites em que lhe apetece mais do que rumar a uma discoteca ou a um bar com o intuito de beber. Por isso, e porque queremos que o seu lado kinky se mantenha de boa saúde, damos-lhe três sítios para uma sessão de strip em Lisboa. Recomendado: Sítios para dançar em Lisboa de segunda-feira a domingo      

Os melhores sítios para fingir que está de Erasmus
Bares

Os melhores sítios para fingir que está de Erasmus

Quem foi, não esquece. Quem não foi, pode ir sem gastar um tostão. Para sermos justos, se calhar terá de dispensar uns trocos ou, por que não, cravar as bebidas ao amigo do lado, mas não é preciso apanhar um avião para aproveitar a noite como um estudante em Erasmus: basta ir até ao Bairro Alto ou ao Cais do Sodré ou, quem diria, à Mediateca do Instituto Franco-Português. Atenção, senhor de cinquenta anos e um rabo de cavalo que nos está a ler agora: as dicas que se seguem só são válidas para jovens cronologicamente aptos a fazer Erasmus e não devem ser aplicadas à sua crise de meia-idade. Sim, o seu carro descapotável é muito impressionante, mas deixe-nos em paz. Adiante. É possível fazer Erasmus na nossa própria cidade. O importante é fazer amigos estrangeiros: é a maneira mais pelintra de viajar. Aprende outras línguas, outros costumes e outra gastronomia sem sair de Lisboa. Um conselho? Acautele o fígado, porque em certos locais terá de beber tequila como se fosse água. Recomendado:  Cursos para viajantes: voar, pedalar e dar à língua

Descubra os melhores sítios para sair à noite em Lisboa

Beber um copo lá no bairro

Baixa
Bares

Baixa

Do bar do CR7 onde pode acompanhar os desenvolvimentos da última polémica do jogador (ou simplesmente ver o seu último jogo) ao bar medieval onde pode beber cerveja de um corno, damos-lhe as melhores sugestões para um copo na Baixa de Lisboa Recomendado: Os melhores bares na Graça

Graça
Noite

Graça

Lá de cima, vê-se a cidade como de nenhum outro lugar. Mas nem só de miradouros vive a Graça. Há muita coisa nova a dar nas vistas, mesmo depois do sol se pôr. Descubra os melhores bares na Graça, um bairro cheio de turistas mas que não abdica de ter vida própria.  Recomendado: Restaurantes obrigatórios na Graça

Cais do Sodré
Noite

Cais do Sodré

O difícil no Cais do Sodré é decidir em que modo lhe queremos fazer uma visita. Ainda por cima, com novidades sempre a aparecer, como é o caso do novo Quiosque. Queremos ver-lhe o rosto pelo almoço, despido de universitários barulhentos? Queremos confrontá-lo já com a luz da lua, entre restaurantes mexicanos e italianos? Não. Atenção, não é que não gostemos dessa hipótese, mas a proposta que aqui lhe fazemos é outra: vá com tudo, vá mais tarde, mas vá procurar o copo para colar à sua mão. E perante essa situação, e a lista que encontra em baixo, basta escolher. Uns podem ser considerados cafés, outros discotecas. Mas afinal, na hora de beber um copo, isso não importa nada. Descubra os melhores bares no Cais do Sodré, dentro e fora das fronteiras da rua cor-de-rosa.   

Campo de Ourique
Bares

Campo de Ourique

Bons restaurantes, boas lojas... Mas então e bares? Não há muitos, mas nós sabemos de três onde pode beber um copo em Campo de Ourique. 

Intendente
Noite

Intendente

Andar de Cima (que pertence à Casa Independente), Bar 1908 (do Hotel 1908) e o Tiles Bar (que é só um bom sítio, com uma boa esplanada, para beber um copo). Se for ao Intendente vá um destes três sítios.

Avenida da Liberdade
Bares

Avenida da Liberdade

Existam sítios igualmente reconhecidos na Avenida da Liberdade que cumprem a função de se agarrar aos copos com distinção. Mas estes três, dizemos nós (e nós costumamos saber o que dizemos), são infalíveis. No Red Frog, no Sky Bar e no Glory Bar o difícil é pedir um cocktail mal feito. Vamos a isso. + As melhores lojas e os melhores restaurantes da Avenida da Liberdade